Arezzo (ARZZ3): lucro líquido contábil de R$ 29,8 milhões, alta de 15% no 1T21

LinkedIn

A Arezzo &Co, que tem as marcas Arezzo, Schutz e Reserva, registrou lucro líquido contábil de R$ 29,8 milhões, alta de 15%. Já sem considerar efeitos não recorrentes, como os R$ 30 milhões em créditos fiscais, a empresa teve alta de 310,7% na comparação do lucro líquido.

A receita líquida nos três primeiros meses do ano subiu 33,2%, a R$ 499,9 milhões.

O ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – teve alta de 79,9% na comparação anual, para R$ 64,74 milhões.

“Mesmo diante de um cenário desafiador no país, a Arezzo foi capaz de entregar um crescimento expressivo de Ebitda, principalmente devido à assertividade das coleções e maturidade das vendas digitais — capazes de viabilizar a geração de receita mesmo com fechamento das lojas físicas durante grande parte do trimestre”, destacou a companhia em seu release de resultados.

A companhia viu um aumento de 23% no custo de mercadoria vendida, para R$ 290 milhões, mas o lucro bruto ainda cresceu 45%, para R$ 249,9 milhões, e a margem bruta chegou a 50%, 4,1 ponto percentuais acima do primeiro trimestre de 2020. “Há uma inflação de insumos generalizada e deu trabalho para nossa equipe de sourcing e supply chain. Entretanto calçados te dão a possibilidade vários tipos e matéria-prima”, conta Alexandre Birman, presidente da Arezzo &Co, explicando que a empresa não precisou recorrer a reajustes significativos para preservação das margens.

As vendas do varejo on-line próprio cresceram 148,9%, para R$ 158,9 milhões. “Quanto mais eu vendo no e-commerce, melhor é minha margem, porque é uma operação direta para o consumidor.”

Os resultados da Arezzo (BOV:ARRZ3) referente suas operações do primeiro trimestre de 2021 foram divulgados no dia 13/05/2021. Confira o Press Release completo!

Deixe um comentário