Cielo conclui cessão dos direitos dos softwares de processamento e autorizador de transações para a Elo

LinkedIn

A Cielo concluiu transação por meio da qual realizou a cessão, à Elo Serviços, em caráter definitivo, de todos os direitos relativos à plataforma de processamento e ao autorizador de transações desenvolvidos pela Cielo para a bandeira Elo.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:CIEL3), nesta quarta-feira (31). Confira o documento na íntegra.

O valor total da transação é de R$ 380 milhões, que compreende a cessão e transferência dos Softwares, bem como os valores referentes ao período de licenciamento. O pagamento integral desse valor será realizado à vista.

A transação, deduzida dos valores já reconhecidos contabilmente como receitas de licenciamento – R$187,5 milhões – acrescidos de atualização monetária, e líquida da baixa de custos residuais de desenvolvimento e efeitos fiscais, produzirá um efeito inicialmente estimado em 75,9 milhões no resultado do primeiro trimestre de 2021.

A transação foi realizada em observâncias às normas legais e regulamentares aplicáveis no âmbito da Companhia, incluindo as previstas no Estatuto Social e na Política para Transações com Partes Relacionadas e Demais Situações Envolvendo Conflito de Interesses, tendo sido aprovada pelo Conselho de Administração da Companhia, com a participação exclusiva dos seus membros independentes.

Lucro líquido de R$ 290,2 milhões em 2020 refletindo fortes controles de custos e despesas

Cielo encerrou o ano de 2020 com um lucro líquido de R$ 490,2 milhões, o que representa uma queda de 68% sobre o mesmo período do ano anterior.

Segundo a operadora de cartão de crédito, a redução do consumo devido à pandemia afetou não apenas os negócios da Cielo, mas trouxe impactos importantes à Cateno, que ao longo do ano apresentou queda em volume, especialmente nos negócios mais rentáveis. “Esse contexto pesou fortemente sobre o resultado da companhia, principalmente no primeiro semestre”, apontou a empresa.

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

4T20

A companhia teve lucro líquido de R$ 298,2 milhões no quarto trimestre de 2020, aumento de 34,7% na comparação com o mesmo período de 2019. Ante o trimestre anterior, foi visto alta de 197%. Segundo a empresa, na comparação com o trimestre anterior o resultado foi impulsionado por melhora em todas as unidades de negócio: Cielo Brasil (adquirência), Cateno e outras controladas.

Deixe um comentário