Carteiras recomendadas de dezembro 2021: Mensal, Small Caps, Dividendos, FII e BDRs

LinkedIn

Está no ar o especial com todas as carteiras recomendadas para o mês de dezembro de 2021.

A matéria foi publicada dia 01/12 e atualizará conforme mais carteiras forem publicadas.

Referências:

Em novembro, o índice Ibovespa registrou baixa de -1,53%.

O Índice de dividendos (IDIV) subiu +0,89%.

O índice de Small Caps (SMLL) caiu -2,29%.

O Índice de fundos imobiliários (IFIX) caiu -3,64%.

O Índice de BDRs (BDRX) teve desempenho negativo de -0,7%.

ÁGORA

Carteira Recomendada Mensal Top 10

Não houve alterações na carteira top 10 da Ágora para dezembro.

Empresas Peso
Cesp (CESP6) 10%
Lojas Renner (LREN3) 10%
Itaúsa (ITSA4) 10%
Telefônica (VIVT3) 10%
Weg (WEGE3) 10%
Suzano (SUZB3) 10%
Petrobras (PETR4) 10%
Ambev (ABEV3) 10%
Embraer (EMBR3) 10%
Vale (VALE3) 10%

Carteira Arrojada 

Não houve alterações na carteira Arrojada da Ágora para dezembro.

Empresas Peso Preço-Alvo (R$)
Assaí (ASAI3) 20% 23,00
Rumo (RAIL3) 20% 25,00
Marfrig (MRFG3) 20% 30,00
Alpargatas (ALPA4) 20% 58,00
Banco ABC (ABCB4) 20% 20,00

Carteira Recomendada de Dividendos

Ações incluídas: Vibra Energia (VBBR3)
Ações excluídas: Ecorodovias (ECOR3)

Empresas Peso
Vibra Energia (VBBR3) 20%
Itaúsa (ITSA4) 20%
Taesa (TAEE11) 20%
Ambev (ABEV3) 20%
Telefônica (VIVT3) 20%

Small Caps

Ação incluída: Multiplan (MULT3)
Ação excluída: Grupo SBF (SBFG3)

Empresas Peso Preço-Alvo (R$)
Multiplan (MULT3) 20% 32,00
Gerdau Met. (GOAU4) 20% 20,00
Banco ABC (ABCB4) 20% 20,00
Taesa (TAEE11) 20% 35,00
Tupy (TUPY3) 20% 33,00

ATIVA

Carteira Strategy

A carteira Strategy da Ativa recuou -6,1% no mês de novembro.
No ano, a carteira Strategy tem baixa de -20,6%, e baixa de -15,2% em 12 meses.

Ações incluídas: Gerdau (GGBR4) e RaiaDrogasil (RADL3)
Ações excluídas: B3 (B3SA3) e Ômega (OMGE3)

Empresas Peso
Rede D’Or (RDOR3) 7,5%
Vale (VALE3) 10,0%
Arezzo (ARZZ3) 5,0%
Itaú Unibanco (ITUB4) 10,0%
Bradesco (BBDC4) 7,5%
Light (LIGT3) 5,0%
Gerdau (GGBR4) 7,5%
Lojas Renner (LREN3) 5,0%
Sulamérica (SULA11) 5,0%
Vibra Energia (BRDT3) 7,5%
Grupo Mateus (GMAT3) 5,0%
RaiaDrogasil (RADL3) 5,0%
JBS (JBSS3) 7,5%
Natura (NTCO3) 7,5%
Petz (PETZ3) 5,0%

Carteira Momento

A Carteira Momento da Ativa investimentos desvalorizou -3,2% em novembro.
No ano, a carteira apresenta rentabilidade de -17,6%, e alta de 6,5% em 12 meses.

Ações incluídas: PetroRio (PRIO3) e Petz (PETZ3)
Ações excluídas: Lojas Renner (LREN3) e Via (VIIA3)

Empresas Peso Preço-Alvo (R$)
PetroRio (PRIO3) 20% 22,50
Petz (PETZ3) 20% 30,50
Itaú Unibanco (ITUB4) 20% 32,10
JBS (JBSS3) 20% 49,20
Vibra Energia (BRDT3) 20% 37,00

Carteira Recomendada de Dividendos

A carteira de dividendos da Ativa teve uma queda de -0,5% em novembro.
No ano, a carteira de dividendos da ativa perdeu -10,4%, e subiu 9,1% em 12 meses.

Ações incluídas: Petrobras (PETR4) e Copel (CPLE6)
Ações excluídas: B3 (B3SA3) e Telefônica (VIVT4)

Empresas Peso Preço-Alvo (R$) 
Bradesco (BBDC4) 15% 25,40
Santander (SANB11) 10% 44,39
BB Seguridade (BBSE3) 15% 30,60
Vale (VALE3) 10% 84,50
Transmissão Paulista (TRPL4) 10% 26,00
Taesa (TAEE11) 15% 36,00
Petrobras (PETR4) 10% 32,50
Copel (CPLE6) 15% 7,00

Fundos Imobiliários

A carteira de Fundos Imobiliários da Ativa investimentos caiu -2,18% em novembro.
Fecharam positivos: VSLH11 (+3,2%) e BTRA11 (+2,1%).
Destaques negativos: OUJP11 (-5,1%) e TGAR11 (-6,0%).
A carteira tem alta de 0,2% no ano.

Fundo incluído: Recebíveis Imobiliários (RECR11)
Fundo excluído: BTG Terras Agrícolas (BTRA11)

Fundos Peso
Ourinvest JPP (OUJP11) 7,5%
CSHG Renda Urbana (HGRU11) 10,0%
TG Ativo Real (TGAR11) 7,5%
Versalhes Recebíveis (VSLH11) 10,0%
Recebíveis Imobiliários (RECR11) 10,0%
Bresco Logística (BRCO11) 5,0%
VBI CRI (CVBI11) 10,0%
Valora CRI Índice de Preços (VGIP11) 10,0%
Guardian Logística (GALG11) 7,5%
TRX Real Estate (TRXF11) 10,0%
Devant Recebíveis Imobiliários (DEVA11) 12,5%

BB INVESTIMENTOS

Carteira Fundamentalista

A carteira da BB Investimentos caiu -2,2% em novembro.
Destaque positivo: Petrobras (8,00%).
Destaque negativo: Embraer (-12,72%).
A carteira desvalorizou -21,3% no acumulado de 2021.

Ações incluídas: Banco ABC (ABCB4), Bradesco (BBDC4), Klabin (KLBN11), Multiplan (MULT3), Neoenergia (NEOE3), Pão de Açúcar (PCAR3) e Sabesp (SBSP3)

Ações excluídas: Embraer (EMBR3), Itaú Unibanco (ITUB4), JBS (JBSS3), Ambev (ABEV3), Alupar (ALUP11), Raia Drogasil (RADL3) e Vale (VALE3)

Empresas Peso 
Petrobras (PETR4) 10%
Santander (SANB11) 10%
Gerdau (GGBR4) 10%
Banco ABC (ABCB4) 10%
Bradesco (BBDC4) 10%
Klabin (KLBN11) 10%
Multiplan (MULT3) 10%
Neoenergia (NEOE3) 10%
Pão de Açúcar (PCAR3) 10%
Sabesp (SBSP3) 10%

Carteira 5+

A carteira 5+ da BB Investimentos variou -4,37% em novembro.
Destaques negativos: Tupy (-6,91%) e Cesp (-6,78%).
No acumulado de 2021 a carteira caiu -15,0%.
Para dezembro toda a carteira foi alterada.

Ações excluídas:
 Cesp (CESP6), Tractebel Energia (EGIE3), Raia Drogasil (RADL3), SulAmérica (SULA11) e Tupy (TUPY3)

Empresas Peso
Energias do Brasil (ENBR3) 20%
Neoenergia (NEOE3) 20%
Suzano (SUZB3) 20%
Ultrapar (UGPA3) 20%
Usiminas (USIM5) 20%

Dividendos

A carteira de dividendos do BB Investimentos recuou -4,19% em novembro.
A carteira acumula uma baixa de -3,3% em 2021 e uma alta de 17,8% em 12 meses.

Empresas Peso
Petrobras (PETR4) 10%
Vale (VALE3) 10%
Copel (CPLE6) 10%
Gerdau (GGBR4) 10%
Vibra Energia (VBBR3) 10%
JBS (JBSS3) 10%
Taesa (TAEE11) 10%
Unipar (UNIP6) 10%
B3 (B3SA3) 10%
Bradesco (BBDC4) 10%

Small Caps 

A carteira de Small Caps do BB Investimentos variou -6,25% em novembro.
Destaques negativos: Marfrig (-11,06%) e Minerva (-8,82%).
Toda a carteira foi alterada para dezembro.

Ações excluídas: Minerva (BEEF3), Fleury (FLRY3), Marfrig (MRFG3), Odontoprev (ODPV3), São Martinho (SMTO3), SulAmérica (SULA11) e Taesa (TAEE11)

Empresas Peso
Bradespar (BRAP4) 12,5%
Duratex (DXCO3) 12,5%
Energias do Brasil (ENBR3) 12,5%
Fertilizantes Heringer (FHER3) 12,5%
Neoenergia (NEOE3) 12,5%
Irani (RANI3) 12,5%
Recrusul (RCSL3) 12,5%
Ultrapar (UGPA3) 12,5%

Fundos Imobiliários

A carteira de Fundos Imobiliários da BB Investimentos caiu -1,48% em outubro.
A carteira acumula em 2021 uma baixa de -5,28%, e uma alta de 0,52% em 12 meses.

Fundo incluído: Riza Terrax (RZTR11)
Fundo excluído: TRX Real Estate (TRXF11)

Fundos
Mérito Desenvolvimento Imob. (MFII11)
Vinci Office (VINO11)
Bresco Logística (BRCO11)
RBR Log (RBRL11)
Banestes Recebíveis Imob. (BCRI11)
REC Recebíveis Imobiliários (RECR11)
Malls Brasil Plural (MALL11)
Riza Terrax (RZTR11)

BDRs

A carteira BB BDR registrou variação de 8,5% entre 15/10 a 12/11.
A carteira tem variação positiva de 45,2% no acumulado de 12 meses.

Ações incluídas: AMD (A1MD34), Coty (COTY34), Fedex (FDXB34) e UPS (UPSS34)
Ações excluídas: Mercado Libre (MELI34), Nvidia (NVDC34) e Salesforce.com (SSFO34)

Empresas
Amazon (AMZO34)
Freeport-McMoran Inc. (FCXO34)
Alphabet (GOGL34)
Nasdaq Inc. (N1DA34)
AMD (A1MD34)
Coty (COTY34)
Fedex (FDXB34)
UPS (UPSS34)

BTG PACTUAL

Carteira 10SIM

Em novembro, a carteira 10SIM da BTG Pactual variou -5,6%.
Fechou positiva: Energisa (14,8%)
Destaques negativos: Raízen (-19,5%), PetroRio (-13,5%), Weg (-12,9%) e SLC Agrícola (-11,9%).
No ano, a BTG Pactual acumula rentabilidade de -17,1%.

Ações incluídas: Localiza (RENT3), CPFL (CPFE3), B3 (B3SA3) e Suzano (SUZB3)
Ações excluídas: Weg (WEGE3), Energisa (ENGI11), Porto Seguro (PSSA3), SLC Agrícola (SLCE3)

Empresas Peso
Localiza (RENT3) 10%
CPFL (CPFE3) 10%
B3 (B3SA3) 10%
Suzano (SUZB3) 10%
Arezzo (ARZZ3) 10%
Iguatemi (IGTA3) 10%
Gerdau (GGBR4) 10%
PetroRio (PRIO3) 10%
Itaú Unibanco (ITUB4) 10%
Raízen (RAIZ4) 10%

Dividendos

A carteira de dividendos da BTG Pactual teve apenas uma alteração para novembro.

Ação incluída: Bradesco (BBDC4)
Ação excluída: Vale (VALE3)

Empresas Peso
Copel (CPLE6) 20%
Transmissão Paulista (TRPL4) 20%
Taesa (TAEE11) 20%
Alupar (ALUP11) 20%
Bradesco (BBDC4) 20%

 Small Caps

A carteira de Small Caps da BTG Pactual caiu -9,6% no mês de novembro.
Destaque positivo: Santos Brasil (16,31%).
Destaques negativos: ClearSale (-40,62%), 3Tentos (-15,33%) e 3R Petroleum (-14,59%).
No acumulado de 2021, a carteira BTGD SMLL desvalorizou -2,6%.

Ações incluídas: Banco ABC (ABCB4) e Track & Field (TFCO4)
Ações excluídas: SLC Agrícola (SLCE3) e Santos Brasil (STBP3)

Empresas Peso
Banco ABC (ABCB4) 10%
Track & Field (TFCO4) 10%
CBA (CBAV3) 10%
Orizon (ORVR3) 10%
Desktop (DESK3)10 10%
Sinqia (SQIA3) 10%
ClearSale (CLSA3) 10%
3Tentos (TTEN3) 10%
3R Petroleum (RRRP3) 10%
Jalles Machado (JALL3) 10%

Fundos Imobiliários

A carteira de Fundos Imobiliários da BTG Pactual desvalorizou -3,88% no mês de novembro.
Destaque negativo: Vinci Logística FII (-12,10%), HSI Logística FII (-7,28%) e XP Log FII (-6,96%).
No ano a carteira acumula uma baixa de -7,29%.
A carteira segue inalterada para dezembro.

Fundo Peso
RBR Rendimento High Grade (RBRR11) 12,5%
BTG Pactual Crédito Imobiliário (BTCR11) 12,5%
Kinea Rendimentos Imobiliários (KNCR11) 17,5%
XP Log FII (XPLG11) 5,0%
HSI Logística FII (HSLG11) 7,5%
Vinci Logística FII (VILG11) 7,5%
Bresco Logística FII (BRCO11) 5,0%
RBR Properties (RBRP11) 6,0%
Vinci Shopping Centers (VISC11) 5,0%
BTG Pactual Corporate Office Fund (BRCR11) 5,0%
Rio Bravo Renda Corporativa (RCRB11) 9,0%
CSHG Real Estate FII (HGRE11) 5,0%
BTG Pactual Fundo de CRI FII (FEXC11) 2,5%

BDRs

A carteira de BDRs da BTG Pactual caiu -3,7% em novembro.
Destaques positivos: Apple (9%) e Starbucks (4%).
Destaques negativos: Disney (-15%), Uber (-14%) e JPMorgan Chase (-6%).

Ações incluídas: Nvidia (NVDC34) e Booking Holdings (BKNG34)
Ações excluídas: Walt Disney (DISB34), Uber (U1BE34)

Empresas Peso
Nvidia (NVDC34) 5%
Booking Holdings (BKNG34) 5%
Coca-Cola (COCA34) 10%
Chevron (CHVX34) 10%
Meta Platforms (FBOK34) 15%
JP Morgan (JPMC34) 15%
McDonald’s (MCDC34) 10%
Netflix (NFLX34) 10%
Starbucks (SBUB34) 10%
Apple (AAPL34) 10%

ELITE

No mês de novembro, a carteira da Elite Investimentos subiu 0,45%.
No acumulado de 2021 a carteira recomendada caiu -28,30%.
A carteira segue sem alterações para dezembro.

Empresas Peso
B3 (B3SA3) 10%
Alupar (ALUP11) 10%
CCR (CCRO3) 10%
Gerdau (GGBR4) 10%
Itaúsa (ITSA4) 10%
Multiplan (MULT3) 10%
Minerva (BEEF3) 10%
Movida (MOVI3) 10%
Ind. Romi (ROMI3) 10%
Lojas Renner (LREN3) 10%

Carteira Recomendada de Dividendos

Em novembro a carteira de dividendos da Elite avançou 0,35%.
Destaque positivo: Telefônica (10,48%).
Destaque negativo: BB Seguridade (-5,48%).
No acumulado de 2021 a carteira de dividendos da Elite recuou -14,43%.
A carteira segue inalterada de novembro para dezembro.

Empresas Peso
BB Seguridade (BBSE3) 10%
Itaúsa (ITSA4) 10%
Transmissão Paulista (TRPL4) 10%
Taesa (TAEE11) 10%
Telefônica (VIVT4) 10%
Bradesco (BBDC4) 10%
Vibra Energia (BRDT3) 10%
Engie (EGIE3) 10%
Sanepar (SAPR11) 10%
Vale (VALE3) 10%

Small Caps

No mês de novembro, a carteira de Small Caps da Elite obteve desempenho de -0,88%.
Destaque positivo: Unidas (17,44%).
Destaque negativo: PetroRio (-13,55%).
No acumulado de 2021 a carteira de Small Caps da Elite caiu -6,98%.

Ação incluída: Brasilagro (AGRO3)
Ação excluída: Gerdau Met. (GOAU4)

Empresas Peso
Intelbras (INTB3) 10%
BTG Pactual (BPAC11) 10%
Equatorial (EQTL3) 10%
Brasilagro (AGRO3) 10%
Porto Seguro (PSSA3) 10%
PetroRio (PRIO3) 10%
Hermes Pardini (PARD3) 10%
Unidas (LCAM3) 10%
Jalles Machado (JALL3) 10%
Randon (RAPT4) 10%

BDRs

A carteira de BDRs da Elite de novembro caiu -2,55%.
Destaques positivos: Coty (15,05%) e Gilead Sciences (9,08%).
Destaques negativos: Booking.com (-15,05%), Uber (-14,12%) e Transocean (-14,90%).
No acumulado de 2021 a carteira de BDRs da Elite subiu 18,23%.

Ação incluída: Walmart (WALM34)
Ação excluída: Transocean (RIGG34)

Empresas Peso
Amazon (AMZO34) 10%
Coca-Cola (COCA34) 10%
Cisco (CSCO34) 10%
Meta Platforms (FBOK34) 12%
Johnson & Johnson (JNJB34) 10%
Uber (U1BE34) 8%
Walmart (WALM34) 10%
Booking.com (BKNG34) 6%
Coty (COTY34) 10%
Gilead Sciences (GILD34) 6%
Mastercard (MSCD34) 8%

GENIAL

Carteira Recomendada Mensal

A carteira Ibovespa 10+ da Genial apresentou uma baixa de -6,62% no mês de novembro.
No acumulado de 2021 a carteira da Genial apresenta rentabilidade de -11,83%.

Ações incluídas: Caixa Seguridade (CXSE3), Eneva (ENEV3), Intebras (INTB3), Jalles Machado (JALL3) e Rede D’Or (RDOR3)
Ações excluídas: Ambipar (AMBP3), Mosaico (MOSI3), Porto Seguro (PSSA3), Santander (SANB11) e Via (VIIA3)

Empresas Peso
Caixa Seguridade (CXSE3) 10%
Eneva (ENEV3) 10%
Intebras (INTB3) 10%
Jalles Machado (JALL3) 10%
Rede D’Or (RDOR3) 10%
Itaú Unibanco (ITUB4) 10%
Arezzo (ARZZ3) 10%
Grupo Vamos (VAMO3) 10%
Neogrid (NGRD3) 10%
PetroRio (PRIO3) 10%

Top 5+

A carteira Ibovespa Top 5+ da Genial teve uma baixa de -2,97% em novembro.
No acumulado de 2021, a carteira 5+ apresenta rentabilidade de -17,86%.

Ações incluídas: Ambev (ABEV3), Itaú Unibanco (ITUB4) e Totvs (TOTS3)
Ações excluídas: Ambipar (AMBP3), Petz (PETZ3) e Santander (SANB11)

Empresas Peso
Banco Inter (BIDI4) 20%
Rede D’Or (RDOR3) 20%
Ambev (ABEV3) 20%
Itaú Unibanco (ITUB4) 20%
Totvs (TOTS3) 20%

Small Caps

A carteira Small Caps 8+ da Genial apresentou uma baixa de -7,47% no mês de novembro.
No ano de 2021 apresenta rentabilidade de -29,11%.

Ações incluídas: Assaí (ASAI3), Intebras (INTB3) e Jalles Machado (JALL3)
Ações excluídas: Méliuz (CASH3), Eneva (ENEV3) e Pague Menos (PGMN3)

Empresas Peso
Assaí (ASAI3) 12,50%
Intebras (INTB3) 12,50%
Jalles Machado (JALL3) 12,50%
Grupo Soma (SOMA3) 12,50%
Grupo Vamos (VAMO3) 12,50%
Grupo Mateus (GMAT3) 12,50%
Aeris (AERI3) 12,50%
PetroRio (PRIO3) 12,50%

Micro Caps

A carteira Micro Caps 5+ da Genial apresentou uma baixa de -0,99% no mês de novembro.
No ano de 2021 a carteira apresenta rentabilidade de +25,51%.

Ação incluída: Wiz Seguros (WIZS3)
Ação excluída: Ind. Romi (ROMI3)

Empresas Peso
Allied (ALLD3) 20%
Positivo (POSI3) 20%
Eucatex (EUCA4) 20%
GP Investments (GPIV33) 20%
Wiz Seguros (WIZS3) 20%

Carteira Recomendada de Dividendos

A carteira Dividendos 5+ da Genial apresentou uma baixa de -4,60% no mês de novembro.
No ano de 2021 a carteira apresenta baixa de -18,45%.

Ações incluídas: Vale (VALE3), Alupar (ALUP11) e Unipar (UNIP6)
Ações excluídas: Copasa (CSMG3), Cyrela (CYRE3) e Taesa (TAEE11)

Empresas Peso
Itaúsa (ITSA4) 20%
Cesp (CESP6) 20%
Vale (VALE3) 20%
Alupar (ALUP11) 20%
Unipar (UNIP6) 20%

Fundos Imobiliários (Carteira Renda e Carteira Valor)

Carteira Renda 

A carteira renda da Genial teve um desempenho negativo de -3,96% em novembro.

Fundo incluído: CSHG Real Estate (HGRE11)
Fundo excluído: Vinci Office (VINO11)

Fundo Peso DY 12m
VBI Prime Properties (PVBI11) 15% 7,6%
Bresco Logística (BRCO11) 15% 7,8%
CSHG Real Estate (HGRE11) 15% 7,7%
RBR Rendimento High Grade (RBRR11) 20% 9,5%
Mogno Fundo dos Fundos (MGFF11) 15% 11,3%
Mauá Capital Recebíveis (MCCI11) 20% 9,8%

Carteira Valor

No mês de novembro o desempenho da Carteira de Valor foi de -5,75%.

Fundo incluído: CSHG Real Estate (HGRE11) e Kinea Rendimentos Imob. (KNCR11)
Fundo excluído:
Plural Recebíveis Imobiliários (PLCR11)

Fundo Peso DY 12M
CSHG Real Estate (HGRE11) 20% 7,7%
Mogno Fundo dos Fundos (MGFF11) 15% 11,3%
RBR Alpha Multiestratégia (RBRF11) 20% 11,1%
VBI Prime Properties (PVBI11) 7,5% 7,6%
Malls Brasil Plural (MALL11) 15,o% 7,8%
Kinea Rendimentos Imob. (KNCR11) 12,5% 4,8%

BDRs 5+

A carteira de BDR 5+ da Genial apresentou uma baixa de -4,83% em novembro.
No acumulado de 2021, a carteira apresenta alta de 34,50%.

Ações incluídas: Salesforce.Com (SSFO34) e Mercado Libre (MELI34)
Ações excluídas: Booking (BKNG34) e Walt Disney (DISB34)

Empresas Peso
Salesforce.Com (SSFO34) 20%
Mercado Libre (MELI34) 20%
Moderna (M1RN34) 20%
Nvidia (NVDC34) 20%
Paypal (PYPL34) 20%

GUIDE

Top Picks

No mês de novembro o portfólio Top Picks da Guide caiu -6,9%.
Fecharam positivas: Klabin (7,9%) e Petrobras.
Destaques negativos: Raízen (-19,6%), Rede D’Or (-15,0%), Assaí (-14,9%) e Weg (-12,8%).
No acumulado de 2021 a carteira Top Picks da Guide caiu -19,7%.

Ações incluídas: CPFL Energia (CPLE3) e Vibra Energia (VBBR3)
Ações excluídas: Eletrobras (ELET6) e Raízen (RAIZ4)

Empresas Peso
CPFL Energia (CPLE3) 10%
Vibra Energia (VBBR3) 10%
JBS (JBSS3) 10%
Itaú Unibanco (ITUB4) 10%
Klabin (KLBN11) 10%
Rede D’Or (RDOR3) 10%
Assaí (ASAI3) 10%
Petrobras (PETR4) 10%
Weg (WEGE3) 10%
Grupo Soma (SOMA3) 10%

Carteira Valor 

A carteira Valor da Guide Investimentos desvalorizou -8,15% em outubro.
Fechou positiva: JBS.
Destaque negativo: 3R Petroleum (-24,08%).
No acumulado de 2021 a carteira tem performance negativa de -19,68%.

Ações incluídas: BTG Pactual (BPAC11) e Gerdau (GGBR4)
Ações excluídas: Rede D’Or (RDOR3) e Weg (WEGE3)

Empresas Peso
Itaú Unibanco (ITUB4) 20%
JBS (JBSS3) 20%
3R Petroleum (RRRP3) 20%
BTG Pactual (BPAC11) 20%
Gerdau (GGBR4) 20%

Carteira Recomendada de Dividendos

No mês de outubro a carteira de dividendos da Guide Investimentos obteve baixa de -3,4%.
Fechou positiva: Petrobras (0,1%)
Destaques negativos: Vale (-6,1%) e Porto Seguro (-5,6%).
No ano a carteira de dividendos da Guide acumula alta de 20,6%. Em 12 meses, alta de 51,2%.
A carteira permanece inalterada de um mês para o outro.

Empresa Peso
Itaú Unibanco (ITUB4) 15%
Klabin (KLBN11) 15%
Taesa (TAEE11) 15%
Telefônica (VIVT3) 10%
Petrobras (PETR4) 15%
Porto Seguro (PSSA3) 10%
CPFL (CPFE3) 10%
Vale (VALE3) 10%

Small Caps

A carteira Small Caps da Guide investimentos caiu -3,9% no mês de novembro.
Destaques positivos: Banco ABC (19,4%) e Irani (9,3%).
Destaques negativos: 3R Petroleum (-21,8%) e Ômega Geração (-18,1%).
No acumulado de 2021 a carteira de Small Caps da Guide tem baixa de -1,7%.

Ações incluídas: Arezzo (ARZZ3), Gerdau Met. (GOAU4) e Mater Dei (MATD3)
Ações excluídas:
Ferbasa (FESA4), Petz (PETZ3) e Vibra Energia (VBBR3)

Empresas Peso
Arezzo (ARZZ3) 10%
Gerdau Met. (GOAU4) 10%
Mater Dei (MATD3) 10%
Irani (RANI3) 10%
Minerva (BEEF3) 10%
3R Petroleum (RRRP3) 10%
Vivara (VIVA3) 10%
Ômega Geração (OMGE3) 10%
Banco ABC (ABCB4) 10%
Ambipar (AMBP3) 10%

Fundos Imobiliários

A carteira de fundos imobiliários da Guide Investimentos caiu -2,7% em novembro.
Destaque positivo: Mauá Capital Rec. Imob. (1,69%).
Destaques negativos: Bresco Logística (-9,64%) e Vinci Shopping Centers (-4,00%).
A carteira acumula uma baixa de -4,8% em 2021, e -3,1% em 12 meses.
Não houve alteração do portfólio de novembro para dezembro.

Fundos Peso
BTG Pactual Logística (BTLG11) 10%
Bresco Logística (BRCO11) 15%
CSHG Rec. Imob. (HGCR11) 15%
Ourinvest Fundo de Fundos (OUFF11) 5%
VBI CRI (CVBI11) 5%
Capitânia Securities II (CPTS11) 10%
Mauá Capital Rec. Imob. (MCCI11) 10%
Vinci Shopping Centers (VISC11) 5%
RBR Créd. Imob. Est. (RBRY11) 15%
TRX Real Estate (TRXF11) 10%

BDRs

A carteira BDRs da Guide subiu 0,18% em novembro.
No acumulado de 2021 a carteira tem alta de 18,7%.
A carteira segue inalterada para dezembro.

Empresa Peso
ConocoPhillips (COPH34) 10%
Apple (AAPL34) 10%
Mercado Libre (MELI34) 10%
Disney (DISB34) 10%
Nvidia (NVDC34) 10%
Amazon (AMZO34) 10%
Visa (VISA34) 10%
Nike (NIKE34) 10%
Facebook (FBOK34) 10%
Alphabet (GOGL34) 10%

ITAÚ BBA

Fundos Imobiliários

Fundos Peso
CSHG Renda Urbana (HGRU11) 11,1%
Vinci Logística (VILG11) 11,1%
Bresco Logística (BRCO11) 11,1%
VBI Log (LVBI11) 11,1%
RBR Properties (RBRP11) 11,1%
Kinea Índice de Preços (KNIP11) 11,1%
CSHG Recebíveis Imobiliários (HGCR11) 11,1%
Kinea High Yield (KNHY11) 11,1%
Kinea Rendimentos Imobiliários 11,1%

BDRs

Desde Maio de 2021, a carteira de BDRs do Itaú BBA apresenta alta de 42,3%.

Ações incluídas: Taiwan Semiconductor (TSMC34), P&G (PGCO34) e BioNtech (B1NT34)
Ações excluídas: Tesla (TSLA34), Pfizer (PFIZ34) e General Motors (GMCO34)

Empresas Peso
Taiwan Semiconductor (TSMC34) 20%
P&G (PGCO34) 20%
BioNtech (B1NT34) 20%
Bank of America (BOAC34) 20%
Microsoft (MSFT34) 20%

MIRAE ASSET

A carteira recomendada Meta da Mirae Asset de novembro caiu -0,2%.
Destaques positivos: Santos Brasil (16,3%), Rumo (9,9%) e Petrobras (8,0%).
Destaques negativos: Assaí (-16,6%) e Weg (-12,9%).
No ano, a carteira acumula rentabilidade de -11,3%.

Ações incluídas: Bradesco (BBDC4), CSN (CSNA3) e Romi (ROMI3)
Ações excluídas: Assaí (ASAI3), Itaú Unibanco (ITUB4) e Weg (WEGE3)

Empresas Peso
Gerdau (GGBR4) 10%
Banco Inter (BIDI11) 10%
Rumo (RAIL3) 10%
Petrobras (PETR4) 10%
Vale (VALE3) 10%
Santos Brasil (STBP3) 10%
JBS (JBSS3) 10%
Bradesco (BBDC4) 10%
CSN (CSNA3) 10%
Romi (ROMI3) 10%

Carteira Recomendada de Dividendos

A carteira de dividendos da Mirae Asset ficou estável 0,0% no mês de novembro.
Destaques positivos: Petrobras e CCR Rodovias (7,7%).
Destaques negativos: JBS (-6,2%), Itaúsa (-4,2%) e CSN (-4,5%).
No ano, a carteira teve rentabilidade de -11,6%.

Ação incluída: Telefônica (VIVT3)
Ação excluída: CCR (CCRO3)

Empresas Peso
Taesa (TAEE11) 10%
Vale (VALE3) 10%
Transmissão Paulista (TRPL4) 10%
Petrobras (PETR4) 10%
Bradespar (BRAP4) 10%
JBS (JBSS3) 10%
CSN (CSNA3) 10%
Itaúsa (ITSA4) 10%
Bradesco (BBDC4) 10%
Telefônica (VIVT3) 10%

Small Caps

A carteira Small Caps da Mirae Asset desvalorizou -3,7% no mês de novembro.
Destaque positivo: Santos Brasil (16,3%).
Destaques negativos: Embraer (-12,7%) e Marfrig (-11,1%).
No ano a carteira tem rentabilidade de -26,0%.

Ações incluídas: Multiplan (MULT3) e Usiminas (USIM5)
Ações excluídas: Minerva (BEEF3) e Embraer (EMBR3),

Empresas Peso
Multiplan (MULT3) 10%
Usiminas (USIM5) 10%
SulAmérica (SULA11) 10%
Banco Inter (BIDI11) 10%
Ferbasa (FESA4) 10%
Fleury (FLRY3) 10%
Marfrig (MRFG3) 10%
Taesa (TAEE11) 10%
Santos Brasil (STBP3) 10%
Gerdau Met. (GOAU4) 10%

Fundos Imobiliários

A carteira de fundos da Mirae Asset recuou -5,5% em novembro.
Destaques negativos: Bresco Logística (-9,6%) e XP Malls (-8,8%).
A carteira segue inalterada para dezembro.

Fundos Peso
Bresco Logística (BRCO11) 20%
CHSG Logística (HGLG11) 20%
TRX Real Estate Fundo de Inv. (TRXF11) 20%
Vinci Renda Imobiliária (VISC11) 20%
XP Malls (XPML11) 20%

MODALMAIS

Ações incluídas: Banco do Brasil (BBAS3), Vale (VALE3), Gerdau (GGBR4), Banco ABC (ABCB4) e Klabin (KLBN11)
Ações excluídas: Engie Brasil (EGIE3), Petrobras (PETR4), BB Seguridade (BBSE3), Porto Seguro (PSSA3) e IShares S&P 500 (IVVB11)

Empresas Entrada (R$) Stop Loss (R$) Stop Gain (R$)
Banco do Brasil (BBAS3) 32,01 30,18 37,58
Vale (VALE3) 71,01 68,18 83,98
Gerdau (GGBR4) 27,01 25,48 31,68
Banco ABC (ABCB4) 17,31 16,28 20,48
Klabin (KLBN11) 24,21 22,58 29,18

MYCAP

Carteira Top 10

A carteira Top 10 da Mycap subiu +2,19% no mês de novembro.
Destaques positivos: Banco do Brasil (9,94%), Neoenergia (10,91%) e Telefônica (9,33%).
Destaques negativos: Weg (-14,08%) e Rede D’Or (-14,20%).

Ações incluídas: PetroRio (PRIO3), Braskem (BRKM5), Rumo (RAIL4) e Klabin (KLBN11)
Ações excluídas:
Petrobras (PETR4), Ishare SP500 CI (IVVB11), Telefônica (VIVT3) e Rede D’Or (RDOR3)

Empresas Peso Preço-alvo (R$)
Banco do Brasil (BBAS3) 10% 35,00
Gerdau PN (GGBR4) 10% 29,00
PetroRio (PRIO3) 10% 25,00
Randon (RAPT4) 10% 13,85
Braskem (BRKM5) 10% 62,00 e 65,00
Rumo (RAIL4) 10% 19,00 e 19,50
Neoenergia (NEOE3) 10% 18,70
Cosan (CSAN3) 10% 24,00
Weg (WEGE3) 10% 35,00
Klabin (KLBN11) 10% 26,20

Carteira Top 5

A carteira top 5 da MyCAP caiu 3,08% no mês de outubro.

Ação incluída: Cosan (CSAN3)
Ação excluída:
Rede D’Or (RDOR3)

Empresas Peso
Banco do Brasil (BBAS3) 20%
Randon (RAPT4) 20%
Cosan (CSAN3) 20%
Gerdau (GGBR4) 20%
Neoenergia (NEOE3) 20%

Carteira de dividendos

A carteira de dividendos da Mycap desvalorizou -0,94% em novembro.
Destaque positivo: Telefônica (9,33%).
Destaque negativo: BB Seguridade (-6,74%).

Ações incluídas: Neoenergia (NEOE3) e Banco do Brasil (BBAS3)
Ações excluídas: Telefônica (VIVT3) e BB Seguridade (BBSE3)

Empresas Peso Preço-Alvo (R$)
Neoenergia (NEOE3) 20% 18,70
Banco do Brasil (BBAS3) 20% 35,00
Itaúsa (ITSA4) 20% 13,93
Bradespar (BRAP4) 20% 75,20
Engie Brasil (EGIE3) 20% 46,58

BDRs

A carteira de BDRs da Mycap desvalorizou -5,48% em novembro.
Fechou positiva: CVS Health (0,35%).
Destaques negativos: Mercado Libre (-20,83%) e Disney (-15,77%).
No acumulado de 2021, a carteira subiu 14,18%.

Ações incluídas: Berkshire Hathaway (BERK34), Newmont (N1EM34) e Novartis (N1VS34)
Ações excluídas: Alphabet (GOGL34), Mercado Libre (MELI34) e Disney (DISB34)

Empresas Peso
Berkshire Hathaway (BERK34) 10%
Newmont (N1EM34) 10%
Novartis (N1VS34) 10%
CVS (CVSH34) 10%
Walmart (WALM34) 10%
Facebook (FBOK34) 10%
Visa (VISA34) 10%
Intel (ITLC34) 10%
Amazon (AMZO34) 10%
Fedex (FDXB34) 10%

NECTON

A carteira Gráfica Mensal da Necton desvalorizou -8,73% em outubro.
Destaque positivo: São Martinho (9,49%).
Destaques negativos: Petz (-19,99%), Sinqia (-19,71%), Blau (-17,36%) e Natura (-14,64%).
A carteira da Necton variou -19,0% em 2021.

Empresas Peso
Petz (PETZ3) 10%
OdontoPrev (ODPV3) 10%
Lojas Renner (LREN3) 10%
Fleury (FLRY3) 10%
Bradesco (BBDC4) 10%
Gerdau (GGBR4) 10%
Pão de Açúcar (PCAR3) 10%
Hypera (HYPE3) 10%
Transmissão Paulista (TRPL4) 10%
JBS (JBSS3) 10%

Fundos imobiliários 

A carteira de Renda da Necton caiu 3,50% em outubro.
No ano a carteira subiu 2,80%.
A carteira segue inalterada para dezembro.

Fundos Peso
BTG Pactual Crédito Imob. (BTCR11) 12,5%
VBI CRI (CVBI11) 12,5%
Valora RE III (VGIR11) 12,5%
Plural Recebíveis Imob. (PLCR11) 12,5%
CSHG Logística (HGLG11) 12,5%
BTG Pactual Corp Office Fund (BRCR11) 12,5%
CSHG Prime Properties (HGPO11) 12,5%
Hedge Brasil Shopping (HGBS11) 12,5%

PLANNER

Carteira Recomendada

A carteira Planner desvalorizou -8,68% no mês de outubro.
Destaques positivos: BB Seguridade (10,73%) e São Martinho (9,49%).
Destaques negativos: Eztec (-20,10%), CSN Mineração.(-17,27%) e Randon (-13,75%).
No ano, a carteira acumula uma rentabilidade de -3,82%.

Ações incluídas:
 Copel (CPLE6), Cosan (CSAN3), Natura (NTCO3), Odontoprev (ODPV3) e Telefônica (VIVT3)
Ações excluídas: BB Seguridade (BBSE3), CSN Mineração (CMIN3), Pague Menos (PGMN3), Usiminas (USIM5) e São Martinho (SMTO3)

Empresas Preço-Justo (R$)
Randon (RAPT4) 15,00
Grendene (GRND3) 13,75
Eztec (EZTC3) 30,00
SLC Agrícola (SLCE3) 57,00
Itaú Unibanco (ITUB4) 35,00
Copel (CPLE6) 7,50
Cosan (CSAN3) 30,00
Natura (NTCO3) 51,00
Odontoprev (ODPV3) 15,00
Telefônica (VIVT3) 49,00

Carteira de dividendos

A carteira de dividendos da Planner desvalorizou -0,33% em outubro.
Destaques positivos: Banco ABC (3,59%) e Taesa (2,29%).
Destaque negativo: Porto Seguro (-5,62%).
Para novembro a Planner trocou 2 ativos da carteira.

Ações incluídas: Caixa Seguridade (CXSE3) e Transmissão Paulista (TRPL4)
Ações excluídas: Banco ABC (ABCB4) e Porto Seguro (PSSA3)

Empresas Peso
Caixa Seguridade (CXSE3) 20%
Transmissão Paulista (TRPL4) 20%
CCR (CCRO3) 20%
Santander (SANB11) 20%
Taesa (TAEE11) 20%

TERRA

Carteira recomendada

A Terra obteve valorização de 0,53% na sua carteira recomendada mensal de novembro.
Destaques positivos: Ultrapar (10,57%), Petrobras (8,00%) e Iguatemi (5,57%).
Destaque negativo: Via Varejo (-7,80%).
A carteira desvalorizou -9,04% no ano e -2,67% em 12 meses.

Ação incluída: Lojas Renner (LREN3)
Ação excluída: Iguatemi (IGTI3)

Empresas Peso Preço-Alvo (R$)
Sabesp (SBSP3) 10% 54,00
Itaú Unibanco (ITUB4) 10% 30,50
Eztec (EZTC3) 10% 40,00
Gerdau (GGBR4) 10% 36,00
Ultrapar (UGPA3) 10% 24,00
Petrobras (PETR4) 10% 38,00
Raia Drogasil (RADL3) 10% 32,00
Lojas Renner (LREN3) 10% 45,00
Vale (VALE3) 10% 125,00
Via Varejo (VIIA3) 10% 16,50

Carteira Recomendada de dividendos

A Terra obteve uma baixa de -1,70% na sua carteira de dividendos de novembro.
Fechou positiva: Telefônica (10,48%).
Destaque negativo: B3 (-6,72%).
A certeira teve rentabilidade de -10,32% no ano, e -1,36% em 12 meses.

Ação incluída: Bradespar (BRAP4)
Ação excluída: Telefônica (VIVT3)

Empresas Peso Preço-Alvo (R$)
BB Seguridade (BBSE3) 20% 33,00
B3 (B3SA3) 20% 24,50
Copasa (CSMG3) 20% 21,50
Engie Brasil (EGIE3) 20% 51,00
Bradespar (BRAP4) 20% 80,00

Small Caps

Em novembro, a Terra Investimentos obteve alta na sua carteira de Small Caps de 0,48%.
Fecharam positivas: Tim (22,99%), MRV (9,26%) e Sanepar (2,74%).
Destaques negativos: Trisul (-7,01%), Tupy (-7,03%) e Banrisul (-7,25%).
No ano a carteira acumula baixa de -7,96%.

Ações incluídas: Minerva (BEEF3)
Ações excluídas: Tim (TIMS3)

Empresas Peso Preço-Alvo (R$)
Minerva (BEEF3) 10% 13,00
Aeris (AERI3) 10% 14,00
IMC (MEAL3) 10% 7,50
MRV Engenharia (MRVE3) 10% 25,00
SulAmérica (SULA11) 10% 41,00
Banrisul (BRSR6) 10% 17,00
Cogna (COGN3) 10% 7,00
Sanepar (SAPR11) 10% 32,00
Tupy (TUPY3) 10% 35,00
Trisul (TRIS3) 10% 16,00

Fundos Imobiliários

A carteira de Fundos Imobiliários da Terra Investimentos desvalorizou -6,28% em novembro.
Fechou positivo: MXRF11 (1,30%).
Destaques negativos: KFOF11 (-13,96%) e VILG (-11,47%).
No ano, a carteira acumula uma queda de -12,33%.
A carteira segue inalterada para dezembro.

Fundos Peso DY 12 meses
Fundo de FDO Inv. Imob. Kinea (KFOF11) 20% 9,82%
CSHG Real Estate Fdo Inv Imob, (HGRE11) 20% 7,93%
Maxi Renda Fundo Inv. Imob. (MXRF11) 20% 9,09%
FII BTG Pactual Fundo de Fundos (BCFF11) 20% 9,90%
Vinci Logística (VILG11) 20% 7,89%

BDRs

A carteira de BDRs da Terra Investimentos caiu -4,0% em novembro.
Destaque positivo: Apple (8,87%).
Destaques negativos: Mercado Libre (-20,04%).
No acumulado do ano, a carteira subiu 27,60%.

Ações incluídas: Coca-Cola (COCA34) e Berkshire Hathaway (BERK34)
Ações excluídas: Tesla (TSLA34) e Walt Disney (DISB34)

Empresas Peso
Coca-Cola (COCA34) 10%
Berkshire Hathaway (BERK34) 10%
Alphabet (GOGL34) 10%
Apple (AAPL34) 10%
Facebook (FBOK34) 10%
Johnson & Johnson (JNJB34) 10%
Walmart (WALM34) 10%
Amazon (AMZO34) 10%
JP Morgan Chase (JPMC34) 10%
Mercado Libre (MELI34) 10%

TORO INVESTIMENTOS

Carteira Mensal

A carteira mensal protegida da Toro Investimentos caiu -0,05% em novembro.
No ano, a carteira acumula uma queda de -29,07%.
Toda a carteira foi renovada para dezembro.

Ações excluídas: Minerva (BEEF3), Blau (BLAU3), Alphabet (GOGL34), JPMorgan Chase (JPMC34) e SulAmérica (SULA11)

Empresas Peso Objetivo (R$)
Amazon (AMZO34) 20% 136,70
Meta Platforms (FBOK34) 20% 72,49
PetroRio (PRIO3) 20% 24,81
Rumo (RAIL3) 20% 19,68
Usiminas (USIM5) 20% 16,05

WISIR RESEARCH

Empresas
Santander (SANB11)
Engie Brasil (EGIE3)
Raia Drogasil (RADL3)
Cosan (CSAN3)
Itaú Unibanco (ITUB4)
BRaskem (BRKM5)
Weg (WEGE3)
SLC Agrícola (SLCE3)
JBS (JBSS3)
Via (VIIA3)

XP INVESTIMENTOS

Carteira Valor 

Ação incluída: Klabin (KLBN11)
Ação excluída: CSN Mineração (CMIN3)

Empresas Preços-Alvo (R$) Suportes (R$)
São Martinho (SMTO3) 40,00 e 43,70 35,00 e 29,89
Bradesco (BBDC4) 21,86 ou 26,00 19,14
BRF (BRFS3) 25,00 a 27,90 20,86 e 20,26
Petrobras (PETR4) 30,00 e 35,00 27,00 e 23,79
Klabin (KLBN11) 26,20 ou 28,85 22,90 e 21,90

Por Fernanda Benatto

Isenção de responsabilidade: A ADVFN não faz recomendações de ativos. A matéria tem cunho jornalístico.

Deixe um comentário