Copel informa que atingiu adesão mínima em programa de units

LinkedIn

Copel encerrou o período de solicitação de conversão de ações e de formação de certificados de depósito de ações (“UNITs”) no âmbito do 1º Programa de UNITs.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:CPLE3) (BOV:CPLE5) (BOV:CPLE6) nesta quinta-feira (22).

Durante o período de solicitação, a quantidade de pedidos de formação de UNITs pelos acionistas não controladores superou o número mínimo de 229.172.878  UNITs estabelecido no 1º Programa de UNITs.

Nesse sentido, foram solicitados pelos respectivos acionistas a conversão de 362.580.947 ações ordinárias em ações preferenciais classe “B”, a conversão de 139.520 ações preferenciais classe “A” em ações preferenciais classe “B”, a conversão total de 82.330.391 ações preferenciais classe “B” em ações ordinárias; e a formação de 248.134.108 UNITs.

Desse modo, foi verificada a condição necessária para implementação do Programa e, portanto, a consequente formação, emissão e crédito das UNITs aos acionistas.

Além disso, nos termos dos itens 1.10 e 2.6 do 1º Programa de UNITs, com o encerramento do período de solicitação, o Estado do Paraná, na qualidade de acionista controlador, também poderá manifestar a quantidade de ações ordinárias de sua titularidade que serão convertidas em ações preferenciais classe “B” e o número de UNITs que deseja formar.

O Conselho de Administração se reunirá, nessa sexta-feira, 23 de abril de 2021, para homologar o número total de ações convertidas e o número total de UNITs formadas, incluindo as solicitações do acionista controlador e dos acionistas não controladores e, assim, implementar o 1º Programa de UNITs, com a emissão e o crédito das UNITs aos acionistas.

O Conselho de Administração também irá fixar o dia 26 de abril de 2021 como a “Data de Formação das UNITs” e a “Data de Créditos das UNITs” para fins do Programa.

A Companhia manterá seus acionistas e o mercado informado a respeito da implementação do 1.º Programa de UNITs.

A Copel pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 05 de maio.

Lucro líquido de R$ 3,9 bilhões em 2020, alta de 89,5%

A Copel registrou em 2020 lucro líquido de R$ 3,9 bilhões, alta de 89,5% sobre o lucro de R$ 2,05 bilhões de 2019.

No ano inteiro de 2020, a receita da companhia foi de R$ 18,6 bilhões, crescimento de 17,4% sobre 2019.

O Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – alcançou R$ 5,26 bilhões, ganho de 23,8% sobre um ano antes.

Deixe um comentário