Fundo de investimento da Hashdex supera o Bitcoin e se torna o top 1 na indicação da Ativa Investimentos

LinkedIn

O fundo de investimento com exposição em criptomoedas Hashdex 100 Nasdaq Crypto Index FI MM IE, que acumula uma valorização de mais de 159%, superando inclusive a alta do Bitcoin (BTC) em 2021, foi eleito pela Ativa Investimento como uma das melhores opções para os investidores.

A Ativa Investimentos é, uma das principais e mais tradicionais corretoras de investimentos do Brasil com 38 anos de mercado e, recentemente divulgou um levantamento dos fundos, oferecidos pela casa, que tiveram ótimos resultados em 2021.

A curadoria levou em consideração fundos de classes diferentes, para quem busca sair da poupança e aportar em novos setores e um dos fundos selecionados foi o Hashdex 100 Nasdaq Crypto Index FI MM IE.

Segundo o relatório da empresa, com aporte mínimo de R$ 10 mil, e totalmente focado em criptoativos, o fundo apresentou um retorno de 159,97% do valor investido devido a alta das criptomoedas pelo mundo inteiro.

Além dele, outro fundo que chamou atenção da Ativa foi o Organon FICFIA, que por estar descorrelacionados com o índice, conseguiu se proteger das quedas da Bolsa de Valores e apresentar retorno de 42,93%.

Fundo Retorno em 2021 Comentário Ativa Investimentos
Hashdex 100 Nasdaq Crypto Index FI MM IE 159,97% Investe em criptoativos. Apesar de ter uma volatilidade elevada devido aos ativos que investe, o fundo apresentou um retorno alto devido aos resultados das criptomoedas.
Organon FICFIA 42,93% Fundo de ações que possui em sua carteira ativos descorrelacionados com o índice. O fundo conseguiu se proteger das quedas da bolsa e tem entregado um bom resultado neste ano.
BTGp Mobius Emerging Markets FI MM IE 39,58% O fundo investe em ativos de países emergentes que trazem maiores prêmio de risco e têm ativos que vêm apresentando excelente recuperação na pandemia.
Trigono DeLPhos Income FICFIA 37,12% A casa é especializada em investir em empresas small e mid caps, o fundo investe em empresas que pagam bons dividendos e tem posições na carteira em small caps que se beneficiam da expertise da gestora nesse segmento.
Access Usa Companies FIA – IE 34,59% O fundo investe em ações de empresas sustentáveis (ESG) e que apresentam grande potencial de crescimento no longo prazo. A gestão se encontra nos Estados Unidos e o fundo não faz hedge cambial, o que trouxe o benefício de rentabilidade na valorização do dólar contra o real neste ano.
Western Asset FIA Bdr Nível I 29,40% O fundo investe localmente em empresas americanas com grande potencial de crescimento através dos papéis locais de BDR. Conta com o auxílio de uma equipe de gestão americana que traz a expertise do conhecimento do mercado local. Pela natureza dos papéis de BDR, o fundo é exposto à variação cambial e isso tem contribuído pra rentabilidade que apresentou.

* Período de análise de 31/12/2020 a 30/11/2021.

Quais cuidados devo tomar ao investir em fundos?

Segundo o analista de soluções financeiras da Ativa Investimentos, Rodrigo Beresca, investir em um fundo fora do perfil de risco e que não respeita a necessidade de liquidez não é uma boa ideia, pois pode significar aporte em produtos fora da zona de conhecimento do investidor, com maiores riscos e volatilidade, o que pode gerar tensão diante de oscilações.

Rodrigo complementa dizendo que é importante sempre procurar uma consultoria especializada em gestão de investimentos ou patrimônio ou o auxílio de assessores de investimentos devidamente credenciados pelos órgãos reguladores. Além disso, o investidor também deve atentar para o prazo de cotização de resgate de um fundo e disponibilização dos recursos em conta.

De acordo com o especialista, a liquidez –tempo para disponibilizar o dinheiro investido na conta do investidor- varia bastante de um fundo para o outro.

“Existem fundos com liquidez diária e outros que apresentam prazos de regate mais alongados. É comum que fundos multimercados e de ações paguem as solicitações de resgate em um prazo de 30 a 40 dias. Já os fundos de crédito estruturado são menos líquidos, e costumam pagar resgates em 90, 120, 180 dias ou até em prazos maiores”, explica.

Rodrigo apresenta, ainda, outro possível erro que muitos investidores cometem: achar que um resultado passado de um fundo se refletirá no futuro.

“Algumas vezes, uma performance acima da média de mercado que o fundo obteve pode ter vindo de uma posição específica que o gestor apostou e deu certo naquele momento, o que não significa que ele conseguirá repetir essa estratégia futuramente e terá o mesmo resultado. Além disso, uma mudança no cenário macroeconômico pode afetar a estratégia de um fundo, e um resultado positivo pode se tornar negativo”, finaliza.

Por Cassio Gusson

Deixe um comentário