Fitch elevou para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo do Grupo SBF, a perspectiva é ‘estável’

LinkedIn

A agência de classificação de risco Fitch elevou, para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo do Grupo SBF. A perspectiva dos ratings corporativos é ‘estável’.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:SBFG3), na quarta-feira (07).

Segundo a Fitch, a elevação do rating reflete o fortalecimento no perfil de negócios e a expectativa de incremento nos fluxos de caixa da Centauro em consequência dos significativos ganhos de escala provenientes da aquisição da Nike do Brasil, bem como da redução nos riscos associados à pandemia de coronavírus.

“A Centauro deve migrar sua alavancagem financeira líquida para patamares mais conservadores e manter robusta liquidez”, afirmou a agência.

Prejuízo líquido de R$ 36,2 milhões no 1T21, revertendo lucro

Grupo SBF, dono da rede Centauro, teve prejuízo líquido de R$ 36,2 milhões no primeiro trimestre, ante lucro de R$ 8,1 milhões em igual período do ano passado.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – teve queda de 14,9%, a R$ 37 milhões.

receita líquida teve alta de 60,8% na comparação anual, para R$ 812,8 milhões; o número foi beneficiado pelo desempenho da Fisia, distribuidora de produtos Nike no Brasil.

 

Deixe um comentário