Déficit comercial dos EUA aumentou 4,8% registrando recorde em fevereiro

LinkedIn

O déficit comercial dos Estados Unidos aumentou para um recorde em fevereiro, à medida que a atividade econômica se recuperou mais rapidamente do que os rivais globais do país, e pode permanecer elevada este ano, com forte estímulo fiscal que deve impulsionar o crescimento mais rápido em quase quatro décadas.

O Departamento de Comércio disse nesta quarta-feira que o déficit comercial aumentou 4,8%, para um recorde de US$ 71,1 bilhões em fevereiro. Os analistas consultados previam um déficit de US$ 70,5 bilhões.

Já o saldo negativo da balança comercial de janeiro foi revisado para baixo, de US$ 68,21 bilhões para US$ 67,82 bilhões. As exportações dos EUA caíram 2,6% na comparação mensal de fevereiro, a US$ 187,3 bilhões, e as importações recuaram 0,7%, a US$ 258,3 bilhões.

Veja também:
PMI composto da Alemanha subiu para 57,3 em março, atingindo o maior patamar em mais de três anos
PMI de serviços do Reino Unido subiu de 49,5 em fevereiro para 56,3 em março
PMI composto da zona do euro subiu para 53,2 em março

(Com informações da Reuters, Estadão e CNBC)

Deixe um comentário