CPI marca sessões para ouvir Wajngarten, Araújo e Pazuello; veja agenda

LinkedIn

A segunda semana de audiências da CPI da Pandemia terá como foco as vacinas, com a fala de pessoas envolvidas no processo de aquisição de imunizantes, como o ex-secretário de Comunicação da Presidência, Fabio Wajngarten, e o ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo.

Além dos dois governistas, a CPI vai escutar dois representantes da Pfizer no Brasil: Marta Diez, presidente da Pfizer Brasil que assumiu o cargo em 2021 e seu antecessor, Carlos Murillo. Os dois devem realizar a audiência em conjunto.

Além do cronograma da próxima semana, um depoimento está marcado para a terceira semana de audiências na comissão: o do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello. A fala do general estava marcada para esta terça-feira (4), porém ele alegou ter tido contato com pessoas que deram positivo para a Covid-19 e não poderia comparecer ao Senado no dia marcado.

Confira abaixo as próximas dez audiências já programadas para acontecer na CPI da Pandemia:

Terça-feira (11)

Antonio Barra Torres, diretor-presidente da Anvisa

Quarta-feira (12)

Fabio Wajngarten, ex-secretário de Comunicação da Presidência

Quinta-feira (13)

Marta Diez, presidente da Pfizer Brasil
Carlos Murillo, ex-presidente da Pfizer no Brasil
Ernesto Araújo, ex-ministro das Relações Exteriores
Fernando Marques, presidente da União Química, representante da vacina Sputnik V no Brasil

Quarta-feira (19)

Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde

Sem data definida

Nísia Trindade, presidente da Fiocruz
Dimas Covas, diretor-presidente do Instituto Butantan
Marcellus Campêlo, secretário de Saúde do Amazonas

Deixe um comentário