ADVFN Logo

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Registration Strip Icon for discussion Cadastre-se para interagir em nossos fóruns de ativos e discutir com investidores ideias semelhantes.

BR Distribuidora aprova a distribuição de dividendos no valor total de R$ 2 bilhões

LinkedIn

A Assembleia Geral Ordinária da BR Distribuidora aprovou a distribuição de dividendos no valor total de R$ 2.305.206.951,34, que atualizados até a data 15 de abril de 2021 com base na variação da Taxa Selic alcançam o montante de R$ 2.316.132.992,30.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:BRDT3), nesta quinta-feira (15).

A distribuição é da seguinte forma: juros sobre capital próprio já declarados e quitados, e R$ 498.387.512,18 ou R$ 0,42780043964 por ação, valor corrigido pela taxa Selic de 31 de dezembro de 2020 a 12 de janeiro de 2021. Esse provento foi pago no dia 12 de janeiro de 2021.

-dividendos no valor de R$ 1.807.079.933,28, com valor corrigido pela taxa Selic de 31 de dezembro de 2020 a 15 de abril de 2021 de R$ 1.817.745.480,12 ou R$ 1,56029654946 a serem pagos em duas parcelas:

1°parcela

A primeira parcela no valor de R$ 1.100.000.000,00 ou R$ 0,94420600858 com mais atualização monetária de R$ 6.492.298,05 ou R$ 0,00557278802 a ser paga até 30 de abril de 2021;

2° parcela

A segunda parcela no valor de R$ 707.079.933,28, ou R$ 0,60693556505 com mais atualização monetária de R$ 4.173.248,79 ou R$ 0,00358218780 a ser paga até 31 de dezembro de 2021.

Terão direito aos dividendos os acionistas na posição acionária do dia 15 de abril de 2021 , sendo que as ações de emissão da companhia passarão a ser negociadas “ex-dividendos” a partir de 16 de abril de 2021.

Forte resultado com lucro líquido de R$ 3,9 bilhões em 2020, alta de 76,5%

A BR Distribuidora registrou lucro liquido de R$ 3,905 bilhões em 2020, alta de 76,6% na comparação com 2019.

O Ebitda ajustado atingiu R$ 3,811 bilhões em 2020, aumento de 21,7% na comparação com 2019. Em 2020, o Ebitda atingiu R$ 5,103 bilhões, ante R$ 1,841 bilhões em 2019.

A margem Ebitda subiu 33%, para R$ 104 o m3. De acordo com a companhia, o alcance de um novo patamar de margens foi possível graças ao aumento de eficiência de despesas, que alcançou a marca de R$ 1 bilhão ao ano de redução em comparação com 2019.

A companhia explica que 2020 foi o primeiro ano completo desde a sua privatização e, mesmo com todos os desafios impostos pela pandemia, conseguiu avançar rapidamente em sua agenda de transformação.

Deixe um comentário

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

Support: (11) 4950 5808 | suporte@advfn.com.br