Bom dia ADVFN - Reforma tributária em pauta e CPI da Covid começa com depoimentos

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor!  03 de Maio de 2021, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Bolsas mundiais: os índices futuros em Nova York operam em alta na abertura de semana marcada por payroll e com atenção para divulgação de resultados.

Na Ásia, as bolsas fecharam em queda nesta segunda-feira, com os investidores avaliando os riscos de inflação em meio à melhora da atividade econômica. Hong Kong liderou as perdas em meio a baixos volumes com Japão e China, entre os mercados fechados para feriados. A atividade manufatureira permaneceu robusta até abril, com indicadores de atividade em Taiwan e na Coreia do Sul sinalizando uma expansão contínua. Os dados no sábado mostraram que as exportações sul-coreanas no mês passado aumentaram mais em 10 anos, refletindo uma recuperação dos efeitos da pandemia. Ainda na Ásia, a crise do vírus na Índia está piorando , com mortes diárias atingindo outro recorde no domingo. O primeiro-ministro Narendra Modi e seu partido, criticado por lidar de forma negligente com a crise do Covid-19, perdeu uma eleição estadual importante.

Na Europa, os índices europeus tiveram em sua maioria altas, as bolsas do Reino Unido permaneceram fechadas para o feriado. Os índices seguiram a uma tendência positiva observada nas negociações de overnight nos Estados Unidos. As ações da Lufthansa tiveram alta de 3,4%, liderando o índice Eurostoxx, após a empresa alemã afirmar que oferecerá voos a mais de 100 destinos. Além disso, a Alemanha registrou em março seu maior aumento anual nas vendas no varejo desde o início da pandemia de Covid.

Nos Estados Unidosos índices futuros têm altas nesta segunda, que marca o primeiro dia de maio de 2021. Em abril, o índice S&P 500 subiu 5%. No mesmo mês, o índice Dow subiu 2,7%, e o Nasdaq, 5,4%. Investidores continuam a acompanhar a divulgação de resultados. Empresas como Lowe’s, Estee Lauder, ON Semiconductor devem reportar antes do fechamento do mercado. Nesta segunda devem ser divulgados dados do índice PMI relativos a abril. A inflação continua sendo uma preocupação fundamental para os investidores. Os dados mais recentes dos EUA mostram que o estímulo fiscal ajudou a impulsionar os ganhos mensais mais fortes na renda pessoal em registros que remontam a 1946, e o indicador de preços preferido do Federal Reserve aumentou para sua máxima desde 2018. Em sua última reunião anual, o bilionário Warren Buffett alertou sobre as crescentes pressões sobre os preços e um “frenesi de compras” impulsionado pelas baixas taxas de juros. O presidente do Fed de Dallas, Robert Kaplan, que atualmente não tem direito a voto, disse que os sinais de risco excessivo sugerem que é hora de considerar menos compras de títulos. Suas observações contrastam com as do presidente do Fed, Jerome Powell.

==> Acompanhe os mercados mundiais pela ADVFN (aqui)

Os futuros internacionais de petróleo WTI (NYMEX:CL\M21) estão sendo negociados a US$ 63,30, com baixa de 0,42%. O Brent (NYMEX:BZ) opera em baixa de 0,67%, negociado a US$ 66,31.

Bitcoin (COIN:BTCUSD) é negociado a US$ 58.588,61 (4,14%). O ouro (COMEX:GC\M21) é negociado a US$ 1.777,90 por onça-troy (+0,58%).

⇒ Bitcoin – Acompanhe o Mundo Cripto na ADVFN

Minério de ferro: Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com queda de 3,72%, cotados a 1088,5 iuanes, equivalente hoje a US$ 168,14.

Coronavírus

O mundo registra 152.900.958 de casos de coronavírus e 3.203.199 mortes, confirmadas pela Universidade Johns Hopkins.

Painel Vacinas Covid-19 Brasil:  Doses Distribuídas pela União: 64.384.978. Doses aplicadas: 43.173.356.

Brasil registrou 1.210 novas mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa. A média móvel de óbitos, que leva em consideração os registros dos últimos sete dias, ficou em 2.407 no domingo, 2. Com os dados, o Brasil chegou a um total de 407.775 vítimas do novo coronavírus desde o início da pandemia.O balanço mostra ainda 28.493 novos casos confirmados, fazendo o total de diagnósticos chegar a 14.753.983.

Capitais dos estados brasileiros recebem hoje as vacinas da Pfizer. A primeira remessa do imunizante chegou ao país na quinta-feira (29) com um milhão de doses. Por questões de logísticas, e condições do próprio fabricante, que exige um armazenamento entre -25°C e -15°C, o primeiro lote será enviado somente para as capitais. Na cidade de São Paulo, a vacina da Pfizer será aplicada no grupo de 60 a 62 anos, que começa a receber o imunizante no dia 6 de maio.

Brasil

A presidente da Fiocruz, Nísia Trindade Lima, afirmou que a produção do ingrediente farmacêutico ativo (IFA) pela instituição começará neste mês. Segundo ela, a expectativa é que as primeiras doses da vacina feitas com tecnologia 100% nacional sejam entregues ao PNI em outubro. “O início da produção ocorrerá já neste mês de maio, o processo passa por muitas etapas de produção de lotes e de controle de qualidade até podermos entregar ao Programa Nacional de Imunizações”, afirmou Nísia.

Poderes

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou ontem (2) que vai se licenciar da prefeitura pelo período de 30 dias para poder se dedicar exclusivamente ao tratamento médico contra o câncer. O pedido de licenciamento será encaminhado à Câmara Municipal hoje (3). Nesse período, o cargo será exercido por seu vice, Ricardo Nunes.

Anunciada há mais de um ano, mas ainda com quase nada de avanço, a reforma tributária deve, finalmente, começar a ser debatida no Congresso Nacional. O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), prometeu para esta segunda-feira o relatório inicial com as propostas que deverão ser debatidas pelos deputados e senadores. O texto está nas mãos do deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), relator da matéria e o responsável por reunir em uma proposta única os três grandes projetos.

A cúpula da CPI da Pandemia articula um depoimento longo do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, na próxima quarta-feira (5), com o objetivo de exaurir o general do Exército que comandou a pasta por quase um ano.

Justiça

Os ministros do Supremo vão discutir a exclusão do ICMS na base de apuração do PIS e da Cofins. Em 2017, o Tribunal fixou o entendimento de que o tributo aplicado a mercadorias e serviços não poderia figurar na apuração do PIS e da Cofins. Ou seja, quando considerou o ICMS na conta, o governo federal arrecadou mais do que deveria. Ainda falta, porém, definir o mais importante: a partir de quando essa decisão passará a valer. Ou seja, se o novo cálculo só valerá para operações futuras ou, ao contrário, se as empresas terão direito a cobrar o que foi recolhido indevidamente no passado. Em caso de derrota, a conta para o governo seria de R$ 250 bilhões.Inicialmente, o julgamento estava marcado para a semana passada. Com o atraso da agenda, o presidente do Supremo, ministro Luiz Fux, indicou que o tema deverá ser tratado nesta semana.

Economia

A maratona de leilões de infraestrutura concluída em abril representará R$ 48 bilhões em novos investimentos no país, ao longo dos próximos 35 anos. Foram seis dias de disputas na B3, 14 novos contratos de concessão gerados no último mês.

Agenda Econômica

🗓 AGENDA ECONÔMICA 🗓

Hoje saem os PMIs da indústria da Zona do Euro e dos EUA e o ISM americano.

:jp: Feriado do dia da Constituição japonesa
🇬🇧 Feriado Bancário
:de: Variação nas vendas no varejo mensal e anual (03h00)
:de: PMI industrial mensal (04h55)
🇧🇷 IPC-Fipe (05h00)
🇪🇺 PMI industrial mensal (05h00)
🇧🇷 IPC-S semanal (08h00)
🇧🇷 Relatório Boletim Focus (08h25) :star:
🇧🇷 PMI industrial mensal (10h00)
:us: PMI industrial mensal (10h45)
:us: PMI ISM industrial mensal (11h00) :star:
:us: Índice ISM de emprego manufatureiro (11h00)
🇧🇷 Balança comercial semanal (15h00)
Ibovespa e dólar no último pregão:

Ibovespa:  

Referência do mercado brasileiro, o índice encerrou o pregão de sexta 30, em baixa de -0,98%, aos 118.893,84 pontos, na mínima o Ibovespa ficou em 118.926,77 e na máxima 120,12461 pontos. O volume financeiro somou R$ 41,6 bilhões. O Ibovespa fechou em queda perdendo o patamar dos 119 mil pontos pressionado pelo recuo das Bolsas norte-americanas. Dados mostrando uma desaceleração na atividade industrial da China colaboraram para o mau humor do mercado no dia. Na semana, o índice brasileiro perdeu 1,36%. Em abril, no entanto, avançou 1,94%

Maiores altas do Ibovespa

PCAR3: +4,30% a R$ 40,73
RADL3: +3,99% a R$ 26,30
NTCO3: +2,89% a R$ 48,74
TAEE11: +2,08% a R$ 41,80
EMBR3: +1,99% a R$ 15,40

Maiores baixas do Ibovespa

BRKM5: -6,90% a R$ 52,50
AZUL4: -4,21% a R$ 38,50
CVCB3: -4,12% a R$ 23,97
CPFE3: -3,83% a R$ 29,35
GGBR4: -3,40% a R$ 33,22

Dólar    

dólar comercial: encerrou a sexta 30, em alta de 1,79% sendo cotado a R$ 5,432 para venda e a R$ 5,431 para compra, passada a pressão da Ptax e da rolagem dos futuros cambiais, o dólar voltou a subir, após as fortes quedas dos últimos dias. O ajuste do câmbio puxou o ajuste das taxas do DI, que fecharam com viés de alta, mas sem comprometer as expectativas ao Copom da próxima semana.

– Retrospectiva Março: primeiro trimestre fecha com 20 empresas em destaque

Ifix   

IFIX , o índice fechou a sessão de sexta 30, com valorização de 0,43%, aos 2.861,15 pontos. A mínima do dia para o índice foi de 2.849,01 pontos, enquanto a máxima bateu em 2.862,52 pontos. No acumulado de abril o índice registrou alta de 0,51%, já no ano cai 0,29%. A movimentação financeira foi de R$ 249,37 milhões.

Fonte: CNN, CNBC, Infomoney, TC, G1, Agência Brasil e BDM, estadão.

Deixe um comentário