BRF anuncia investimento de US$ 2,5 milhões em rodada de investimento na israelense Aleph Farms

LinkedIn

A BRF participou na rodada de investimentos (Série B) promovida pela Aleph Farms, startup israelense que desenvolve proteínas em laboratório a partir das células animais, no montante de US$2.500.000,00 (dois milhões e quinhentos mil dólares norte-americanos).

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:BRFS3) nesta quarta-feira (07). Confira o documento na íntegra.

Em conexão com este aporte e o capital alocado por outros investidores, os recursos desta captação serão destinados à comercialização global em larga escala dos produtos feitos a partir de carne cultivada, assim como expansão do portfolio da startup.

Em consonância com o seu plano “Visão 2030” apresentado em 8 de dezembro de 2020, no qual uma das avenidas de crescimento mencionadas é a produção de “substitutos de carne”, a participação na Aleph Farms é o primeiro investimento em forma de venture capital feito pela Companhia e marca sua participação em iniciativa sustentável pioneira na cadeia global de alimentos.

Com esse movimento, a Companhia avança em seu plano de atender à crescente demanda dos consumidores por novas e alternativas fontes de proteína, trazendo tecnologias inovadoras para o Brasil, em linha com seus compromissos de sustentabilidade, inovação e segurança alimentar.

A BRF pretende divulgar os resultados do 2T21 no dia 12 de agosto.

Lucro líquido de R$ 22 milhões no 1T21, revertendo prejuízo

A BRF, dona de Sadia e Perdigão, reportou ontem um lucro líquido de R$ 22 milhões no primeiro trimestre, mas os indicadores demonstraram os desafios de repassar o aumento de custos para o consumidor final. Nos três primeiros meses de 2020, a empresa divulgou prejuízo de R$ 38 milhões.

A disparada do preço dos grãos começou a afetar os resultados da BRF de modo mais notável, pressionando as margens da empresa.

Segundo a companhia, o trimestre ainda foi impactado por gastos associados ao combate dos efeitos da Covid-19, que foram de R$ 80 milhões. Excluindo-se esses impactos, haveria um lucro líquido de R$ 103 milhões.

Deixe um comentário