Braskem autoriza alienação da totalidade de ações da companhia

LinkedIn

O Conselho de Administração da Braskem autorizou a alienação em bolsa da totalidade das ações da companhia mantidas em tesouraria que perfazem, nesta data, 902.166 ações preferenciais classe A de emissão da Braskem.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:BRKM5) na sexta-feira (14).

“A destinação dos recursos auferidos será para uso corporativo geral da Companhia, tendo em vista que o artigo 9 da Instrução CVM 567/15 estabelece a obrigação da Companhia de alienar ou cancelar ações mantidas em tesouraria sempre que constatar que foi excedido o saldo de recursos disponíveis, conforme apurado em suas últimas demonstrações contábeis divulgadas”, explica a Braskem.

Segundo a empresa, a companhia tem controle acionário definido e a quantidade de ações a ser alienada é insuficiente para afetar a composição do controle acionário ou a estrutura administrativa da companhia.

Lucro de R$ 2,49 bilhões no 1T21, revertendo prejuízo

Braskem, maior produtora de resinas das Américas, teve lucro líquido de R$ 2,49 bilhões no primeiro trimestre, revertendo o prejuízo de R$ 3,65 bilhões um ano antes, na esteira da melhora dos spreads petroquímicos no Brasil, Estados Unidos, Europa e México, da melhora do resultado financeiro e da monetização de R$ 761 milhões em créditos de PIS e Cofins.

“A esses impactos positivos, se contrapõem, principalmente a variação negativa do capital de giro, principalmente em função do impacto do aumento do preço de resinas e principais químicos no mercado internacional em contas a receber e do impacto do aumento do preço da nafta no custo do produto acabado em estoques”, diz a Braskem que cita ainda o maior pagamento de juros no trimestre, que foi superior ao último trimestre de 2020 por conta do pagamento de juros de bonds emitidos pela companhia em 2020.

receita líquida  avançou 80%, a R$ 22,7 bilhões nos três primeiros meses do ano, na comparação anual, enquanto o resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) recorrente saltou de R$ 1,28 bilhão para R$ 6,94 bilhões.

Deixe um comentário