Iguatemi conclui 11ª emissão de debêntures no valor total de R$ 500 milhões

LinkedIn

A Iguatemi informou a conclusão da 11ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações.

O comunicado foi feito pela empresa  (BOV:IGTA3)nesta quarta-feira (21). Confira o documento na íntegra.

A 1ª série representou captação de R$ 263,871 milhões e a 2ª série, de R$ 236,129 milhões. O valor unitário é de R$ 1.000. O valor total soma R$ 500 milhões.

Segundo a companhia, os recursos serão utilizados para reforçar o capital de giro, atividades relacionadas à gestão ordinária dos negócios e alongamento do perfil da dívida da companhia

A empresa pretende divulgar os resultados do 2T21 no dia 03 de agosto.

Iguatemi (IGTA3): lucro líquido três vezes maior mas pandemia derruba receitas

Iguatemi registrou lucro líquido de R$39,84 milhões – quase três vezes maior que o registrado no mesmo período em 2020, quando a pandemia dava o primeiro grande baque na economia do país.

A Iguatemi reportou lucro líquido e receita líquida acima do consenso, reflexo do crescimento de 99,6% na receita advinda de programas criados para compensar perdas vistas desde o início da pandemia em aluguéis, taxas de administração e estacionamento, como o i-Retail e Iguatemi 365.

receita líquida da companhia subiu 8% no período e somou R$ 169,4 milhões na mesma base de comparação.

O Iguatemi viu a receita bruta cair 4,6% ano a ano, para R$ 193,1 milhões. Já o faturamento líquido subiu 7,6%, devido sobretudo a uma política de escalonamento dos descontos para lojistas nos aluguéis.

Já o Ebitda – lucro antes de juros, impostos depreciação e amortização – foi de R$ 101,4 milhões, 1,4% menor que o reportado um ano antes.

As vendas no conceito mesmas lojas, que considera unidades abertas há pelo menos 12 meses, caíram 25,6% no período, queda de 12,8 pontos percentuais (pp).

Deixe um comentário