Bank of America tem lucro líquido de US$ 8,1 bilhões no 1º trimestre de 2021

LinkedIn

O Bank of America (NYSE:BAC) divulgou na quinta-feira (15) o lucro que superou as estimativas de Wall Street.

O banco registrou lucro no primeiro trimestre de US$ 8,1 bilhões, ou US$ 0,86 centavos por ação, excedendo os US$ 0,66 centavos por ação esperados por analistas consultados pela Refinitiv. A empresa produziu US$ 22,9 bilhões em receita, superando a estimativa de US$ 22,1 bilhões.

O Bank of America anunciou separadamente um programa de recompra de ações de US$ 25 bilhões.

“Embora as baixas taxas de juros continuem a desafiar as receitas, os custos de crédito melhoraram e acreditamos que o progresso na crise da saúde e na economia apontam para uma recuperação acelerada”, disse o CEO Brian Moynihan no comunicado.

Como outros rivais bancários, o Bank of America viu um grande benefício da melhora nas perspectivas econômicas dos EUA nos últimos meses: liberou US$ 2,7 bilhões em reservas para perdas com empréstimos no trimestre. No ano passado, a empresa reservou US$ 11,3 bilhões para perdas de crédito, quando a indústria acreditava que uma onda de inadimplência ligada à pandemia do coronavírus estava chegando.

Em vez disso, os programas de estímulo do governo parecem ter evitado a maioria das perdas temidas, e os bancos começaram a liberar mais de suas reservas neste trimestre.

Como o JPMorgan e o Goldman, o banco também viu um impulso em suas operações de trading. A receita de negociação de renda fixa saltou 22%, para US$ 3,3 bilhões, superando a estimativa dos analistas em cerca de US$ 660 milhões. A receita de ações cresceu 10%, para US$ 1,8 bilhão, cerca de US$ 170 milhões a mais do que o esperado.

Os banqueiros de Wall Street da empresa também estavam ocupados: a empresa registrou um aumento de 62% nas taxas de banco de investimento para US$ 2,2 bilhões, quase US$ 400 milhões a mais do que os analistas esperavam, alimentado por um aumento de 218% nas taxas de subscrição de ações para US$ 900 milhões.

Na quarta-feira, o JPMorgan Chase (JPM, JPMC34) e o Wells Fargo (WFC, WFCO34) publicaram resultados que excederam as expectativas dos analistas sobre os lançamentos de reservas, enquanto o Goldman Sachs (GS, GSGI34) superou as estimativas em fortes resultados de consultoria e negociação.

Resultados:

  • Lucro: US$ 0,86 centavos por ação, contra US$ o,66 centavos por ação esperados por analistas ouvidos pela Refinitiv.
  • Receita: US$ 22,9 bilhões, contra US$ 22,1 bilhões esperados.

As ações do Bank of America subiram 32% este ano, superando o ganho de 26% do KBW Bank Index.

As ações ganharam 1,2% no início do pregão.

O Bank of America também é negociado na B3 através da BDR (BOV:BOAC34).

Deixe um comentário