Cielo concluiu alienação da totalidade das ações na Orizon por R$ 128,9 milhões

LinkedIn

A Cielo concluiu a alienação da totalidade das ações de sua titularidade na Companhia Brasileira de Gestão de Serviços (Orizon), que representam 40,95% do capital social da Orizon, para a Bradseg Participações.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:CIEL3) nesta quinta-feira (07). Confira o documento na íntegra.

O valor da operação foi de R$ 128.992.500,00.

A venda foi concluída após a aprovação pelo Banco Central do Brasil e pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

“A realização da operação reforça a estratégia da companhia de dar maior foco em suas atividades core”, afirmou a Cielo em comunicado ao mercado.

Lucro líquido de R$ 100,4 milhões revertendo primeiro prejuízo da história, nos resultados 3T20

Cielo obteve lucro líquido de R$ 100,4 milhões no terceiro trimestre. Comparado ao mesmo período de 2019, porém, o resultado representa recuo de 71,5%. O lucro veio um pouco abaixo da média projetada pelos analistas ouvidos pelo Valor. UBS, Bank of America, Safra e Morgan Stanley esperavam que a Cielo obtivesse R$ 109 milhões na última linha do balanço.

A receita líquida da companhia ficou em R$ 2,882,4 bilhões no terceiro trimestre, um alta de 2,9% em comparação ano a ano. O empresa atribuiu o crescimento à alta no volume de transações e ao aumento no volume do produto Pagamento em dois dias, ambos em decorrência da retomada gradual das atividades depois do pico da pandemia.

Deixe um comentário