Cury informa que foram lançados sete empreendimentos no 2TRI, totalizando o VGV de R$ 686,2 milhões

LinkedIn

A construtora Cury divulgou prévia operacional recorde do segundo trimestre, somando R$ 686 milhões em lançamentos (VGV), alta de 120,3% frente igual período de 2020. O valor das vendas atingiu R$ 683 milhões, 133,7% acima na comparação anual, resultando em uma velocidade de vendas de 47%.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:CURY3) na segunda-feira (05).

“No 2° trimestre de 2021 foram produzidas 1.832 unidades, representando aumento de 6,5% comparado com o mesmo trimestre do ano anterior”, disse a companhia.

VISÃO DO MERCADO

Itaú BBA

O Itaú BBA avaliou os dados operacionais preliminares reportados pela Cury como “sem falhas” para o segundo trimestre de 2021.  A empresa também reportou um fluxo livre de caixa positivo, apesar de ter comprado terrenos.

Itaú BBA mantém recomendação de compra, com preço-alvo de R$ 15,30.

XP Investimentos 

“O desempenho positivo reforça nossa visão de demanda resiliente do segmento de baixa renda, apesar das perspectivas econômicas desafiadoras no curto prazo”, aponta a XP, que reitera recomendação de compra e preço-alvo de R$ 15 por ação, sendo a CURY3 a preferência dos analistas no segmento de baixa renda.

“Destacamos o aumento do preço médio por unidade para R$212 mil (+24,3% em relação ao mesmo período do ano passado), o que se deve à sua estratégia de focar tanto nos segmentos mais elevados do programa habitacional Casa Verde e Amarela, quanto nos empreendimentos de média renda (faixa logo acima do programa habitacional)”, destacam os analistas.

Cury (CURY3): lucro líquido de R$ 50 milhões no 1T21, alta de 669%

Cury Construtora e Incorporadora registrou lucro de R$ 50 milhões no primeiro trimestre de 2021, alta de  669% na comparação anual.

O lucro líquido da atividade de R$ 52,1 milhões ante R$ 15,4 milhões no 1T20, incremento de 238,3%.

receita líquida nos três primeiros meses de 2021 subiu 49,3%, para R$ 339,3 milhões.

As vendas líquidas subiram R$ 590,4 milhões no trimestre, 147,1% superior ao mesmo período de um ano atrás.  Esse é o melhor trimestre da história com vendas líquidas. Vendas Sobre Oferta (VSO) Líquida teve alta de 43,5% no 1T21, 9,3 p.p. acima do 1T20.

Os lançamentos atingiram R$ 590,5 milhões no 1T21, 274,7% maior do que os R$ 157,6 milhões do 1T20. Melhor primeiro trimestre em lançamentos na história da Companhia.

Informações Broadcast

Deixe um comentário