Duratex (DTEX3): Lucro líquido de R$ 453,9 milhões em 2020, registrando recordes no 4T20

LinkedIn

A Duratex, dona de marcas como Deca, Hidra, Durafloor, entre outros, apresentou lucro líquido de R$ 453,9 milhões no ano de 2020, aumento de 11,9% na comparação com 2019. No 4T20, a empresa divulgou lucro líquido recorde de R$ 301,6 milhões, registrando recordes também de receita líquida, geração de caixa operacional e Ebtida.

Os resultados da Duratex (BOV:DTEX3) referente a suas operações do quarto trimestre de 2020, foram divulgados no dia 08/02/2021. Confira o Press Release completo!

Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

A receita líquida consolidada em 2020 teve expansão de 17,3%, para R$ 5,88 bilhões. A margem bruta aumentou de 25,8% para 31,5%. O Ebtida caiu 4,9%, para R$ 1,29 bilhão. A Duratex informou Ebitda ajustado e recorrente de R$ 1,29 bilhão, com alta de 41,7%.

A Duratex encerrou 2020 com alavancagem de 1,15 vez, medida por dívida líquida sobre Ebtida dos últimos 12 meses. Segundo Antonio Joaquim de Oliveira, presidente da Duratex, o patamar ideal seria de 2,5 vezes a 3 vezes.

“Temos potencial para nos alavancar, facilmente, caso tenhamos oportunidades de crescimento inorgânico”, diz.

“Tivemos um ano atípico por causa da pandemia. Vivemos um período extremamente crítico de março a junho. A partir daí, vivemos uma crescente e tivemos o melhor ano da história da Duratex”, conta Oliveira.

A Duratex reajustou os preços de seus produtos, em 2020, para mitigar as pressões de preços das matérias-primas. Na divisão Madeira, a companhia reajustou os preços de 10% a 20%, conforme linha de produtos; na Deca, em 6% e, na divisão de Revestimentos Cerâmicos, em 2%.

Devido às altas de custos de energia, gás natural, metais e embalagens, foram feitos novos ajustes, em 1º de janeiro deste ano. A Duratex aumentou os preços de painéis de madeira em 15%, da Deca, em 10% e, de revestimentos, em 6%.

Perspectivas para 2021

A expectativa para 2021 é que a Duratex cresça, novamente, em receita, volumes e resultado, segundo o presidente.

Na avaliação de Oliveira, os setores de construção civil e decoração devem viver um ciclo positivo nos próximos anos, desde que não haja “grandes variações macroeconômicas”.

O otimismo se justifica, segundo ele, pelas perspectivas de manutenção dos juros baixos, da facilidade de crédito ao consumidor, da demanda de materiais de construção para os lançamentos imobiliários já realizados e para as obras iniciadas, além da tendência de valorização da casa.

Por outro lado, pondera Oliveira, há preocupações com o desemprego elevado, principalmente em relação ao médio prazo, e com a inflação.

4T20

O lucro líquido da Duratex, no quarto trimestre de 2020, cresceu 5,9%, na comparação anual, para o recorde de R$ 301,6 milhões. A receita líquida aumentou 27,4%, para R$ 1,89 bilhão, seu maior valor histórico.

A margem bruta saltou de 21,2% para 32,6%. O Ebtida caiu 18,2%, para R$ 487,9 milhões. Já o Ebitda ajustado e recorrente teve incremento de 85,4%, para o recorde de R$ 516,2 milhões.

Pagamento de Juros Sobre Capital Próprio e dividendos adicionais

O conselho de administração da Duratex aprovou o pagamento na data de 26 de fevereiro dos juros sobre o capital no valor de R$ 0,3143821646 por ação (líquido de R$ 0,2672248399 por ação), tendo como base de cálculo a posição acionária final do dia 11.12.2020.

A companhia também pagará dividendos adicionais no valor bruto de R$ 300 milhões, no valor de R$ 0,43442952264 por ação, por conta do resultado do exercício de 2020, tendo como base de cálculo a posição acionária final do dia 17.02.2021.

VISÃO DE MERCADO

Credit Suisse 

De acordo com o banco, os resultados foram impulsionados por volumes fortes em todas as divisões. A receita líquida também teve melhoras. O banco calcula que o fluxo livre de caixa de R$ 427,5 milhões foi auxiliado pelo Ebitda sólido e da liberação de R$ 195 de capital de giro.

O banco destacou que os resultados estão acima do esperado. O Credit mantém avaliação de outperform para a Duratex, por acreditar que a empresa se beneficiará de um ciclo de crescimento da atividade de construção no Brasil que pode durar anos, impulsionado por juros baixos, confiança do consumidor em alta e baixos estoques de unidades residenciais. O Credit mantém preço-alvo de R$ 22.

Guide Investimentos 

Segundo o analista Luis Sales, o impacto é positivo. A companhia foi negativamente impactada pela pandemia de Covid-19 ao longo do 1S20, o que tornou necessária a suspensão de algumas de suas operações. No entanto, seus esforços em projetos de redução do custo em conjunto com seu rápido reposicionamento no mercado, conseguiram compensar as perdas no início do ano e impulsionar uma rápida retomada. A empresa encerrou o ano de 2020 com aumento dos volumes e da receita líquida da Divisão Madeira, além de um forte crescimento das vendas e do EBITDA da Deca. No resultado consolidado a Duratex conseguiu registrar grande avanço de seus indicativos, superando as expectativas do mercado.

Pensando em investir na Duratex?

→ A Duratex atua em três divisões – Deca, Madeira e Revestimentos Cerâmicos. A divisão Deca produz e comercializa louças, metais, duchas e torneiras elétricas sob as marcas Deca e Hydra. A divisão Madeira atua na produção e comercialização de painéis MDP e MDF, além de pisos laminados e vinílicos, com a marca Durafloor. A divisão Madeira também engloba o segmento Florestal, no qual a Duratex possui mais de 150 mil hectares de terra. A divisão Revestimentos Cerâmicos produz e comercializa revestimentos para piso e parede utilizando a marca Ceusa que é destaque no mercado nacional por seus atributos de inovação, qualidade e tecnologia de ponta. A Duratex atua na comercialização de louças, metais e outros e também em madeira e revestimentos cerâmicos. Com sede na cidade de São Paulo, a Duratex conta com mais de 11 mil colaboradores em 7 unidades florestais e 16 unidades industriais no Brasil, além de 3 fábricas na Colômbia. A empresa possui R$ 14,7 bilhões de valor de mercado. Confira a Análise completa da empresa com informações exclusivas.

Governança Corporativa

As ações da Duratex estão listadas no Novo Mercado da B3.

As ações ordinárias (ON) dão direito ao voto em assembleias de acionistas, além de possuírem “Tag Along” de 100% e política de dividendo mínimo correspondente a 30% do lucro líquido ajustado. A empresa também possui mais de 30% de membros independentes no Conselho de Administração.

Composição Acionária

grafico-composicao-acionaria-b

Desempenho da empresa na B3

No último ano, as ações da Duratex oscilaram entre a mínima de R$ 7,40 e a máxima de R$ 22,30. No último pregão antes da divulgação do resultado do 4T20, a empresa fechou em queda de 1,3%, negociada a R$ 21,32.

Confira o histórico da Duratex (DTEX3)

Período Abertura Máximo Mínimo Preço Médio Vol Médio Variação Variação %
1 Semana 20,16 22,30 19,82 20,89 3.083.220 1,16 5,75%
1 Mês 20,22 22,30 19,22 20,38 2.859.526 1,10 5,44%
3 Meses 20,00 22,30 17,40 19,54 2.598.529 1,32 6,6%
6 Meses 15,47 22,30 14,43 18,75 3.074.721 5,85 37,82%
1 Ano 15,38 22,30 7,40 15,61 3.376.029 5,94 38,62%
3 Anos 11,32 22,30 7,40 13,70 2.406.898 10,00 88,34%
5 Anos 5,66 22,30 5,46 11,94 2.189.926 15,66 276,68%

Comentários

  1. Sérgio diz:

    Boa tarde. Favor confirmar datas COM e EX da Duratex Na notícia acima (09/02/2021). Obrigado.

Deixe um comentário