‘Baleias' compraram US$ 3 bilhões de bitcoin na queda, afirma Chainalysis

LinkedIn

Grandes investidores (também chamados de “baleias”) aproveitaram a queda de preço do bitcoin (BTC) na última semana para adquirir mais moedas, segundo a empresa de análise em blockchain Chainalysis.

Em um novo relatório de informações sobre o mercado, Philip Gradwell, economista-chefe da Chainalysis, afirmou que “investidores-baleia” compraram 77 mil bitcoins na semana passada, uma quantia equivalente a mais de US$ 3 bilhões.

Esses dados são baseados no monitoramento da Chainalysis.

Na última semana, o preço do bitcoin caiu drasticamente, de US$ 49 mil para US$ 30 mil e, em certo momento, liquidando US$ 3,3 bilhões em uma única hora.

O relatório da empresa consta com o artigo do The Block de que grandes fundos de hedge e gestores de ativos estavam comprando bitcoin na queda, principalmente na faixa entre US$ 30 mil e US$ 35 mil.

Grandes prejuízos no blockchain

Segundo o relatório da Chainalysis, essa queda no preço viu uma grande quantia de bitcoins sendo retirado, com perdas, do blockchain. Gradwell afirmou que 1,2 milhões de bitcoins foram retirados a um prejuízo entre 5% a 25%, em que 120 mil bitcoins foram movimentados a um prejuízo de 25% ou pior.

“Porém, esse foi um número menor de bitcoins retirados com prejuízo em comparação às quedas de preço no fim de 2017 e março de 2020, sugerindo que a queda da semana passada não foi a pior na história dos ‘holders’ de bitcoin”, disse ele.


(Imagem: Chainalysis)

No entanto, quando mensurados em dólares americanos, os prejuízos só aumentam. O relatório destacou que US$ 3,2 bilhões foram liquidados na última semana — moedas que haviam sido adquiridas num período entre 4 e 13 semanas atrás.

Em termos de fiduciárias, foi “a pior semana para investidores em bitcoin”.

O mesmo aconteceu com o ether (ETH). Na semana passada, foi a pior semana de liquidações da criptomoeda.

O relatório afirmou que 22,6 milhões de etheres foram movimentados a um prejuízo entre 5% e 25%. Por outro lado, Gradwell destacou que, “embora as pessoas tiveram prejuízos com ether, não foram extremamente grandes em termos percentuais”.

Voltando aos preços médios de compra

Segundo o relatório, o preço do bitcoin agora está bem mais próximo de seu preço médio de compra do último ano. Gradwell afirmou que o preço médio de compra era de US$ 37,8 mil, um preço próximo do qual o bitcoin havia despencado, mas ao qual já retornou.


(Imagem: Chainalysis)

O economista disse que, historicamente, preços do bitcoin e do ether voltam a esse preço de custo, o que, geralmente, fornece um preço mínimo, exceto no “inverno cripto” de 2018.

Para ether, o preço médio de compra no último ano é de US$ 1,7 mil, um preço ao qual a criptomoeda ainda não voltou durante a atual queda. Atualmente, a US$ 2,8 mil, o preço do ether está US$ 1,1 mil mais alto do que o nível de preço médio.

Deixe um comentário