Petróleo fecha em alta após dados mostrarem queda na produção dos EUA

LinkedIn

Os preços do petróleo subiram nesta  quarta-feira, depois que dados do governo dos EUA mostraram uma queda na produção de petróleo depois que um congelamento profundo interrompeu a produção na semana passada.

Petróleo Brent/abril fecha em alta de 2,55% (US$ 67,04) na Ice; WTI/abril subiu 2,51% (US$ 63,22) em NY.

A produção de petróleo bruto dos EUA caiu na semana passada em mais de 1 milhão de barris por dia durante a rara tempestade de inverno no Texas, igualando a maior queda semanal de todos os tempos, disse a Administração de Informação de Energia. Os insumos de petróleo bruto da refinaria caíram para o nível mais baixo desde setembro de 2008, com o congelamento reduzindo a energia para milhões.

A alta continuou a marcha constante do petróleo para níveis nunca vistos desde antes da pandemia do coronavírus, conforme aumenta a distribuição da vacina e nas previsões de demanda renovada.

Os preços do petróleo subiram cerca de 30% desde o início do ano, impulsionados também pelos cortes de oferta em curso pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados.

Alguns investidores acumularam contratos de opções de petróleo de US$ 100, visto que o apetite por commodities está aumentando, uma proteção contra a pressão inflacionária está aumentando, disseram fontes do setor.

Os volumes de opções de compra e spreads de opções de compra para o petróleo dos EUA para entrega em dezembro de 2021 e dezembro de 2022 aumentaram na semana passada, disseram os negociantes. Cerca de 50.000 opções negociadas em dezembro de 2022 na chamada se espalharam entre o petróleo a US$ 99 e $ 100 o barril, bem como aquelas entre US$ 98- $ 100 e $ 90- $ 100 petróleo, disseram os negociantes.

(Com informações da CNBC)

Deixe um comentário