Santos Brasil (STBP3): lucro líquido de R$ 60,4 milhões no 2T21, revertendo prejuízo

LinkedIn

A Santos Brasil registrou lucro líquido de R$ 60,4 milhões no segundo trimestre de 2021, revertendo prejuízo de R$ 9,4 milhões do mesmo período de 2020.

A receita operacional líquida da Santos Brasil no trimestre atingiu R$ 379,5 milhões, crescimento de 68,8% na comparação com o mesmo período de 2020, impulsionada pelo acentuado crescimento no volume de movimentação de contêineres nos terminais portuários com maior demanda para reabastecer cadeias de suprimento da indústria e do varejo.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – somou R$ 147,7 milhões entre abril e junho, alta de 250% ante o mesmo intervalo do ano passado.

A Santos Brasil encerrou o 2T21 com R$ 1,1 bilhão de posição de caixa e aplicações financeiras, o que representa um caixa líquido de R$ 688,2 milhões, descontando-se a dívida bruta.

A Santos Brasil afirma que seu desempenho foi beneficiado pelo elevado fluxo de contêineres nos portos brasileiros, em especial no Porto de Santos, cuja retomada já havia se intensificado no último trimestre de 2020, nos volumes de exportação e, também, de importação, em função da recuperação do comércio global estimulada pelo avanço da vacinação contra a Covid-19.

Ao longo do primeiro semestre de 2021, o Porto de Santos movimentou 1,47 milhão de contêineres, crescimento de 16% em relação ao primeiro semestre de 2020, que, por sua vez, foi afetado pela pandemia nas operações de importação e cabotagem, principalmente.

Segundo o balanço, dentre os principais catalizadores, a reposição de estoques na indústria reflete a aceleração do consumo. Ao longo do segundo trimestre, o terminal operou 23 escalas extras, seja pelo aquecimento da demanda, seja pela restrição operacional observada em terminais concorrentes.

O ritmo das exportações também se manteve aquecido, com crescimento de 30,1% em relação ao primeiro trimestre. A movimentação de contêineres vazios apresentou incremento de 4,8% ano a ano.

Os resultados da Santos Brasil (BOV:STBP3) referentes suas operações do segundo trimestre de 2021 foram divulgados no dia 11/08/2021. Confira o Press Release completo!

VISÃO DO MERCADO

Ágora Investimentos

A corretora lembra que a empresa tem poder de fogo para licitar novas concessões ou fazer aquisições, enquanto os papéis estão sendo negociados a 7,5x EV/Ebitda, que mede o valor, para 2022, um desconto de 12% para pares globais.

Ágora aproveitou o momento e elevou o preço-alvo da Santos Brasil para R$ 15 até 2022, potencial de alta de 66%.

Ágora tem recomendação de compra com preço-alvo a R$ 15,00…

BTG Pactual

Segundo o BTG Pactual, a elevação das projeções reforça a tese do forte momento do setor logístico no curto prazo, que deve ser impulsionado ainda mais pela reabertura econômica no mercado global.

“Esperamos que as perspectivas de curto prazo para a indústria portuária permaneçam sólidas ao longo do ano graças à recuperação do comércio nos principais mercados”, completa.

BTG Pactual tem recomendação de compra com preço-alvo a R$ 11,00…

Itaú BBA 

Para o Itaú BBA, a companhia reportou um resultado “sólido como uma rocha”, refletindo uma combinação poderosa de preços mais altos e maior volume, enquanto os custos permaneceram sob controle.

O volume do porto de Santos, o mais movimentado da companhia, saltou 34,4%.

“O novo acordo comercial com o cliente mais importante da Santos Brasil, a Maersk (responsável por 70% do volume do Tecon Santos), implicou em um reajuste de preço muito importante. Isso, juntamente com a nossa expectativa de melhores volumes à frente da Santos Brasil e um melhor mix de importação são fundamentais para nossa visão construtiva”, aponta.

Itaú BBA tem recomendação de compra com preço-alvo a R$ 9,00…

XP Investimentos 

XP também destacou os números fortes da companhia, mas manteve a recomendação neutra por achar o valuation esticado.

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters

Deixe um comentário