Exchanges brasileiras listam novas criptomoedas: ELON, STARL, BRZ e RPC

LinkedIn

Os investidores de criptomoedas do Brasil agora tem novas opções de criptoativos para negociar já que três empresas com atuação no país anunciaram a listagem de novas moedas e pares de negociação.

Uma das empresas que anunciou a listagem de novas criptomoedas foi a OKex, que, entre os dias 21 e 24 de Outubro, convidou seus usuários para escolher uma memecoin para ser listada incondicionalmente através de uma votação pública. As participantes da disputa eram: Dogelon Mars (COIN:ELONUSD), Kuma Inu (COIN:KUMAAUSD), StarLink (COIN:STARLUSD), Samoyedcoin (SAMO), Doge Killer (COIN:LEASHUSD).

Com o grande volume depositado, os projetos ELON e STARL ganharam a preferência pela listagem e agora já podem ser negociadas no mercado de trading à vista da OKEx nos pares em USDT.

Já a Crypto.com, uma das maiores exchanges de criptomoedas do mundo, anunciou a listagem da stablecoin brasileira BRZ, emitida pela Transfero. Com a listagem, usuários brasileiros poderão transferir recursos diretamente para a plataforma Crypto.com, comprar BRZ e usar a moeda digital nas demais transações, como compra de outros ativos.

“A chegada na Crypto.com reforça o BRZ como a melhor forma dos brasileiros acessarem as soluções globais do mercado de criptoativos”, explica Safiri Felix, diretor de Produtos e Parcerias da Transfero.

O BRZ é a principal stablecoin pareada ao real e a primeira pareada a uma moeda de um país emergente com destaque no mercado global, e está Integrada às blockchains da Ethereum, Solana, Stellar, Algorand, Binance Smart Chain e RSK Network.

BitcoinTrade

Quem também está com criptomoeda nova na plataforma é a BitcoinTrade, exchange de criptomoedas do Grupo Ripio, que anunciou a listagem da RPC (Ripio Coin), o token oficial da plataforma Ripio.

Segundo a empresa, o token pode ser utilizado para obtenção de descontos nas taxas de compra e venda de criptomoedas. Com essa listagem agora é possível transacionar RPC em reais na exchange e também ganhar RPC de graça por ações na plataforma.

Para ser recompensado em RPC, os usuários precisam cumprir diferentes “missões” dentro da Ripio, seja pela plataforma via web ou no aplicativo (disponível para Android e IOS). As missões com recompensa são bem simples como a primeira compra de criptomoedas ou o primeiro “swap” (intercâmbio) de uma criptomoeda por outra.

Os usuários apenas poderão coletar as RPC após a validação, ou seja, precisam completar o processo de ativação com envio de documentos.

“Agora com todas as sinergias integradas, as marcas estão unidas e fortes. RPC é a marca dessa união inovadora, que trará grandes frutos para o mercado brasileiro”, afirma Henrique Teixeira, country manager do Grupo Ripio.

Por Cassio Gusson

Deixe um comentário