Ser Educacional: Fitch Ratings afirmou o rating nacional de longo prazo AA-(bra), com perspectiva Estável

LinkedIn

A Fitch Ratings afirmou hoje o rating nacional de longo prazo “AA-(bra)” da Ser Educacional (Ser) e de sua segunda emissão de debêntures. A Perspectiva do rating corporativo é Estável.

O comunicado feito pela empresa (BOV:SEER3), nesta quinta-feira (17).

Segundo a Ser, o rating “reflete a sua mediana escala de negócios no setor de educação superior, apesar do forte posicionamento de suas marcas nas regiões Norte e Nordeste do país”.

“A classificação incorpora, ainda, a expectativa de crescimento gradual da base de alunos e da geração operacional de caixa, embora o cenário de elevada competição e os desafios trazidos para o setor a partir do início da pandemia possam prejudicar o desempenho esperado”, analisa a agência. “A empresa deve manter adequada liquidez, beneficiada por fluxos de caixa livres (FCFs) positivos nos próximos anos, e alavancagem financeira líquida limitada a 2,0 vezes, aliadas a um cronograma de amortização da dívida gerenciável”, ressalta.

Lucro líquido de R$ 30 milhões no 1T21, alta de 79,3%

Ser Educacional registrou lucro líquido de R$ 30,068 milhões no primeiro trimestre deste ano, alcançando alta de 79,3% na comparação com o mesmo período do ano passado. O lucro líquido ajustado, por sua vez, ficou em R$ 36,221 milhões, alta de 23% em um ano.

receita líquida do trimestre foi de R$ 306,724 milhões, praticamente estável (-0,06%) ante o mesmo período do ano anterior.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – somou R$ 82,927 milhões, queda de 1,4% na comparação anual. No critério ajustado, o indicador atingiu R$ 67,863 milhões, redução de 12,6% ante o mesmo intervalo de 2020.

Deixe um comentário