Confira as principais manchetes dos jornais desta sexta-feira (14/05/2021)

LinkedIn

Indicadores importantes para medir a força da recuperação econômica nos EUA têm potencial para mexer com os mercados em Nova York: vendas do varejo e produção industrial. Aqui, após a surpresa positiva do IBC-Br, as instituições já disparam revisões em alta para o PIB/1TRI, o que pode influenciar as expectativas para os juros. Hoje, falas de Campos Neto e do diretor de Política Monetária, Bruno Serra, podem avançar em relação à ata do Copom.

Manchetes desta sexta-feira

VALOR
Supremo encerra disputa bilionária sobre ICMS – Com definição do tema, ao menos dez grandes companhias poderão compensar cerca de R$ 42 bilhões em créditos tributários, segundo seus balanços.

Governo ignorou ofertas da Pfizer desde agosto – Gerente-geral da farmacêutica contou à CPI que Carlos Bolsonaro participou de negociações para venda de vacinas ao Brasil.

Mais grave, 2ª onda impacta planos de saúde – Novo cenário já mostrou reflexos nos balanços do primeiro trimestre de NotreDame Intermédica, Hapvida e Bradesco Saúde, que viram as despesas médicas aumentarem.

O GLOBO
País deixou de receber, até março, 4,5 milhões de doses – Informações foram dadas por executivo da empresa Pfizer em depoimento à CPI da Covid.

Afrouxamento de fiscalização ambiental gera reações – Câmara conclui votação de projeto e já há protestos.

Barroso: urna eletrônica é solução, não problema – Em comemoração ao aniversário de 25 anos do equipamento, ministro disse que ele ajudou a superar fraudes eleitorais que aconteciam no país desde República Velha.

ESTADÃO
Depoimento da Pfizer na CPI reforça suspeita de ‘gabinete paralelo’ – Participação de Carlos Bolsonaro e Martins foi intermediada por ex-chefe da Secom; ex-ministros da Saúde já haviam falado em aconselhamento paralelo ao Ministério da Saúde.

Israel amplia ataques a Gaza e chama 9 mil reservistas – Israel usa tropas terrestres contra Gaza, mas sem entrar em enclave palestino.

Usina Angra 3 terá obras retomadas – Está prevista para a próxima semana a abertura de propostas de empresas interessadas na construção; no total, dezoito grupos já visitaram o local das futuras obras, que deverão ser realizadas em duas fases, a partir de junho.

FOLHA
CPI avança e expõe indícios de negligência com vacinas – Representante da farmacêutica americana Pfizer diz que a empresa fez em 2020 ao menos cinco ofertas de vacinas ao Brasil.

Ex-secretário de Cabral nega pagamento a Toffoli – Delação de ex-governador do Rio de Janeiro serviu de base para que a PF pedisse autorização para investigar ministro do STF.

Anvisa aprova uso de tratamento com anticorpos – É o terceiro medicamento aprovado no país contra a doença; uso é restrito a hospitais e indicado para casos leves ou moderados com alto risco de desenvolver quadro grave.

(fonte BDM)

Deixe um comentário