Gol anuncia aumento de oferta de voos para o mês de junho e retoma abertura de 7 bases aéreas regionais

LinkedIn

Após adequações em sua malha aérea de abril e maio devido ao agravamento da pandemia, a Gol Linhas Aéreas (BOV:GOLL4) anunciou o aumento da oferta de voos para o mês de junho, em razão da expectativa de acréscimo da demanda por viagens durante a alta temporada de inverno. No total, serão 300 voos diários, um incremento de 36% em relação a maio – número que, em etapas, chegará a 400 decolagens ao dia no final do mês. São mais de 54 mil assentos disponibilizados diariamente.

Em nota, a companhia informa que os cinco hubs da Gol reassumem a conectividade para todo o País, enquanto as bases regionais se comunicam com o aeroporto internacional de Guarulhos, facilitando o acesso dos Clientes a outras regiões. Juntas, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Fortaleza e Salvador retomam, em junho, o papel de pilar de conectividade da companhia, respondendo por 62% da sua capacidade de decolagens previstas para o mês.

Além disso, a GOL reabre em junho 7 bases aéreas regionais que estavam temporariamente suspensas: Caldas Novas (GO), Campina Grande (PB), Caxias do Sul (RS), Londrina (PR), Montes Claros (MG), Sinop (MT) e Uberlândia (MG). Todas essas localidades passam a conectar com o aeroporto internacional de Guarulhos (GRU). Uberlândia também dispõe de voos para Brasília.

Dentre os hubs, o RIOgaleão passa a contar com novos voos da GOL para 7 capitais do Nordeste: Aracaju, Fortaleza, João Pessoa, Maceió, Natal, Recife e Salvador. O aeroporto carioca também ganha nova oferta de decolagens para o Sul e Sudeste, em destinos como Belo Horizonte, Curitiba, Foz do Iguaçu, Florianópolis, Navegantes e Porto Alegre.

No hub de Fortaleza, por sua vez, a ampliação de voos sem escalas se dá principalmente para o aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, além de nova oferta para Salvador, Recife, Manaus, São Luís e Rio de Janeiro.

Já na capital baiana, até meados de junho, a companhia volta a oferecer voos diretos para 7 capitais em 4 regiões do Brasil: Goiânia, João Pessoa, Natal, Palmas, Porto Alegre, São Luís e Teresina. Haverá ainda, em Salvador, mais opções de decolagens para 15 destinos atendidos atualmente: Aracaju, Porto Seguro, Ilhéus, Maceió, Vitória da Conquista, Brasília, São Paulo (Congonhas e Guarulhos), Belo Horizonte, Fortaleza, Rio de Janeiro (Santos Dumont e RIOgaleão), Recife, Campinas e Vitória. A previsão é ampliar de 14 para 20, em junho, o número de decolagens diárias para essas cidades.

Prejuízo líquido de R$ 2,5 bilhões no primeiro trimestre

Gol Linhas Aéreas teve prejuízo líquido de R$ 2,505 bilhões no primeiro trimestre deste ano, antes da participação minoritária, um aumento de 10,8% ante o mesmo período de 2020.

receita operacional líquida caiu 50,2% no período, para R$ 1,567 bilhão.

A receita de transporte de passageiros caiu 51,8%, para R$ 1,4 bilhão. A receita de transporte de carga apresentou queda de 26,7%, para R$ 151 milhões.

Ebitda – juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado somou R$ 353,8 milhões no trimestre, queda de 75,4% na comparação anual. A margem Ebitda, que foi positiva em 45,7% no 1TRI do ano passado, ficou negativa em 4,6% nos primeiros três meses de 2021.

Informações Broadcast

Deixe um comentário