AstraZeneca tem receita de US$ 7,3 bilhões no 1º trimestre; Vacina de Covid-19 contribuiu com US$ 275 milhões

LinkedIn

A AstraZeneca (NASDAQ:AZN) disse na sexta-feira (30) que sua vacina de Covid-19 contribuiu com US$ 275 milhões em vendas e cortou três centavos por ação de seus ganhos do primeiro trimestre, já que a farmacêutica relatou resultados melhores do que o esperado e previu um crescimento nas vendas.

É a primeira vez que a farmacêutica dá detalhes financeiros da distribuição e venda de sua vacina. A empresa disse que não terá lucro com a injeção durante a pandemia.

A receita da vacina incluiu a entrega de cerca de 68 milhões de doses em todo o mundo, disse. As vendas na Europa foram de US$ 224 milhões, as vendas em mercados emergentes foram de US$ 43 milhões e US$ 8 milhões no resto do mundo, disse.

A receita total, que inclui pagamentos de colaborações, aumentou 11% para US$ 7,32 bilhões nos três meses terminados em março, um aumento de 15% ano a ano, enquanto o lucro principal ficou em US$ 1,63 centavos por ação, disse a farmacêutica anglo-sueca.

Os analistas, em média, esperavam ganhos básicos de US$ 1,48 por ação sobre vendas de US$ 6,94 bilhões no primeiro trimestre, de acordo com um consenso fornecido pela empresa de 18 analistas.

“Esperamos que o impacto da Covid-19 reduza e antecipe uma aceleração de desempenho no segundo semestre de 2021”, disse o CEO Pascal Soriot em comunicado.

As ações AZN subiram 3,3% até o momento na sexta-feira, a um último preço de US$ 53,05.

A AstraZeneca também é negociada na B3 através da BDR (BOV:A1ZN34), a um último preço de R$ 47,97.

astrazenecaGráfico 3 meses candle diário da AZN – br.advfn.com

Fontes: CNBC, FX empire, FX Street, Wall Street, Reuters

Deixe um comentário