Tim (TIMS3): lucro líquido de R$ 277 milhões no primeiro trimestre, crescimento de 57,9%

LinkedIn

A TIM divulgou lucro líquido de R$ 277 milhões no primeiro trimestre de 2021, uma alta de 57,9% sobre o lucro líquido de RS 175 milhões que registrou no mesmo período de 2020.

O Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – alcançou R$ 2,02 bilhões, em alta de 4,5% sobre o Ebitda de R$ 1,93 bilhão registrado no primeiro trimestre de 2020.

O resultado financeiro líquido da operadora ficou negativo em R$ 225 milhões, uma melhora em relação ao resultado financeiro negativo de R$ 251 milhões do primeiro trimestre de 2020.

A receita líquida da empresade telecomunicações no primeiro trimestre de 2021 alcançou R$ 4,34 bilhões, em alta de 3,0% sobre o resultado de um ano antes.

De acordo com a empresa, o indicador confirma a trajetória de recuperação observada desde o terceiro trimestre de 2020. “Essa melhora foi limitada parcialmente por impactos concentrados no mês de março, devido à nova onda da pandemia de covid-19”, diz a TIM.

A receita líquida de serviços avançou 3,3% na comparação anual, para R$ 4,448 bilhões. “Todos os componentes de serviços contribuíram positivamente para essa aceleração”, diz a companhia. A receita de serviço móvel cresceu 2,8% para R$ 3,947 bilhões, enquanto a de serviço fixo avançou 12%, para R$ 281 milhões.

A receita média por usuário (arpu) móvel aumentou 6,6% no primeiro trimestre, para R$ 25,50. A base móvel de clientes caiu 2,1%, para 51,728 milhões, enquanto a base de clientes Live cresceu 13,3% para 662 mil. A receita da TIM Live avançou 20,4% no trimestre.

Já a receita líquida de produtos interrompeu sua trajetória de recuperação, registrando queda de 10,1% na comparação anual, para R$ 112 milhões. Segundo a TIM, foi a linha mais afetada pelo fechamento de pontos de venda e redução da circulação de pessoas, por conta da pandemia.

Os investimentos (capex) totalizaram R$ 1,3 bilhão, alta de 46,5% na comparação anual, com a retomada de projetos em 2020 e o início da preparação para recebimento dos ativos da Oi Móvel. O Opex (despesas operacionais e investimento em manutenção de equipamentos) permanece sob controle, com queda de 34,5% na provisão para devedores duvidoso (PDD) na comparação entre os primeiros trimestres de 2020 e 2021.

Os resultados da TIM (BOV:TIMS3) referentes às suas operações do primeiro trimestre de 2021 foram divulgados no dia 05/05/2021. Confira o Press release na íntegra!

Teleconferência

A TIM Brasil vendeu 51% da FiberCo, que reúne seus ativos de fibra óptica, por R$ 1,63 bilhão – e não por R$ 2,6 bilhões. Do montante a ser desembolsado pela compradora, a multinacional IHS, R$ 609 milhões ficarão no caixa da FiberCo e R$ 1,026 bilhão irão para a TIM Brasil.

Em teleconferência com analistas para detalhar os resultados do primeiro trimestre, o presidente-executivo da TIM Brasil, Pietro Labriola, disse que a FiberCo pretende alcançar em quatro anos um total de 8,9 milhões de lares, os quais passariam a poder contratar o serviço de FTTH (sigla em inglês para fibra até a casa do cliente) da operadora.

Em coletiva de imprensa realizada posteriormente, pela web, o vice-presidente de assuntos regulatórios e institucionais da TIM Brasil, Mario Girasole, informou que a operadora deve entrar na próxima semana com um pedido de anuência prévia para a FiberCo junto à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

“Já conversamos com a agência. Não é uma operação, digamos, com complexidades regulatórias de algum tipo e, portanto, esperamos que isso possa ter um rápido rito de aprovação”, comentou ele.

Girasole espera a aprovação ainda este ano por órgãos regulatórios e concorrenciais da operação de compra de ativos móveis da Oi.

“Essas terceiras partes […] não estão questionando a operação. Elas estão questionando eventuais ajustes”, sustentou o executivo, referindo-se aos questionamentos apresentados por empresas e associações junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). “Não está sendo colocada uma alternativa porque não tem uma alternativa”, acrescentou.

“Por enquanto, nós não vimos a entrada de nenhuma surpresa. Era tudo que nós estávamos imaginando”, disse Pietro Labriola, que também participou do evento virtual.

VISÃO DO MERCADO

BTG Pactual 

A receita de serviço cresceu 3,3% a/a no trimestre, o melhor resultado em mais de dois anos e em linha com nossa projeção e com o consenso. As receitas de serviço móvel totalizaram R$ 3,9 bilhões no trimestre, crescendo 2,8% a/a, enquanto as receitas de telefonia fixa aumentaram 12,1% a/a. O Ebtida ajustado da TIM cresceu 4,5% a/a, atingindo R$ 2 bilhões, com margens expandindo 0,7p.p para 46,6%. O Capex totalizou 1,3 bilhão no 1T21, 46,5% a/a provavelmente explicado pela retomada dos investimentos que foram interrompidos poor causa da pandemia. Além disso, a operadora começou a preparar sua infraestrutura para a integração do Oi Mobile.

A TIM está negociando com um valuation muito atraente de 3,8x EV/Ebtida 2021E, embora o setor no Brasil esteja passando por uma transformação saudável. No caso da Tim, acreditamos que a empresa é a mais beneficiada com a aquisição da Oi Mobile.

BTG Pactual tem recomendação de compra com preço-alvo de R$ 20,00…

Deixe um comentário