Qualtrics apresenta papéis de IPO

LinkedIn

Qualtrics está prestes a ir a público, desta vez para valer.

O fornecedor de software em nuvem, que a SAP adquiriu há dois anos, na véspera de um IPO planejado, entrou com sua papelada na SEC na segunda-feira (28) para continuar como uma empresa independente. A faixa de preço inicial de US$ 20 a US$ 24 por ação avaliaria a Qualtrics em US$ 12 bilhões a US$ 14,4 bilhões, acima dos US$ 8 bilhões pagos pela SAP.

A Qualtrics será negociada na Nasdaq sob o símbolo “XM”.

A Qualtrics vende software que ajuda as empresas a avaliar como os clientes usam seus produtos para que possam melhorar suas ofertas. O CEO Ryan Smith co-fundou a empresa em 2002 com seu irmão e pai, dando à família uma participação de 40% no momento da aquisição. Smith, que acabou de comprar o Utah Jazz da NBA, permanecerá como CEO, administrando a empresa em Provo, Utah e em seu outro escritório principal em Seattle.

A Qualtrics tem como objetivo tirar proveito da crescente demanda por empresas de software em nuvem de alto crescimento, um mercado que estava aquecido antes da pandemia e ganhou ainda mais força com as empresas que investem em ferramentas e serviços de trabalho remoto. Pelo menos 10 empresas de software de assinatura mais do que duplicaram em valor este ano, incluindo Zoom, Twilio e Datadog, enquanto o armazenamento de dados em nuvem fornecedor Snowflake vale aproximadamente a US$ 90 bilhões após seu IPO em setembro.

O ex-CEO da SAP, Bill McDermott, orquestrou o acordo com a Qualtrics antes de deixar a empresa no ano passado para assumir o cargo principal na ServiceNow. Sob o novo CEO, Christian Klein, a gigante alemã do software está mudando de rumo e indo na direção oposta da Salesforce, que no início deste mês concordou em comprar a Slack por US$ 27,7 bilhões, seu maior negócio de todos os tempos.

Em julho, a SAP anunciou seus planos de lançar a Qualtrics, mantendo a maior parte de sua propriedade, pelo menos por um tempo, o que significa que pode gerar um lucro significativo se as ações subirem. Após o IPO, previsto para o início de janeiro, a SAP deterá 80% das ações em circulação.

A Qualtrics disse no processo que a empresa de private equity Silver Lake está comprando um pouco mais de 4% das ações por US$ 550 milhões, enquanto Smith está comprando 1% por US$ 120 milhões. Ego Durban, da Silver Lake, está se juntando ao conselho, junto com a CFO Kelly Steckelberg da Zoom.

A Qualtrics continuou a crescer em seu breve mandato sob o guarda-chuva da SAP. A receita subiu mais de 30% nos três primeiros trimestres de 2020 para US$ 550 milhões, de US$ 413,4 milhões no mesmo período do ano passado e US$ 289,6 milhões em 2018, pouco antes da aquisição.

A Qualtrics tem cerca de 3.370 funcionários em tempo integral, contra 1.866 antes de vender para a SAP.

Deixe um comentário