Índia espera receber maior parte das vacinas da AstraZeneca compartilhadas pelos EUA

LinkedIn

A Índia espera garantir a maior parcela das 60 milhões de doses da vacina contra Covid-19 da AstraZeneca que os Estados Unidos compartilharão com o mundo, disseram duas fontes do governo indiano à Reuters, agora que Nova Délhi enfrenta uma disparada de infecções devastadora.

Na segunda-feira, a Casa Branca disse que 10 milhões de doses podem ser liberadas para exportação “nas próximas semanas” e o resto até junho, sem revelar os possíveis beneficiários, mas as fontes disseram que a Índia pode ficar com a maior fatia.

“As engrenagens da diplomacia e os apelos da OMS (Organização Mundial da Saúde) e de especialistas de saúde pública destacados mudaram a forma de pensar deles, e agora vemos os EUA prontos para enviar vacinas”, disse uma das fontes, um assessor do primeiro-ministro indiano, Narendra Modi.

O governo do presidente norte-americano, Joe Biden, concordou em despachar doses para a Índia depois de uma relutância inicial, acrescentou.

“Não temos certeza de quantas receberemos. Só o que posso dizer aqui é que nossa tigela é a mais larga e a mais funda.”

Falando à Reuters após uma conversa telefônica entre Modi e Biden, sobre matérias-primas para vacinas, a segunda fonte disse que a Índia está pressionando para obter mais de 35% das doses da AstraZeneca.

(Com informações da Reuters)

Deixe um comentário