Refinaria privatizada da Petrobras vai receber aporte de US$ 500 mi de fundo árabe

LinkedIn

A Petrobras e o fundo árabe Mubadala assinaram o fechamento de um acordo para a venda da Refinaria Landulpho Alves (Rlam), primeira refinaria do país e primeira a ser privatizada, segundo uma fonte do setor, informa o Globo.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:PETR3) (BOV:PETR4) nesta terça-feira (30).

A venda foi acertada por R$ 1,7 bilhão, que entrará no caixa da estatal, e o acordo prevê contrato de 15 meses de transição da estatal para o grupo comprador.

De acordo com fontes, a intenção do Mubadala é aportar cerca de US$ 500 milhões na unidade nos próximos sete anos.

Informações BDM

Deixe um comentário