Valid aprovou um aumento de capital, com atribuição de bônus de subscrição

LinkedIn

Valid informou ao mercado, que seu Conselho de Administração aprovou um aumento de capital, com atribuição de bônus de subscrição.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:VLID3) na quinta-feira (07) Confira o comunicado na íntegra.

De acordo com a Valid, o aumento de capital será de no mínimo R$ 65,67 milhões, e de no máximo R$ 131,35 milhões. O processo será realizado mediante a emissão de papéis ordinários para subscrição privada. A atribuição de bônus de subscrição seria dado como vantagem adicional aos subscritores da oferta.

O fato relevante salienta que, em função da combinação entre aumento de capital e bônus de subscrição, a Alaska Asset Management, liderada pelos gestores Henrique Bredda e Luiz Alves, informou a empresa que tem interesse em exercer seu direito de preferência por meio de seus fundos de investimento, bem como participar da subscrição de sobras, com base na legislação aplicável.

Serão emitidas entre 7.193.750 e 14.387.500 ações, sendo que o preço de emissão foi fixado em R$ 9,13, com base na média do volume de cotações dos papéis nos últimos 60 pregões.

→ A Valid desenvolve plataformas de segurança integradas e customizadas para governos e organizações privadas. É uma fornecedora global de soluções seguras personalizadas. Confira a análise completa da empresa com informações exclusivas.

Prejuízo soma R$ 2,4 milhões NO 3T20

O balanço da Valid referente aos últimos três meses de operações foi divulgado ainda nesta quinta-feira, 5 de novembro. O lucro líquido do período mostra um prejuízo de R$ 2,4 milhões, revertendo um lucro líquido de R$ 31,7 milhões em igual período do ano passado.

Os resultados da Valid (BOV:VLID3) referentes às suas operações do terceiro trimestre de 2020 foram divulgados no dia 05/11/2020.

Deixe um comentário