Confira a agenda econômica da semana (26 a 30 de Julho): Caged, Penad, balanço, Fed e PIB…

LinkedIn

O destaque da agenda da próxima semana será a decisão de política monetária do Federal Reserve e a entrevista do seu presidente, Jerome Powell, na quarta-feira. O Fed não vai mexer nos juros, mas deve dar início à discussão sobre a redução das recompras de títulos, o chamado “tapering”, o que preocupa os investidores, boa parte da alta das bolsas é reflexo do grande volume de recursos injetado nos mercados pelos bancos centrais.

Outros dados importantes serão o PIB do segundo trimestre dos EUA na quinta-feira, que deve desacelerar bem, e a inflação do gasto pessoal, o PCE, índice usado pelo Fed em suas metas, na sexta-feira. Antes, na terça-feira, saem os Pedidos de Bens Duráveis e a Confiança do Consumidor americano. Na Zona do Euro, serão conhecidos o PIB do segundo trimestre, a taxa de desemprego de junho e a prévia da inflação ao consumidor de julho. Na China, na segunda à noite, saem os Lucros Totais da Indústria.

Enquanto ao Brasil, a agenda será carregada, com contas externas, operações de crédito e resultado do governo central de junho e dados de emprego do Caged de junho e da Pnad Contínua de maio. Sairá ainda o IGP-M de julho. A Aneel definirá a bandeira tarifária de agosto.

Também serão divulgados balanços importantes, com Vale, Ambev, Klabin, Usiminas, Santander Brasil, CSN, Telefônica e Localiza. Nos EUA, as empresas de tecnologia divulgarão seus balanços, com Apple, Gooble/Alphabet, Microsoft, Amazon, Facebook, e grandes companhias como Berkshire, Procter&Gamble, Exxon Chevron, Pfizer, Paypall e Tesla. Fique de olho…

Calendário Semanal

  • Segunda-feira (26/07/2021)

🇩🇪 Índice Ifo de clima de negócio (05h00)
🇧🇷 Sondagem do consumidor FGV mensal (08h00)
🇧🇷 Relatório Boletim Focus (08h25) ⭐️
🇺🇸 Vendas de casas novas mensal (11h00)⭐️
🇺🇸 Índice de atividade industrial Fed Dallas mensal (11h30)
🇧🇷 Balança Comercial semanal (15h00)
🇨🇳 Lucro industrial anual (22h30)

  • Terça-feira (27/07/2021)

🇧🇷 Índice IPC- Fipe (05h00)
🇧🇷 INCC-M mensal (08h00)
🇺🇸 Variação nos pedidos de bens duráveis mensal (09h30)
🇧🇷 Investimento estrangeiro direto mensal (09h30) ⭐️
🇧🇷 Transações correntes mensal (09h30)
🇺🇸 FMI – atualização de projeções globais (10h00)
🇺🇸 Sondagem industrial do Fed Richmond mensal (11h00)
🇺🇸 Confiança do consumidor mensal CB (11h00) ⭐️
🇺🇸 Variação de estoques de petróleo API (17h30)

  • Quarta-feira (28/07/2021)

🇩🇪 Índice GfK de confiança do consumidor mensal (03h00)
🇧🇷 Índice de preços ao produtor mensal e anual (09h00)
🇧🇷 Taxa de inadimplência recursos livres mensal (09h30)
🇧🇷 Variação do estoques de crédito total mensal (09h00)
🇺🇸 Estoques no atacado mensal (09h30)
🇺🇸 Variação de estoques de petróleo EIA (11h30)⭐️
🇧🇷 Relatório mensal da dívida pública do Tesouro Nacional (14h30)
🇧🇷 Fluxo cambial mensal (14h30)
🇧🇷 Registro Caged mensal (15h00)⭐️
🇺🇸 Federal Reserve – Taxa Fed Funds (15h00)⭐️
🇺🇸 Federal Reserve – Coletiva pós-FOMC do presidente Jerome Powell (15h30)⭐️

  • Quinta-feira (29/07/2021)

🇩🇪 Taxa de desemprego mensal (04h55)
🇪🇺 Confiança do consumidor mensal (06h00)
🇧🇷 Índice IGP-M mensal (08h00)
🇩🇪 Índice de preços ao consumidor mensal e anual (09h00)
🇺🇸 Pedidos de seguro-desemprego semanal (09h30) ⭐️
🇺🇸 Variação do PIB trimestral (09h30)
🇺🇸 Núcleo do índice de preço do PCE trimestral (09h30)
🇧🇷 Resultado primário do Governo Central (14h30)
🇯🇵 Taxa de desemprego mensal (20h30)
🇯🇵 Produção industrial mensal e anual (20h50)
🇯🇵 Variação das vendas no varejo mensal e anual (20h50)

  • Sexta-feira (30/07/2021)

🇩🇪 Variação do PIB trimestral e anual (03h00)
🇪🇺 Índice de preços ao consumidor mensal e anual (06h00)
🇪🇺 Variação do PIB trimestral e anual (06h00) ⭐️
🇪🇺 Taxa de desemprego mensal (06h00)
🇧🇷 Pesquisa PNAD contínua mensal (09h00)⭐️
🇧🇷 Resultados primário do setor público e consolidado mensal (09h30)
🇧🇷 Relação da dívida líquida e bruta/PIB mensal (09h30)
🇧🇷 Relação nominal do setor público consolidado mensal (09h30) ⭐️
🇺🇸 Gastos e renda pessoal mensal (09h30)
🇺🇸 Índice de preços do PCE mensal e anual (09h30)
🇺🇸 PMI Chicago mensal (10h45) ⭐️
🇺🇸 Pesquisa de condições de negócio U. de Michigan mensal (11h00)
🇺🇸 Confiança do consumidor de Michigan mensal (11h00)
🇺🇸 Contagem de Sondas Baker Hughes (15h00)
🇨🇳 PMI industrial NBS mensal (22h00)
🇨🇳 PMI não-manufatura NBS mensal (22h00)

Resumo do que passou…

⭐️ –  Confira tudo que aconteceu dia a dia no melhor resumo diário dos indicadores econômicos do Brasil e do mundo

Brasil

O Brasil teve poucos indicadores na ultima semana, em destaque o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,87% na segunda quadrissemana de julho, após ter registrado ganho de 0,86% na primeira quadrissemana deste mês, segundo dados publicados nesta segunda-feira pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Na segunda leitura de julho, quatro dos sete componentes do IPC-Fipe ganharam força: Alimentação (de 0,40% na primeira quadrissemana para 0,81% na segunda quadrissemana); Educação (de 0,24% para 0,28%); Saúde (de 0,64% para 0,65%); e Vestuário (de 0,51% para 0,55%).

Os economistas ouvidos pelo Banco Central (BC) revisaram a previsão da taxa básica de juros ao fim deste ano em alta pela segunda semana seguida, passando de 6,63% para 6,75%. Há um mês, a projeção para a taxa Selic ao fim de 2021 era de 6,50% ao ano.

Para 2022, a previsão para a Selic foi mantida em 7,00% ao ano, depois de duas revisões seguidas em alta. Há um mês, a projeção para a taxa Selic ao fim de 2022 era de 6,50% ao ano. No que se refere a 2023 e 2024, a previsão para o juro básico foi mantida em 6,50% cada, há 16 e 12 semanas, respectivamente.

Europa 

A recuperação da economia da zona do euro está em andamento, mas a propagação da variante delta do novo coronavírus gera incertezas e ainda há um longo caminho até reverter os danos provocados pela pandemia, disse a presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, em coletiva de imprensa.

“Cada vez mais pessoas estão a ser vacinadas e as restrições de bloqueio foram atenuadas na maioria dos países da zona do euro”, disse ela. “Mas a pandemia continua a lançar uma sombra, especialmente porque a variante delta constitui uma fonte crescente de incerteza”.

Segundo Lagarde, a reabertura de grande parte da economia está sustentando uma vigorosa recuperação do setor de serviços, mas a variante delta “pode prejudicar essa recuperação nos serviços, especialmente no turismo e na hotelaria”.

O Banco Central Europeu (BCE) manteve suas principais taxas de juros e seus programas de compras de ativos inalterados, ao mesmo tempo que anunciou revisões em suas orientações futuras para os juros, após sua recente revisão estratégica.

O BCE manteve a taxa básica de juros em zero, a taxa de depósitos em -0,5% ao ano e a taxa da linha mantida com bancos comerciais para concessão de liquidez de curto prazo em 0,25% ao ano.

Estados Unidos 

Os estoques de petróleo dos Estados Unidos subiram em 2,1 milhões de barris, ou 0,5%, na semana encerrada em 16 de julho, para 439,7 milhões de barris. Analistas previam queda de 3,7 milhões de barris.

Os estoques de gasolina caem em 100 mil barris, ou 0,1%, para 236,4 milhões de barris. Os estoques de outros derivados baixaram em 1,3 milhão de barris, ou 0,9%, para 141,0 milhões de barris. A produção doméstica de petróleo dos Estados Unidos, por sua vez, ficou estável em 11,4 milhões de barris por dia (bpd).

Já os pedidos de seguro-desemprego semanais inesperados aumentaram na semana passada, apesar das esperanças de que o mercado de trabalho dos EUA está pronto para uma forte recuperação em direção à queda.

Os pedidos iniciais de seguro-desemprego totalizaram 419.000 na semana encerrada em 17 de julho, bem acima da estimativa de 350.000 do Dow Jones e mais do que os 368.000 revisados ​​para cima do período anterior, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira

Ásia 

A balança comercial do Japão registrou superávit de 383,180 bilhões de ienes (US$ 3,485 bilhões) em junho, após o saldo negativo de 187,147 bilhões de ienes em maio, segundo dados sem ajuste sazonal divulgados pelo Ministério das Finanças do país.

O índice de preços ao consumidor do Japão subiu 0,2% em junho ante o mesmo mês de 2020 e avançou 0,3% em relação a maio, em dados com ajuste sazonal.

As informações foram divulgadas pelo Ministério de Assuntos Internos e Comunicações do país. Em maio, o índice havia caído 0,1% em base anual e avançado 0,3% em base mensal.

Enquando na China, o Banco do Povo (Pboc, o banco central do país) manteve a taxa de juros de referência para empréstimos no país em 3,85% pelo décimo quinto mês consecutivo, de acordo com comunicado da instituição.

A taxa de referência de um ano para o crédito (LPR, na sigla em inglês) registrou sua última variação em abril de 2020, quando o banco central reduziu de 4,05% nos meses de fevereiro e março. A LPR para cinco anos também não sofreu alterações e ficou em 4,65%.

Deixe um comentário