China: preços para fabricantes sobem 6,8% em abril em base anual, maior alta em três ano

LinkedIn

Os preços na porta de entrada das fábricas da China aumentaram no ritmo mais rápido em mais de três anos em abril, devido ao forte avanço dos custos de metais, petróleo e outros materiais.

O índice de preços ao produtor (IPP, na sigla em inglês) subiu 6,8% em abril em relação ao mesmo mês do ano anterior, acelerando em relação ao aumento de 4,4% de março, informou o Escritório Nacional de Estatísticas da China (NBS) nesta terça-feira em Pequim.

A leitura foi a maior desde outubro de 2017, quando o IPP subiu 6,9%. Também superou o aumento de 6,5% esperado por economistas ouvidos pelo “The Wall Street Journal”.

Os preços para os fabricantes continuam subindo em meio à alta nos preços internacionais das commodities, disse o NBS.

Na comparação mensal, o IPP da China cresceu 0,9% em abril ante março.

O NBS também informou que o índice de preços ao consumidor (IPC) da China subiu 0,9% em abril em base de comparação anual. Em março, houve alta de 0,4% sobre o ano anterior.

O resultado veio em linha com as expectativas dos economistas consultados pelo “The Wall Street Journal”.

Os preços dos alimentos tiveram queda de 0,7% em abril ante o mesmo mês do ano passado, um declínio menor do que o registrado em março. Já os preços de não alimentos aumentaram 1,3% em abril em relação ao ano anterior.

(Informações da Dow Jones Newswire)

Deixe um comentário