Ecorodovias: movimentação nas estradas que administra cresceu 5,4% em junho de 2021

LinkedIn

A Ecorodovias informa que em função da pandemia da COVID-19, os números prévios consolidados da evolução do tráfego mensal em julho de 2021 e o acumulado para o ano de 2021 até 31 de julho, inclusive em relação aos mesmos períodos de 2020 e 2019.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:ECOR3) na sexta-feira (06). Confira o documento na íntegra.

Sem considerar a cobrança de pedágio da Ecovias do Cerrado, o total comparável teve alta de 13,7% no período, com 33,417 milhões de veículos leves e pesados.

No acumulado de 2021, o volume consolidado alcançou 36.587 milhões de veículos entre leves e pesados, alta de 25,4% na comparação anual. O total comparável registrou alta de 14,1% e somou 33,417 milhões de veículos.

No Estado de São Paulo, a Ecovias dos Imigrantes, que liga a capital paulista à Baixada Santista pelo sistema Anchieta-Imigrantes, viu uma alta de 10,9% no volume total de veículos, incluindo leves e pesados no acumulado do ano ante o mesmo período do ano passado. Já se for comparado ao ano de 2019, antes da pandemia, o volume foi 2,4% menor no sistema.

Na Ecopistas, concessionária das rodovias do sistema Ayrton Senna-Carvalho Pinto, que liga a capital paulista, Vale do Paraíba e litoral norte do Estado, o tráfego foi 18,5% maior ante 2020, mas 11,6% menor quando comparado ao mesmo período de 2019.

Cada veículo equivalente pagante é uma unidade básica de referência em estatísticas de cobrança de pedágio no mercado brasileiro. Veículos leves, como automóveis, correspondem a uma unidade equivalente, enquanto veículos pesados, como caminhões e ônibus, são convertidos em veículos equivalentes.

Ecorodovias (ECOR3): lucro líquido de R$ 127,4 milhões no 2T21, alta de 260,8%

A retomada do tráfego nas concessões da Ecorodovias para níveis anteriores aos da pandemia da Covid-19 ajudou a companhia a turbinar o lucro no segundo trimestre.

A administradora de concessões de infraestrutura informou que teve lucro líquido de 127,4 milhões de reais no período, alta de 260,8% em relação ao de um ano antes.

Já o resultado operacional da companhia medido pelo lucro antes de impostosjuros, depreciação e amortização (Ebitda) pró-forma de abril a junho somou 570,5 milhões de reais, alta ano a ano de 32,6%.

Deixe um comentário