Bom dia ADVFN - Payroll dos EUA pode definir o rumo da política monetária do FED

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor!  04 de Junho de 2021, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Bolsas mundiais: os futuros americanos se mantêm estáveis e bolsas europeias têm leves altas à espera de dados de emprego (payroll) nos EUA.

Na Ásia, os mercados fecharam com resultados variados, após o banco central da Índia manter suas taxas de juros estáveis. O Hang Seng Index fechou com queda de 0,17%, em 28.918,10 pontos; na China continental o Shanghai composto subiu 0,21%, enquanto que o componente Shenzhen subiu 0,744%; o Nikkei, do Japão, caiu 0,4%; o Kospi, da Coreia do Sul, recuou 0,23%. Na China, os mercados resistiram à ordem de oferta que altera a proibição de investimentos dos EUA em empresas chinesas. O pedido nomeou 59 empresas com laços com militares da China ou na indústria de vigilância, incluindo a Huawei Technologies, a maior fornecedora de equipamentos para redes e telecomunicações do mundo.

Na Europa, os índices europeus operam com cautela. Investidores aguardam a divulgação do relatório de empregos do governo americano. O índice Eurostoxx, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, sobe 0,1% no momento.

Nos Estados Unidosos índices futuros americanos se mantêm estáveis no momento, à espera da divulgação do relatório de empregos relativo a maio nos Estados Unidos. Na quinta-feira, os principais índices americanos fecharam em baixas. O bom desempenho de ações associadas à retomada da economia foi parcialmente ofuscado pela queda de ações do setor de tecnologia, muitas das quais se saíram bem durante a pandemia. O Dow Jones chegou a perder 265 pontos, mas fechou com queda de 23 pontos; o S&P perdeu quase 0,4%; e o Nasdaq perdeu mais de 1%, pressionado pelo mau desempenho de Alphabet, dona do Google, Amazon, Apple, Facebook e Netflix. O Departamento de Emprego americano deve divulgar ainda nesta sexta seu relatório de empregos. A expectativa de economistas ouvidos pela Dow Jones é de que sejam 671 mil vagas tenham sido criadas em maio. Em abril, foram adicionados 266 mil empregos. O Fed espera a criação de 760 mil empregos em maio. Caso o patamar de criação de empregos fique muito abaixo da expectativa, a exemplo do que ocorreu em abril, o Fed pode alterar a sua política de compra de títulos até o ano que vem. O relatório da ADP relativo à criação de empregos no setor privado contabilizou 978 mil contratações em maio, frente a 654 mil em abril, no melhor desempenho desde junho de 2020. Economistas ouvidos pela Dow Jones esperavam adição de 680 mil vagas. Na quinta-feira, “ações-meme” continuaram a passar por grandes oscilações de preços, em especial a operadora de rede de cinemas AMC Entertainment, que vem sendo foco de compras coordenadas de ações por usuários da rede de fóruns on-line Reddit. O ouro permaneceu em baixa, a alta do petróleo foi interrompida e o Bitcoin caiu após um novo tweet enigmático de Elon Musk.

==> Acompanhe os mercados mundiais pela ADVFN (aqui)

Os futuros internacionais de petróleo WTI (NYMEX:CLM21) estão sendo negociados a US$ 69,16, com alta de 0,51%. O Brent (NYMEX:BZ) opera em alta de 0,48%, negociado a US$ 71,65.

Bitcoin (COIN:BTCUSD) é negociado a US$ 36.010,09 (-6,06%). O ouro (COMEX:GCM21) é negociado a US$ 1.872,85 por onça-troy (-0,02%).

⇒ Bitcoin – Acompanhe o Mundo Cripto na ADVFN

Minério de ferro: Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com queda de 1,85%, cotados a 1168,5 iuanes, equivalente hoje a US$ 182,29 (nas últimas 24 horas).

Coronavírus

governo dos Estados Unidos anunciou na quinta-feira (3) os detalhes de seu plano para compartilhar pelo menos 80 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 com o resto do mundo até o final de junho, incluindo um plano específico para as primeiras 25 milhões de doses. O Brasil será beneficiado por meio de doses recebidas através do consórcio internacional Covax Facility, aliança internacional coordenada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para acelerar o desenvolvimento e a produção de vacinas contra o novo coronavírus e garantir o acesso igualitário aos imunizantes.

O mundo registra 171.832.061 de casos de coronavírus e 3.579.061 mortes, confirmadas pela Universidade Johns Hopkins.

Painel Vacinas Covid-19 Brasil:  Doses Distribuídas pela União: 102.915.464. Doses aplicadas: 65.738.821.

Brasil registrou 1.682 óbitos provocados pela Covid-19 nas últimas 24 horas, em balanço divulgado pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) na quinta-feira (3). Com a atualização, o país passa a ter 469.388 vítimas do coronavírus desde o início da pandemia. Também foram confirmados 83.391 novos casos da doença no período, totalizando 16.803.472.

As taxas de ocupação de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) por pacientes com Covid-19 estão em alta. Levantamento mostra que 19 estados e o Distrito Federal permanecem com taxas de ocupação acima de 80%. Entre as capitais, pelo menos 13 cidades operam com ocupação acima de 80%, duas delas, Curitiba (PR) e Teresina (PI), atingiram o limite máximo da capacidade. As cidades de Aracaju (SE), Boa Vista (RR) e Campo Grande (MS) não possuem dados atualizados para os leitos de UTI.

Com o número de casos de pacientes infectados pelo novo coronavírus voltando a crescer dia após dia e hospitais praticamente lotados em quase todo o estado, o Mato Grosso do Sul começou a transferir pacientes da covid-19 para outras unidades da federação.

Brasil

A diretoria colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) discute a possibilidade de dar aval, nesta sexta-feira (4), aos pedidos de importação das vacinas Covaxin, da Índia, e Sputnik V, da Rússia, mas com restrições para o uso dos imunizantes no país. Diferentemente do que aconteceu anteriormente, quando a importação das vacinas foi rejeitada pela Anvisa, desta vez ainda não há consenso entre os diretores. É neste cenário que o órgão passou a discutir a possibilidade de aprovar o desembarque da Covaxin e Sputnik e, ao mesmo tempo, impor regras para que elas não sejam usadas de forma indiscriminada entre os brasileiros.

Poderes

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na quinta-feira, 3, em transmissão nas suas redes sociais, que o País vive a maior crise hidrológica de sua história. “Não se tem notícia de quando é que passamos tanto tempo sem chover no Brasil”, afirmou o presidente. Ao comentar a crise, o presidente colocou como alternativas para lidar com o problema energético do País a utilização de tetos solares e outras formas de armazenar energia. “O Brasil tem um potencial enorme”, afirmou o presidente, defendendo que o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes, tem trabalhado na busca de soluções para a área. Ao citar Pontes, Bolsonaro também afirmou que o ministro tem trabalhado “na vacina brasileira”, citando o acordo para transferência de tecnologia assinado na terça-feira com a AstraZeneca. “Daqui a poucos meses estaremos produzindo em todas as suas etapas a vacina contra o covid”, afirmou o presidente, citando o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello como um dos responsáveis pelas tratativas que começaram o acordo com a farmacêutica. Bolsonaro voltou a defender o ex-ministro da Saúde, afirmando que sua saída se deu porque Pazuello chegou “no limite” dele, sendo necessário colocar alguém “mais técnico” para assumir a Pasta.

O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou nota de repúdio ao tratamento dado aos médicos por alguns senadores durante os depoimentos na CPI da Pandemia. De acordo com o documento, “o CFM, em nome dos mais 530 mil médicos brasileiros, vem publicamente manifestar sua indignação quanto às manifestações que revelam ausência de civilidade e respeito no trato de senadores com relação a depoentes e convidados médicos no âmbito da comissão parlamentar de inquérito”. E continua: “Os médicos brasileiros têm se desdobrado na linha de frente contra a Covid-19. Graças a eles e às equipes de saúde, milhões de pessoas conseguiram recuperar a sua saúde e hoje estão em casa com suas famílias e amigos. Essa atuação tem ocorrido com dedicação e empenho e, muitas vezes, sem condições de trabalho.” “É com eles que o CFM se solidariza nessas críticas. A classe lamenta que esses médicos chamados a depor estejam sendo submetidos a situações de constrangimento e humilhação. Ao comparecer na CPI da Pandemia, qualquer depoente ou testemunha tem garantido seus direitos constitucionais, não sendo admissíveis ataques a sua honra e dignidade por meio de afirmações vexatórias.”

Justiça

O Comandante do Exército, general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, considerou que a presença do ex-ministro da Saúde, general da ativa Eduardo Pazuello, em ato político no Rio de Janeiro no fim de maio não configurou prática de transgressão disciplinar e decidiu arquivar o procedimento administrativo contra o colega, informou nota do Exército na quinta-feira 3.

Economia

Câmara aprova aumento da CSLL. Foi aprovado, por 404 a 13 votos, o parecer do relator Moses Rodrigues (MDB-CE) à MP da CSLL, que eleva de 20% para 25%, até 31 de dezembro de 2021, a alíquota da CSLL cobrada dos bancos.

Stellantis, conglomerado que controla a Peugeot, Opel, Jeep, Fiat e Citroën, indicou que trará ao Brasil, ainda em 2021, carros elétricos da companhia. A ideia da companhia é trazer, além do Fiat 500 elétrico e do Peugeot 208 e-GT, modelos elétricos da Jeep Compass e da Citroën, provavelmente o ë-C4 (elétrico do conhecido C4). Nesta semana, o CEO da Stellantis, Antonio Filosa, disse que o processo de eletrificação está crescendo no mundo, principalmente na Ásia e na Europa. No Brasil, a companhia deve importar carros elétricos aos poucos e ir tateando o mercado nacional para entender o processo de acolhimento dos consumidores.

Agenda Econômica

Com o payroll na agenda de hoje, EUA testam o timing do tapering; as bolsas em NY fecharam ontem no negativo. O Nasdaq (-1,03%, a 13.614 pontos) foi especialmente pressionado pela alta do juro da Note de dez anos, que voltou a superar o patamar de 1,60%, valendo 1,626% (contra 1,590% no pregão anterior). O Dow Jones fechou estável (-0,07%, a 34.557 pontos) e o S&P 500 caiu 0,36%, para 4.192 pontos. Uma rodada de indicadores fortes explicou o impulso dos rendimentos dos Treasuries. A ADP apontou geração de 978 mil vagas de emprego em maio, bem acima da previsão de 680 mil, o auxílio-desemprego semanal caiu para 385 mil (aposta era de 393 mil), o PMI/Markit de serviços subiu ao recorde histórico de 70,4 em maio e o mesmo dado, medido pelo ISM, avançou de 62,7 em abril para 64,0 no mês passado.


🇪🇺 Variação das vendas no varejo mensal e anual (06h00)
🇧🇷 Vendas de veículo Fenabreve (09h00)
:us: Relatório de emprego Payroll não-agrícola mensal (09h30) :star:
:us: Taxa de desemprego mensal (09h30) :star:
:us: Quantidade média de horas trabalhadas por semana (09h30)
🇧🇷 PMI composto e de serviço mensal (10h00)
:us: Variação de ganhos salariais por hora anual e mensal (10h30) :star:
:us: Variação nas encomendas à indústria mensal e anual (11h00)
:us: Contagem de Sondas Baker Hughes (15h00)
Ibovespa e dólar no último pregão:

Ibovespa:  

Referência do mercado brasileiro, o índice encerrou o dia 2 na máxima, registrando novo recorde histórico com alta de  1,04% aos 129.601,44 pontos, na mínima o Ibovespa ficou em 128.166,64 pontos. O volume financeiro somou R$ 46,2 bilhões. O Ibovespa cravou o sexto pregão consecutivo no azul, o índice brasileiro foi favorecido na sessão pelo viés positivo das commodities no exterior, impulsionando os papéis da Petrobras e Vale.

Maiores altas do Ibovespa

PETR3: +4,96% a R$ 28,58
BRKM5: +4,82% a R$ 55,92
BRFS3: +4,11% a R$ 29,38
BBDC4: +3,92% a R$ 28,12
VVAR3: +3,68% a R$ 14,35

Maiores baixas do Ibovespa

B3SA3: -3,90% a R$ 17,01
SULA11: -3,35% a R$ 33,79
LWSA3: -3,16% a R$ 23,93
USIM5: -2,78% a R$ 19,59
ENEV3: -2,47% a R$ 17,79

Dólar    

dólar comercial: encerrou a quarta-feira 2, em baixa  de -1,20% sendo cotado a R$ 5,084 para venda e a R$ 5,084 para compra, menor valor desde meados de dezembro em meio ao otimismo doméstico com a economia e com a entrada de fluxo estrangeiro. Lá fora, a moeda norte-americana perdeu força após a divulgação do Livro Bege pelo Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos).

relatório do Fed sobre as condições da economia dos Estados Unidos, que avaliou a situação da economia do início de abril até o final de maio, mostrou uma expansão em ritmo moderado no período, com uma taxa de crescimento mais rápida do que a observada no relatório anterior. Segundo o documento, a economia norte-americana deve crescer em ritmo sólido nos próximos meses como reflexo do avanço da vacinação contra a covid-19 nos país e o relaxamento de regras de distanciamento.

Juros

Na quarta 2, o mercado de juros ficou mais bem-comportado do que vinha sendo. Em alta desde a sexta passada, as taxas mais curtas da curva futura deram uma estabilizada. Refletindo com maior precisão as expectativas dos fazedores de preço sobre os rumos da Selic, taxas de contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2023 foram de 6,77% a 6,70%;

Já no longo prazo, o movimento de refresco na inclinação da curva teve continuidade. Em linha com o risco fiscal deixado meio de lado, mas também com a rota de calmaria dos últimos dias nos títulos de dívida de longo prazo do governo americano. Para 2031, taxas cederam de 9,00% para 8,91%.

Ifix   

Veja o fechamento do último pregão: 

🏢 IFIX: +0,37% / 2.821 pts

*** Aqui estão todas as carteiras de Fundos Imobiliários para o mês de junho de 2021 ***

Fonte: CNN, CNBC, Infomoney, TC, G1, Agência Brasil e BDM, estadão.

Deixe um comentário