Estoques de petróleo nos EUA aumentaram 1,285 milhão de barris na terceira semana do mês

LinkedIn

Os estoques de petróleo nos Estados Unidos aumentaram 1,285 milhão de barris na semana encerrada no dia 19 deste mês, a 463,042 milhões de barris, informou nesta quarta-feira, 24, o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês). Analistas ouvidos pelo Wall Street Journal previam queda de 4,9 milhões de barris.

Apesar do avanço surpreendente, os mercados repercutiram o recuo de 2,6 milhões na produção das refinarias, refletindo a paralisação imposta pela tempestade de frio no Texas. Com isso, por volta das 12h55, o barril do WTI para abril subia 2,24%, a US$ 63,04, e o do Brent para mesmo mês se elevava 2,54%, a US$ 67,02

Já os estoques de gasolina aumentaram 12 mil barris, a 257,096 milhões de barris, ante expectativa de perda de 3 milhões barris. Os estoques de destilados tiveram queda de 5,969 milhões de barris, a 152,715 milhões de barris, quando a previsão era de baixa de 4,4 milhões de barris.

A taxa de utilização das refinarias caiu de 83,1% na semana anterior para 68,6% na mais recente, ante previsão de 75,10%. Os estoques de petróleo em Cushing tiveram alta de 2,807 milhões de barris, a 47,823 milhões de barris.

A produção média diária de petróleo dos EUA, por sua vez, recuou de 10,8 de barris na semana anterior a 9,7 milhões de barris na mais recente, informou o DoE.

Veja também:
Vendas de moradias novas nos EUA subiram 4,3% entre dezembro e janeiro
IPCA-15: prévia da inflação fica em 0,48% em fevereiro, após registrar 0,78% em janeiro
PIB da Alemanha cresceu 0,3% no quarto trimestre de 2020
Índice de Confiança do Consumidor subiu 2,2 pontos em fevereiro

(Com informações da Dow Jones Newswires)

Deixe um comentário