Sequoia avalia realizar uma nova oferta de ações, de distribuição primária e secundária

LinkedIn

A Sequoia Logística comunica que a Companhia está avaliando realizar uma potencial oferta pública com esforços restritos subsequente primária e secundária de suas ações ordinárias, e engajou como coordenadores o Banco BTG Pactual, Banco Santander (Brasil), Banco Morgan Stanley, Banco ABC Brasil e Banco Itaú BBA, bem como determinadas afiliadas internacionais dessas instituições para prestação de serviços de assessoria financeira no âmbito da Oferta em Potencial, incluindo trabalhos preparatórios para a definição da viabilidade e dos termos da Oferta em Potencial.

O fato relevante foi feito pela companhia (BOV:SEQL3), nesta terça-feira (23). Confira o documento na íntegra.

Até o presente momento, a Companhia não aprovou a efetiva realização de qualquer oferta pública subsequente de distribuição de ações, tampouco seus termos e condições, ou quaisquer outras possíveis operações para captação de recursos. A efetiva realização da Oferta em Potencial e suas respectivas condições ainda serão oportunamente analisadas pela Companhia.

A realização da Oferta em Potencial está, ainda, sujeita às condições do mercado de capitais brasileiro e internacional, dentre outros fatores alheios à vontade da Companhia, bem como às aprovações regulatórias e societárias aplicáveis. Nesta data, não está sendo realizada pela Companhia qualquer oferta pública de distribuição de ações ou outros valores mobiliários de sua emissão, no Brasil, nos Estados Unidos da América e/ou em qualquer outra jurisdição.

Qualquer oferta pública de distribuição de ações da Companhia será conduzida em conformidade com a legislação e regulamentação aplicáveis.

Assim, nenhum valor mobiliário deve ser vendido em qualquer estado ou jurisdição, incluindo no Brasil, nos Estados Unidos, e/ou em qualquer outra jurisdição, nos quais a oferta, solicitação ou venda de tal valor mobiliário seja considerada ilegal, antes do registro, ou enquadramento, em conformidade com as leis sobre valores mobiliários de tal estado ou jurisdição.

Este fato relevante não deve, em nenhuma circunstância, ser interpretado como, nem constituir, uma recomendação de investimento ou uma oferta de venda, ou uma solicitação ou uma oferta de compra de quaisquer valores mobiliários de emissão da Companhia no Brasil, nos Estados Unidos ou em qualquer outra jurisdição e não tem o propósito de ser publicado ou distribuído, direta ou indiretamente, nos Estados Unidos ou em qualquer outra jurisdição e possui caráter meramente informativo.

Lucro líquido de R$ 7 milhões em 2020, revertendo prejuízo de 2019

A Sequoia Logística registrou lucro líquido de R$ 7,0 milhões, revertendo prejuízo líquido de R$ 7,1 milhões em 2019. O lucro líquido ajustado cresceu 182%, para R$ 42,7 milhões em 2020.

4T20

A Sequoia Logística e Transportes registrou lucro líquido de R$ 17,7 milhões no quarto trimestre de 2020, o que representa alta de 196,1% em relação ao mesmo período de 2019.

No critério ajustado, excluindo despesas não recorrentes e amortização do ágio, o lucro somou R$ 30,7 milhões, alta de 144% no comparativo trimestral.

A receita líquida da logística de comércio eletrônico e tecnologia saltou 108% no comparativo trimestral, para R$ 344,1 milhões.

Deixe um comentário