Fechamento Ibovespa: Bolsa fecha em baixa de 1,04% e todos os destaques de hoje (17/12/2021)

LinkedIn

O Ibovespa fechou em baixa de 1,04%, a 107.200 pontos, em linha com o desempenho negativo das bolsas internacionais. “Os temores com a variante Ômicron e as posturas hawkish [austeras] dos bancos centrais ativaram a aversão a risco nos mercados nesta sexta-feira, com o índice perdendo os ganhos acumulados até então na semana”, diz Alexsandro Nishimura, head de conteúdo e sócio da BRA.

A semana foi marcada por diferentes decisões de política monetária ao redor do mundo. O Federal Reserve, dos EUA, indicou que encerrará em março seus estímulos à economia norte-americana, abrindo caminho para três altas de juros em 2022. O Banco Central Europeu prometeu apoio contínuo à economia, mas anunciou que retirará gradativamente os estímulos, enquanto o Banco Central da Inglaterra elevou de forma surpreendente a taxa de juros.

Entre os destaques positivos do dia, estão os papéis da BRF (BRFS3), brMalls (BRML3) e Natura (NTCO3), que registraram avanços de 5,39%, 5,52% e 5,91%, respectivamente. A BRF sobe após propor a seus acionistas um aumento de capital por meio da emissão de 325 milhões de novas ações ordinárias, potencialmente levantando R$ 6,63 bilhões. A operação depende de aprovação.

Em Wall Street, os índices encerraram o dia em queda. Em reação às decisões do bancos centrais, as ações de grandes empresas de tecnologia encerraram o dia em firme baixa. Apple (AAPL), Alphabet (GOOGL), Microsoft (MSFT) e Meta Platforms (FB) caíram 0,75%, 1,92%, 0,42% e 0,25%, respectivamente. Dez dos 11 principais setores do S&P 500 também fecharam com perdas, com os setores financeiro e de energia liderando a 1,91%.

O dólar fechou em leve alta de 0,09%, negociado a R$ 5,6839 na venda. Encerra-se hoje uma semana marcada por fluxos sazonais de saídas de recursos do mercado doméstico, à medida que empresas fazem pagamentos de juros e dividendos. A moeda acumulou alta de 1,27% na semana.

➡️ Veja o fechamento desta sexta-feira:

🇧🇷 IBOV: -1,04% a 107.200 pts
🏢 IFIX: +0,50% a 2.694 pts
💵 Dólar: +0,09% a R$ 5,6839
💶 Euro: -0,53% a R$ 6,3958
💰Bitcoin: -1,89% a R$ 263.869,00

🇺🇸 Nova York
Dow Jones: -1,48% a 35.365 pts
S&P 500: -1,03% a 4.620
Nasdaq: -0,07% a 15.169 pts

Acompanhe as altas e baixas da bolsa nos últimos dias:

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
01/12/2021 -1,1% 101.823,18 R$ 38,8 bilhões
 02/12/2021  3,5% 104.351,86  R$ 35, 7 bilhões
03/12/2021 0,6% 105.069,69 R$ 33,6 bilhões
06/12/2021 1,7% 106.858,87 R$ 27,6 bilhões
07/12/2021 0,7% 107.557,67 R$ 32,9 bilhões
08/12/2021 0,5% 108.095,53 R$ 29,5 bilhões
09/12/2021 -1,7% 106.287,27 R$ 27,9 bilhões
10/12/2021 1,4% 107.758,34 R$ 25,5 bilhões
13/12/2021  0,3% 107.383,32 R$ 31,1 bilhões
14/12/2021 -0,6%  106.734,68 R$ 25,7 bilhões
15/12/2021  0,6%  107.431,18 R$ 27,7 bilhões
16/12/2021 0,8% 108.326,33  R$ 35,5 bilhões
17/12/2021 -1,1%   107.135,04 R$ 37,8 bilhões

DESTAQUES DO IBOVESPA – (pregão à vista)

  • ALTAS IBOVESPA

NTCO3: +5,91% a R$ 27,96
BRML3: +5,52% a R$ 8,41
BRFS3: +5,39% a R$ 21,50
MGLU3: +4,06 a R$ 6,66
MRFG3: +3,71% a R$ 23,78

  • BAIXAS IBOVESPA

YDUQ3: -8,29% a R$ 21,69
GETT11: -6,08% a R$ 3,40
BIDI11: -6,07% a R$ 30,32
BIDI4: -6,04% a R$ 10,26
LCAM3: -5,35% a R$ 25,49

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  • 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

    3R Petroleum (RRRP3)

    A 3R Petroleum pretende estrear no mercado de dívida externa em 2022, com uma emissão de bonds que pode chegar a até US$ 1 bilhão, informa o Estadão. Saiba mais…

    Bradespar (BRAP4)

    A Bradespar informou o encerramento, em 16/12/2021, do prazo de 60 dias para oposição dos credores em relação à redução do capital social da companhia, aprovada em outubro, sem qualquer oposição de credores. Saiba mais…

    BRF (BRFS3)

    O Conselho de Administração da BRF aprovou aumento de capital mediante a emissão, por meio de oferta pública de distribuição primária, de até 325 milhões de novas ações ordinárias, podendo totalizar o montante de cerca de R$ 6,63 bilhões, com base na cotação de fechamento de ontem. Saiba mais…

    Cogna (COGN3

    A Cogna Educação recebeu do Ministério da Educação (MEC) autorização para inícios de atividades de graduação em medicina em Codó (MA), com 50 vagas anuais na Faculdade de Ciências da Saúde Pitágoras de Codó, localizada no município de Codó, Estado do Maranhão (MA). Saiba mais…

    Dexxos (DEXP3)

    A Dexxos informou que suas investidas Apolo Tubulars e Apolo Tubos e Equipamentos contratou linha de crédito junto à Agência Especial de Financiamento Industrial (FINAME), subsidiária do Banco Nacional de Desenvolvimento – BNDES, no valor total de até R$ 96 milhões. Saiba mais…

    EDP (ENBR3

    O Conselho de Administração da EDP aprovou a 13ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em série única, no montante total de R$ 450 milhões.

    Eletrobras (ELET3/ELET5/ELET6)

    A privatização da Eletrobras vai ocorrer no segundo trimestre de 2022, afirmou o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, minimizando o atraso da avaliação da capitalização da empresa pelo Tribunal de Contas da União (TCU), que deveria ter julgado a matéria esta semana. Saiba mais…

    Enauta (ENAT3)

    A Enauta Participações aprovou a perfuração de um poço adicional no Sistema de Produção Antecipada (SPA) do Campo de Atlanta. Saiba mais…

    GPA (PCAR3) e Assaí (ASAI3)

    O GPA assinou com o Assaí o contrato de cessão de direitos de exploração de até 70 pontos comerciais, pelo montante total de até R$ 3,97 bilhões. Saiba mais…

    IRB (IRBR3)

    A AM Best Rating Services, agência global de classificação de riscos com foco exclusivo no setor de seguros e resseguros, confirmou a manutenção do Rating de Força Financeira do IRB Brasil RE em “A-” (Excelente) e a Classificação de Crédito de Longo Prazo do Emissor (ICR de Longo Prazo) em “a-“. Saiba mais…

    Petrobras (PETR4/PETR3

    A Petrobras contratou uma linha de crédito compromissada no valor de US$ 5 bilhões, com vencimento em dezembro de 2026, podendo ser prorrogada por até dois anos. Saiba mais…

    A Petrobras ficou com os campos de petróleo de Atapu e Sépia em 2019, localizados no pré-sal da Bacia de Santos, em consórcio com empresas privadas em leilão realizado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Onze empresas haviam se inscrito para a disputa e a estatal já havia declarado que exerceria seu direito de preferência para operar as duas áreas, com participação mínima de 30%. Saiba mais…

    PetroRecôncavo (RECV3)

    A PetroRecôncavo informou que seus dados de produção preliminares em novembro ficou em 12.279 barris de petróleo equivalentes por dia (boepd), elevação de 1% quando comparado ao mês anterior. Saiba mais…

    Petz (PETZ3

    A Petz aprovou a  incorporação das ações da Zee Dog. Saiba mais…

    (Com informações do Forbes Money e Momento B3)

Deixe um comentário