Ouro fecha em queda com a alta nos juros dos Treasuries

LinkedIn

O ouro recuou moderadamente, com a alta nos juros dos Treasuries pesando sobre a demanda pelo metal precioso. Maiores retornos na renda fixa americana costumam pressionar a commodity, já que ambos concorrem como ativos de segurança de investidores. No radar, também está o relatório de empregos dos EUA (payroll) de setembro.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro com entrega prevista para dezembro caiu 0,15%, a US$ 1.759,20 por onça-troy.

O mercado está “à espera do payroll de setembro”, que sai na sexta-feira e pode “dar o tom no mercado de ouro para o restante de outubro”, segundo avalia o gerente de análise de mercado da FXTM, Lukman Otunuga.

Isso ocorre pois uma criação de empregos tida como suficiente pelo Federal Reserve (Fed) para iniciar o processo de retirada gradual de estímulos monetários nos EUA pode dar força ao dólar no mercado cambial, prejudicando ativos cotados na divisa americana, como o ouro, segundo explica o Commerzbank, em relatório a clientes.

Segundo a Dow Jones Newswires, o ouro ainda registrou leve perde de força na manhã desta quinta após o Departamento do Trabalho informar a queda nos pedidos por auxílio-desemprego nos EUA na semana passada, à medida que o dado deu tração aos juros dos Treasuries.

Deixe um comentário