Cielo (CIEL3): Lucro líquido de R$ 290,2 milhões em 2020 refletindo fortes controles de custos e despesas

LinkedIn

A Cielo encerrou o ano de 2020 com um lucro líquido de R$ 490,2 milhões, o que representa uma queda de 68% sobre o mesmo período do ano anterior.

Segundo a operadora de cartão de crédito, a redução do consumo devido à pandemia afetou não apenas os negócios da Cielo, mas trouxe impactos importantes à Cateno, que ao longo do ano apresentou queda em volume, especialmente nos negócios mais rentáveis. “Esse contexto pesou fortemente sobre o resultado da companhia, principalmente no primeiro semestre”, apontou a empresa.

Os resultados da Cielo (BOV:CIEL3) referente a suas operações do quarto trimestre de 2020, foram divulgados no dia 26/01/2021.

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

Ebtida de 2020 – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – totalizou R$ 768,2 milhões, alta de 16% na base anual e acima do consenso de R$ 648 milhões. A margem Ebitda avançou 3,2 pontos percentuais, para 25,4%. O caixa aumentou de R$ 3,2 bilhões um ano atrás para R$ 4,2 bilhões em dezembro.

A receita líquida somou R$ 3,03 bilhões, aumento de 1,5% na base anual, porém abaixo do consenso de R$ 3,19 bilhões. A empresa disse que a tendência na receita refletiu “o cenário de forte competição, que vem pressionando preços e margens no segmento de varejo”.

4T20

A companhia teve lucro líquido de R$ 298,2 milhões no quarto trimestre de 2020, aumento de 34,7% na comparação com o mesmo período de 2019. Ante o trimestre anterior, foi visto alta de 197%. Segundo a empresa, na comparação com o trimestre anterior o resultado foi impulsionado por melhora em todas as unidades de negócio: Cielo Brasil (adquirência), Cateno e outras controladas.

A receita líquida atingiu R$ 1,31 bilhão no quarto trimestre do ano passado, um avanço de 8% sobre o trimestre anterior, mas uma redução de 1,5% ante igual período de 2019.

O volume financeiro capturado foi de R$ 190,6 bilhões, um acréscimo de 15,1% frente ao terceiro trimestre, puxado pelo segmento de pequenas empresas e pela retomada das atividades econômicas, a Black Friday e o Natal. Na comparação com o último trimestre de 2019, a expansão foi de 0,3%, limitada pelos efeitos econômicos da crise gerada pela covid-19, e pelo foco da companhia em segmentos mais rentáveis.

Gastos

A Cielo conseguiu reduzir em 13,5% seus gastos totais na base anual, para R$ 1,077 bilhão, abaixo do patamar esperado pelos analistas. O foco nos segmentos mais rentáveis da adquirência ajudou a mitigar a redução de 10,8% na base ativa de clientes, a 1,406 milhão de clientes, o que a empresa atribuiu à mudança na política de concessão de subsídios para terminais de captura na modalidade de venda, o que impactou principalmente as afiliações no segmento de empreendedores.

Pagamento de dividendos no valor de R$ 14,9 milhões

Além do balanço, a Cielo informoua distribuição de dividendos no montante de R$ 14.950.598,79. O pagamento será feito aos acionistas em 17 de fevereiro com base na posição acionária de 01 de fevereiro, ou seja, as ações passam a ficar ex-dividendos em 02 de fevereiro.

A empresa também comunicou a eleição de Gustavo de Souza como membro do conselho.

TELECONFERÊNCIA 4T20

O presidente da Cielo, Paulo Caffarelli, disse que a empresa tem focado em melhorar sua eficiência operacional. Caffarelli sinalizou que o fechamento da venda de fatia Cielo na Orizon, que atua nos segmentos de saúde, seguros e benefícios, por R$ 129 milhões, foi o primeiro de uma série de vendas de ativos que a credenciadora deve fazer na busca por melhorar sua eficiência em gastos e no atendimento ao cliente. Caffarelli evitou antecipar quais seriam esses ativos por “questão de estratégia”. A empresa conta com sete controladas.

O presidente da credenciadora informou ainda que neste ano deverá ampliar os produtos de crédito ao criar uma Sociedade de Crédito Direto (SCD). O processo foi aprovado pelos acionistas e espera autorização do Banco Central. “Hoje não podemos mais ser só adquirentes, temos que buscar outros espaços.”

O executivo também reforçou o objetivo de ampliar a participação no volume de operações no varejo, principalmente entre pequenos empresários. O volume de operações do segmento atingiu 37% no quarto trimestre de 2020, enquanto em igual período de 2019 essa participação era de 33%. “Hoje, temos 63% em grandes contas e 37% em varejo, nosso objetivo é chegar no meio a meio”, disse.

A Teleconferência dos resultados do 4T20 aconteceu no dia 27 de janeiro, às 11h30. Para ouvir a transmissão completa, clique aqui! Não deixe de acessar a central de resultados da Cielo para acompanhar o ITR 4T20 e o Press Release 4T20.

VISÃO DO MERCADO

O resultado foi visto como positivo por analistas do BTG Pactual, Credit Suisse, Bradesco BBI e XP.

O Bradesco BBI elevou as projeções de lucro líquido em 13% para esse ano, totalizando R$ 881 milhões. “Vemos no balanço sinais de que 2021 será um ano melhor para a Cielo, sugerindo que a ação pode subir se as tendências operacionais continuam a melhorar,” disse Daniel Federle, do Credit Suisse.

BTG Pactual

Os analistas do BTG Pactual também entendem que os resultados do quarto trimestre podem significar que o ano de 2021 será melhor que o esperado no mercado. Os profissionais da casa apontam que a Abecs espera que o setor de pagamentos cresça 18% a 20% em 2021 e o WhatsApp Pay poderá finalmente entrar em operação no primeiro trimestre, o que foi ressaltdo por Caffarelli na teleconferência. “Além disso, notícias recentes indicam que o Banco do Brasil pode sair da Cielo, com o Bradesco comprando a participação do BB. A nosso ver, uma resolução sobre a estrutura acionária é fundamental para a companhia, mas estruturalmente continuamos cautelosos com a Cielo em função de sua atual estrutura acionária”, apontaram, em relatório.

BTG Pactual mantém recomendação neutra, com preço-alvo de R$ 5,00.

XP Investimentos

A XP Investimentos disse que a empresa apresentou resultado forte com custos controlados no 4T20. A empresa mantém a recomendação como neutra, com preço-alvo de R$ 5,00.

Safra

Já o Safra destaca redução de custos operacionais e diz que o os resultados foram uma boa surpresa.

Eleven 

A Eleven diz que o resultado do 4T20 trouxe uma melhora sequencial no lucro mostrando uma revisão de tendência, podendo sinalizar uma melhora de rentabilidade.

A Eleven recomenda compra mas coloca o preço-alvo sob revisão até o fechamento desta matéria.

Pensando em investir na Cielo?

Cielo, antiga Visanet Brasil,  é a maior operadora de cartão de crédito e débito no Brasil com valor de mercado de R$ 10,4 bilhões. A Cielo também é a maior empresa de sistema de pagamentos da América Latina em receita e valor de mercado. Confira a Análise completa da empresa com informações exclusivas.

Não deixe de assistir o Trends ADVFN: Os desafios do Pix e a CIEL3, ITUB4, SANB11, TOTS3

Governança Corporativa

A Cielo aderiu ao Novo Mercado da BM&F Bovespa em 29 de junho de 2009, estando vinculada  à Câmara de Arbitragem do Mercado, conforme cláusula compromissória prevista em seu Estatuto Social. Importante destacar que a listagem nesse segmento implica a adoção de um conjunto de regras societárias que ampliam os direitos dos acionistas, além de uma política de divulgação de informações mais transparente e abrangente.

Desde 2011, a Companhia possui American Depositary Receipts (ADRs), Nível 1, no mercado de balcão OTCQX Internacional, segmento premium do mercado norte-americano, que distingue as principais empresas internacionais de outros valores mobiliários negociados no mercado de balcão OTC dos Estados Unidos pela qualidade de seus negócios operacionais, excelência na divulgação de informações e listagem em qualificadas bolsas de valores estrangeiras.

Estrutura Societária

Estrutura Cielo

Composição Acionária (11/01/2021)

Part Acionaria Cielo

Desempenho da empresa na B3

No último ano, as ações da Cielo oscilaram entre a mínima de R$ 3,23 e a máxima de R$ 7,68. No último pregão antes da divulgação do resultado do 4T20, a empresa fechou em alta de 1,66%, negociada a R$ 3,67.

A ação negocia a 12 vezes o lucro estimado para 2021. A Cielo acumula queda de 47% nos últimos 12 meses.

Confira o histórico da CIEL3

Período Abe Máx. Mín. Preço Méd Volume Méd . Var %.
1 Semana 3,77 3,87 3,55 3,67 26.915.350 -0,10 -2,65%
1 Mês 3,80 4,06 3,55 3,82 32.922.524 -0,13 -3,42%
3 Meses 3,37 4,06 3,29 3,73 37.209.548 0,30 8,9%
6 Meses 5,34 5,63 3,23 4,20 44.156.172 -1,67 -31,27%
1 Ano 6,94 7,68 3,23 4,55 39.357.544 -3,27 -47,12%
3 Anos 26,48 27,90 3,23 6,81 21.901.533 -22,81 -86,14%
5 Anos 21,90 31,47 3,23 9,45 15.447.338 -18,23 -83,24%

 

Deixe um comentário