MMX é intimada a pagar R$ 3,45 bilhões em dívidas fiscais

LinkedIn

A MMX Mineração, empresa controlada por Eike Batista, recebeu intimação da 5ª Vara de Execução Fiscal da Justiça Federal do Rio de Janeiro para que pague uma dívida ativa no valor de cerca de R$ 3,454 bilhões.

O mandado foi recebido pela empresa na última sexta-feira (16/4) e refere-se ao não pagamento de imposto de renda e de contribuição social sobre lucro líquido (CSLL) e sobre a venda de 30% dos projetos Minas-Rio Amapá em 2007.

A citação demanda pagamento de certidões de dívida ativa federais, com valor atualizado até novembro de 2020, ou oferecimento de bens em garantia da Execução Fiscal. A MMX (BOV:MMXM3) disse que estuda a melhor estratégia e as medidas mais adequadas para preservar os interesses de seus acionistas e de seus credores, tendo em vista o impacto fiscal sobre seus negócios e sobre seu novo plano de recuperação judicial.

A empresa pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 14 de maio.
(Com informações do BDM)

Deixe um comentário