Ações da Tesla, Square, Coinbase, PayPal, MicroStrategy, Nvidia caem à medida que bitcoin despenca

LinkedIn

As ações relacionadas à criptomoeda lideradas por Tesla e Coinbase caíram na quarta-feira (19), quando o bitcoin despencou o equivalente a um mercado em baixa em apenas um único dia.

Bitcoin, o maior token digital do mundo, caiu 20% em 24 horas em um ponto no início da quarta-feira. Caiu mais de 30% em uma semana. O preço caiu para menos de US$ 40.000 pela primeira vez em 14 semanas e caiu para menos de US$ 37.000 no início da quarta-feira. (Qualquer queda de mais de 20% em um ativo ou título é considerada um mercado em baixa.) Saiba Mais…

A medida ocorre depois que a China proibiu as instituições financeiras de realizar transações relacionadas à criptografia na terça-feira. Separadamente, um relatório do JPMorgan mostrou que grandes investidores institucionais estavam se desfazendo do bitcoin em favor do ouro. Saiba Mais…

O recuo este mês no bitcoin se intensificou uma semana atrás, depois que Elon Musk pareceu mudar um pouco de tom, dizendo que a Tesla pararia de aceitar o bitcoin para pagamento por causa de preocupações ambientais em torno da mineração cripto. Saiba Mais…

A Tesla (NASDAQ:TSLA), ainda grande detentora de bitcoins, caiu cerca de -3,8% nas negociações pré-mercado na quarta-feira.

A Microstrategy (NASDAQ:MSTR), que ganhou as manchetes ao comprar uma quantidade significativa de bitcoins para seu tesouro corporativo, despencou -12,4%.

A Coinbase (NASDAQ:COIN) caiu cerca de -8,1%.

O preço do Bitcoin se aproximou de US$ 65.000 cinco semanas atrás, antes de atingir o pico. Isso foi bem na época da estreia pública da Coinbase.

O Square e o Paypal, que facilitam as transações em criptomoedas e têm sido grandes compradores, também caíram no pré-mercado.

A Square (NYSE:SQ) caiu cerca de -12,41%, e a PayPal (NASDAQ:PYPL) caiu cerca de -3,8%.

A Nvidia (NASDAQ:NVDA) caiu cerca de -3,7%.

Deixe um comentário