Pedidos de seguro-desemprego nos EUA fica muito abaixo do consenso do mercado desde 1969

LinkedIn

Os pedidos de seguro-desemprego recuaram pela oitava semana consecutiva nos Estados Unidos, ficando muito abaixo do consenso do mercado e registrando o menor número desde novembro de 1969, enquanto o Produto Interno Bruto do país no terceiro trimestre ficou ligeiramente abaixo das expectativas.

Segundo o Departamento do Trabalho dos EUA, foram 199 mil pedidos na semana encerrada em 20 de novembro, o menor patamar em 52 anos e uma queda significativa frente à semana anterior, cujo número foi revisado para 270 mil.

O feriado de Ação de Graças, que ocorre amanhã no país, pode ter impactado o resultado, segundo agências de notícias, uma vez que os americanos podem não ter se dirigido para realizarem os pedidos.

Para esta semana, o consenso era para um recuo mais tímido, para 260 mil pedidos.

Os dados sinalizam forte demanda por força de trabalho no país, colocando pressão adicional sobre o Federal Reserve para iniciar a implementação da retirada dos estímulos monetários.

Já o PIB americano registrou alta de 2,10% no terceiro trimestre do ano, contra consenso de crescimento de 2,20%. A categoria de consumo pessoal aumentou 2,10% no trimestre, mais do que o inicialmente esperado, impulsionada principalmente por viagens internacionais, serviços de transporte e saúde.

Informações TC

Deixe um comentário