Iguá Saneamento protocola pedido de IPO na CVM pela terceira vez

LinkedIn

Iguá Saneamento (BOV:IGSN3) retomou o seu processo de IPO pela terceira vez. No último dia 27 de novembro, a empresa havia comunicado a desistência da oferta.

De acordo com o fato relevante divulgado nesta segunda-feira (07), a Iguá Saneamento pretende abrir seu capital na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) através de uma oferta pública de distribuição primária, quando os recursos são direcionados ao caixa da companhia; e secundária, naquela em que os acionistas vendem fatias de suas posições.

A empresa privada de saneamento básico salientou que será publicado aviso ao mercado contendo as características da operação; os locais para obtenção do prospecto preliminar; as datas estimadas e locais de divulgação; e as condições, o procedimento, o período de reserva e o período para coleta de intenções de investimento.

Na época, um dos grandes entraves para a operação sair do papel, fora a falta de consenso entre investidores e a empresa em conversas sobre o valor da companhia. A Iguá Saneamento defendia uma avaliação superior ao de outras empresas de saneamento já listadas, como Sabesp (SBSP3); Sanepar (SAPR4); Copasa (CSMG3).

De acordo com informações dO Estado de S. Paulo, a empresa acreditava que deveria ser equiparada com outras companhias das áreas elétricas e de rodovias, visto que o contrato de concessão é semelhante.

Fundada em 2017, a Iguá Saneamento opera em 18 cidades em cinco, em São Paulo, Mato Grosso, Paraná, Santa Catarina e Alagoas. Entre os acionistas com participação na empresa, está o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) através de seu braço de investimentos diretos, o BNDESPar.

Deixe um comentário