A agência de classificação S&P eleva rating do Banco Inter

LinkedIn

A agência de classificação de risco de crédito S&P, uma das principais do mundo, elevou o rating de longo prazo em escala nacional do Banco Inter, de ‘brAA-’ para ‘brAA’ com perspectiva “Estável”.

O comunicado do Banco Inter (BOV:BIDI11) foi enviado na sexta-feira (19).

De acordo com o relatório da S&P, a elevação do rating reflete o sucesso da rápida expansão e fidelização da base de clientes, enquanto as receitas têm se diversificado pela maior participação de serviços financeiros e não financeiros, o que, combinado com um crescente valor da franquia, tem cooperado para uma maior estabilidade dos negócios.

Os analistas destacam que as receitas, historicamente concentradas em juros sobre operações de crédito consignado e imobiliário, têm apresentado uma contribuição cada vez maior das demais modalidades como crédito empresarial e cartões de crédito, e de receitas de serviços como taxas de intercâmbio, corretagem de seguros e mais recentemente taxas provenientes do marketplace.

A S&P destaca ainda o forte ritmo de crescimento da carteira de crédito, aliado à manutenção de elevados níveis de capitalização em relação aos pares e confortáveis indicadores médios de LTV – loan-to-value (a razão entre o valor do financiamento e o valor do bem financiado) dessa carteira, próximo de 45%.

O Banco Inter pretende divulgar os resultados referente ao 4T20 e ao ano de 2020 no dia 04 de março.

Prejuízo líquido de R$ 8,1 milhões afetado pelo crescimento nas despesas de marketing e cashback

Banco Inter registrou prejuízo líquido de R$ 8,1 milhões no terceiro trimestre, depois de ter lucrado R$ 2,7 milhões no trimestre anterior e R$ 11,8 milhões em igual trimestre do ano passado. A instituição afirma que o resultado foi afetado pelo crescimento nas despesas de marketing e cashback.
→ O Banco Inter possui R$ 16,8 bilhões de valor de mercado. Confira a Análise completa da empresa com informações exclusivas.

Deixe um comentário