Mineradoras pesam sobre os índices de ações do Reino Unido e Austrália

LinkedIn

ÁSIA: As bolsas asiáticas fecharam sem direção nesta quarta-feira, com a possibilidade do pacote de estímulo do presidente Joe Biden ser adiado por conta de brigas políticas.

Durante o World Economic Outlook deste ano, o Fundo Monetário Internacional (FMI) elevou a sua previsão de crescimento para a economia global neste ano. O FMI espera que a economia global cresça 5,5% em 2021, um aumento de 0,3 ponto percentual em relação às previsões de outubro. A economista-chefe do FMI, Gita Gopinath, disse para um blog que “agora depende do resultado desta corrida entre um vírus mutante e vacinas para acabar com a pandemia e da capacidade das políticas de fornecer apoio econômico efetivo para que isso aconteça”.

O Nikkei do Japão subiu 0,31% para fechar em 28.635,21 pontos, enquanto o índice Topix subiu 0,65%.

Na China Continental, o composto de Xangai avançou 0,11% para 3.573,34 pontos, enquanto o Shenzhen Component subiu 0,4%. Os lucros industriais da China em 2020 aumentaram 4,1% em relação ao ano anterior. Em dezembro, os lucros industriais na China aumentaram 20,1% com relação ao mesmo período do ano anterior.

O Kospi da Coreia do Sul fechou em baixa de 0,57%, em 3.122,56 pontos.

O índice Hang Seng de Hong Kong caiu 0,32%. As ações da gigante chinesa de tecnologia Alibaba subiu 2,76%.

Na Austrália, o S & P / ASX 200 caiu 0,65% para fechar em 6.780,60 pontos, com a queda do minério de ferro pesando sobre o setor de mineração. BHP caiu 3,4%, Rio Tinto caiu 3,9%, enquanto Fortescue Metals teve seu pior dia em quatro meses, com queda de 6,4%, para US $ 23,68.

O índice de preços ao consumidor da Austrália do quarto trimestre subiu 0,9% ante trimestre anterior, de acordo com dados divulgados pelo Bureau de Estatísticas do país.

O índice MSCI para a Ásia-Pacífico, exceto Japão caiu 0,4%.

EUROPA: As bolsas europeias recuam na manhã desta quarta-feira, ecoando uma tendência de incertezas vistas na Ásia-Pacífico e nos contratos futuros de ações dos EUA vinculados aos principais índices de ações dos EUA.

O sentimento morno na Europa reflete a incerteza dos investidores em meio à pandemia de coronavírus em curso. As infecções por vírus coronavírus globais ultrapassaram recentemente a marca dos 100 milhões, de acordo com uma contagem da Universidade Johns Hopkins. Isso ocorre à medida que novas e mais contagiosas mutações de vírus circulam e aumentam as taxas de infecção.

O Reino Unido também alcançou um marco na terça-feira, ultrapassando 100.000 mortes de COVID-19, o primeiro país europeu a atingir esse número. A Ministra do Interior Priti Patel deve anunciar novas regras na quarta-feira para limitar o fluxo de visitantes ao Reino Unido.

No entanto, há algum otimismo quanto ao lançamento das campanhas de vacinação, o que melhorou as perspectivas de crescimento. Na terça-feira, o Fundo Monetário Internacional (FMI) elevou sua projeção de crescimento para a economia global neste ano.

A reunião virtual do Fórum Econômico Mundial continua nesta quarta-feira, com o prefeito de Londres, Sadiq Khan, entre os que falam hoje. Na terça-feira, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen e a chanceler alemã, Angela Merkel, estiveram entre os palestrantes da reunião online.

O índice Stoxx Europe 600 cai 0,13%, após um ganho de 0,6% na terça-feira. O alemão DAX 30 cai 0,47%, o francês CAC 40 recua 0,25%, enquanto IBEX 35 da Espanha e o FTSE MIB da Itália recuam 0,17% e 0,55%, respectivamente.

Em Londres, o FTSE 100 cai 0,29%. As mineradoras sofrem quedas substanciais. Anglo American cai 3%, Antofagasta recua 1,7%, BHP perde 2,4% e Rio Tinto opera em baixa de 2%. As empresas de petróleo registram perdas menos íngremes. BP e Royal Dutch Shell recuam 0,5% cada.

EUA: Os contratos futuros vinculados aos principais índices de ações dos EUA operam sem direção neste início de manhã de quarta-feira, com investidores focados nos resultados de empresas e em uma atualização do Federal Reserve para mais tarde.

A gigante de software Microsoft, dominou as negociações do “after-market”, depois que a empresa informou lucros e receitas fiscais do segundo trimestre acima das expectativas dos analistas. A receita da Microsoft cresceu 17% em relação ao ano anterior. Somando-se ao otimismo do balanço da Microsoft, houve um salto na unidade “Intelligent Cloud” da empresa, um segmento que os investidores consideram crítico para o sucesso futuro da empresa. As ações da gigante do software saltaram mais de 5% nas negociações após o expediente.

Os investidores esperam que os sólidos ganhos da Microsoft repliquem de maneira semelhante nos balanços da Apple, Facebook e Tesla. Todas as três empresas estão programadas para relatar seus lucros nesta quarta-feira após o sino de fechamento.

Apple, Microsoft, Tesla e Facebook representam quatro das seis maiores empresas dos Estados Unidos em valor de mercado, o que significa que as flutuações nos preços de suas ações tem um impacto desproporcional no desempenho do S&P 500.

A GameStop, varejista tradicional de videogames, também chamou a atenção dos investidores, que viram um aumento de 127% no preço de suas ações desde o fechamento da última sexta-feira. O preço das ações tiveram um salto de mais de 50% após o sino de fechamento de terça-feira. O movimento descomunal, promete aumentar ainda mais quando as negociações regulares quando forem retomadas na quarta-feira. O CEO da Tesla, Elon Musk, pode ter impactado no aumento das ações depois de tweetar sobre a GameStop em sua conta no Twitter. Musk é conhecido por postagens atrevidas no Twitter.

Os investidores também ficarão de olho nos comentários do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, que deve falar com repórteres durante uma coletiva de imprensa na tarde de quarta-feira. O chefe do banco central provavelmente explicará como o Fed vê as perspectivas econômicas e fará comentários sobre quais ações monetárias, se houver, são necessárias para ajudar a estabilizar ainda mais a economia dos EUA.

Muitos investidores esperam que Powell e seus colegas evitem a palavra “tapering”, processo pelo qual o banco central restringiria suas compras mensais de títulos que ajudaram o sistema financeiro e incentivaram os investidores a assumir riscos.

O novo presidente dos EUA, Joe Biden, entrou oficialmente no cargo dia 20 de janeiro, mas já encontra as primeiras dificuldades para aprovação de medidas que já havia explicitado ser de seu interesse em efetuar logo no início de seu mandato no país. Uma delas, é o pacote de US$ 1,9 trilhão para auxiliar no combate aos impactos relacionados à pandemia, enquanto o número de casos e mortes avança no país.

Os republicanos contestam o valor que está sendo proposto por Biden para o novo pacote, reiterando ajustes para que ocorra uma redução nos valores. Mas Biden recusa diminuir os valores e afirmou que o mesmo deve ser aprovado com atraso de algumas semanas, em nome de uma reconciliação com os republicanos.

Joe Biden foi eleito com o discurso de manter uma unidade no país, entretanto, com maioria no congresso, os democratas teriam a possibilidade de aprovar o pacote por maioria, mas ainda assim, estaria disposto a dialogar com os republicanos por mais um tempo em busca de um consenso com a maior parte possível dos dois partidos. Para isso, Biden sinaliza ceder em parte no seu projeto de estímulo, em prol da “reconciliação orçamentária” e acrescentou: “a decisão de recorrer à reconciliação orçamentária vai depender de como forem as negociações”. Com maioria no congresso e também no senado, os democratas acabam tendo vantagem nas aprovações de medidas econômicas proposta por Biden, porém os republicanos já mostram que a vida do presidente não vai ser fácil durante esses 4 anos de mandato.

Na agenda econômica, às 10h30 sairá os pedidos de bens duráveis, enquanto as 12h30 será divulgado o estoque semanal de petróleo dos EUA. No período da tarde, o FOMC divulgará a sua ata as 16h00, enquanto Jerome Powell fará uma conferência à imprensa às 16h30.

ÍNDICES FUTUROS – 7h20:
Dow: -0,33%
SP500: -0,19%
NASDAQ: +0,43%

COMMODITIES:
MinFe Dailan: -0,24%
Brent: +0,50%
WTI: +0,48%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado, enquanto a europeia e a americana estão no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados.

Deixe um comentário