Banco Inter finaliza 2020 com 8,5 milhões de correntistas, crescimento de 108% em relação à 2019

LinkedIn

A Banco Inter destacou que finalizou 2020 com cerca de 8,5 milhões de correntistas, crescimento de 108% em relação à 2019.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:BIDI3) (BOV:BIDI4) e (BOV:BIDI11) nesta quarta-feira (06).

“Batemos o recorde de abertura de contas com 4,5 milhões de novas contas no ano, crescimento de 69,3% em relação a 2019 e com mais de 25 mil contas abertas por dia útil em dezembro”, afirmou em comunicado ao mercado a instituição financeira.

A originação de crédito atingiu R$ 3,6 bilhões no 4T20, crescimento anual superior a 160%. Em 2020 a produção totalizou cerca de R$ 9 bilhões, 107% superior à 2019.

A originação do Crédito Imobiliário foi de R$ 532 milhões no 4T20, 61% superior à do 4T19.

No acumulado do ano, o Inter atingiu R$ 1,8 bilhão em produção, com destaque para o Financiamento Imobiliário que superou R$ 1,2 bilhão, 151% de crescimento anual.

A originação do Crédito Consignado atingiu R$ 939 milhões no 4T20, crescimento anual de 164%. A produção do Crédito Empresas cresceu 206% comparado ao 4T19, atingindo R$ 2,1 bilhões no 4T20. “Em 2020 superamos R$ 4,7 bilhões de produção, um salto de 129% em comparação a 2019”, salientou o Banco Inter no comunicado.

→ A Banco Inter possui R$ 16,8 bilhões de valor de mercado. Confira a Análise completa da empresa com informações exclusivas.

Prejuízo líquido de R$ 8,1 milhões no 3T20

Banco Inter registrou prejuízo líquido de R$ 8,1 milhões no terceiro trimestre, depois de ter lucrado R$ 2,7 milhões no trimestre anterior e R$ 11,8 milhões em igual trimestre do ano passado. A instituição afirma que o resultado foi afetado pelo crescimento nas despesas de marketing e cashback.

As receitas de cartões totalizaram R$ 52,3 milhões no 3T20, divididos em R$ 16,6 milhões de receitas de performance e R$ 35,7 milhões de receitas de intercâmbio, e apresentaram crescimento de 120% na comparação anual. 

Deixe um comentário