Pedidos de seguro-desemprego semanais nos EUA ficou abaixo da expectativa

LinkedIn

O número de americanos que entraram com novos pedidos de seguro-desemprego ficou abaixo do esperado na ultima semana, a lenta recuperação do mercado de trabalho acelerou seu ritmo, com menos americanos a caminho da linha de desemprego, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira.

Os primeiros pedidos de seguro-desemprego totalizaram 547.000, abaixo da estimativa do Dow Jones para 603.000.

O total representou uma queda ainda maior nos sinistros e deixa o quadro de empregos mais próximo de onde estava antes da pandemia, embora ainda haja muito caminho a percorrer.

Com os casos da Covid-19 em declínio e mais estados relaxando as restrições de negócios, as empresas novamente procuram contratar antes do que se espera que seja um verão de atividade quase normal nos EUA

Ainda assim, permanecem cerca de 8 milhões de americanos a menos no trabalho do que antes do surto da pandemia. O relatório de hoje, mostrou que tanto o desemprego quanto o subemprego continuam sendo problemas significativos para a economia dos EUA.

Ainda há 17,4 milhões de americanos recebendo benefícios de acordo com os vários programas em vigor, embora os dados estejam duas semanas atrás do número de reclamações. Aumentos bruscos nos requerentes de benefícios por meio de programas relacionados à pandemia aumentaram o total de beneficiários em quase meio milhão.

(Com informações da CNBC e Reuters)

Deixe um comentário