SLC Agrícola (SLCE3): lucro líquido de R$ 376,8 milhões no 1T21, crescimento de 140,9%

LinkedIn

A SLC Agrícola, uma das maiores empresas produtoras de grãos e fibras do país, registrou lucro líquido de R$ 376,8 milhões no primeiro trimestre de 2021, avanço de 140,9% frente ao mesmo período do ano anterior.

O resultado foi puxado pelo aumento do valor dos ativos biológicos de soja, em meio a preços mais altos das commodities agrícolas.

“A variação é explicada notadamente devido a preços e produtividades superiores à safra anterior, ou seja, expectativa de melhores margens para a safra 2020/21 versus a safra 2019/20”, disse a SLC em seu release de resultados.

O ebtida – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado no trimestre atingiu R$ 272,5 milhões, um crescimento de 40,1%. A margem Ebitda ajustada encerrou o período em 32,9%, um avanço de 4 pontos percentuais.

A receita líquida da companha no trimestre cresceu 30,8%, para R$ 827,4 milhões, com forte contribuição do faturamento com vendas de algodão – soja e milho apresentaram receitas menores no período.

Apenas levando em conta a receita líquida com o algodão em pluma, o aumento no período foi de 57,6%, para R$ 388,8 milhões. Para o caroço de algodão, o aumento na receita foi de 68,2%, para R$ 35,1 milhões.

Para a soja, a receita no período foi de R$ 495,8 milhões, e crescimento de 21,8%.

Para o milho, a receita com a comercialização recuou 88,3%, para R$ 2,8 milhões. No mesmo período de 2020, foram R$ 24,4 milhões.

A SLC ainda disse que encerrou a safra 2020/2021 com recorde de produtividade na cultura da soja pelo quarto ano consecutivo. A produtividade da soja foi de 3.970 kg/ha, versus 3.906 kg/ha em 2019/20, 5,7% superior ao projeto inicial e 12,7% superior à média nacional.

Mesmo diante do cenário otimista, o fluxo de caixa livre da companhia ficou negativo em 173,7 milhões no primeiro trimestre.

Segundo a empresa, o movimento ocorreu basicamente em razão do aumento da necessidade de capital de giro, devido ao pagamento de insumos para a safra 2020/21, — movimento considerado natural, segundo a SLC.

Com isso, a dívida líquida ajustada encerrou o primeiro trimestre de 2021 em R$ 918 milhões, aumento de R$ 209,5 milhões em relação ao quarto trimestre do ano passado. A relação dívida líquida/ Ebitda é atualmente de 0,87 vez.

Os resultados da SLC Agrícola (BOV:SLCE3) referente suas operações do primeiro trimestre de 2021 foram divulgados no dia 12/05/2021. Confira o Press Release completo!

Deixe um comentário