Petrobras conclui a venda do Polo Miranga à PetroRecôncavo por US$ 223 milhões

LinkedIn

A Petrobras finalizou a venda da totalidade de sua participação em nove campos terrestres de exploração e produção, conjuntamente denominados Polo Miranga, localizados no estado da Bahia, para a SPE Miranga, subsidiária integral da PetroRecôncavo (BOV:RECV3).

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:PETR3) (BOV:PETR4) nesta segunda-feira (06).

Após o cumprimento das condições precedentes, a operação foi concluída com o pagamento de US$ 47,7 milhões para a Petrobras, já com os ajustes previstos no contrato. O valor recebido no fechamento se soma ao montante de US$ 11 milhões pagos à Petrobras na assinatura do contrato de venda.

A companhia ainda receberá as seguintes parcelas, sujeitas a ajustes: US$ 80,1 milhões que serão pagos parcelados em doze, vinte quatro e trinta e seis meses; e até US$ 85 milhões de pagamentos contingentes relacionados a preços futuros do petróleo.

Essa operação está alinhada à estratégia de gestão de portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia, visando à maximização de valor e maior retorno à sociedade. A Petrobras segue concentrando cada vez mais os seus recursos em ativos em águas profundas e ultraprofundas, onde tem demonstrado grande diferencial competitivo ao longo dos anos, produzindo óleo de melhor qualidade e com menores emissões de gases de efeito estufa.

Sobre o Polo Miranga

O Polo compreende os campos terrestres de Miranga, Fazenda Onça, Riacho São Pedro, Jacuípe, Rio Pipiri, Biriba, Miranga Norte, Apraiús e Sussuarana, localizados no estado da Bahia. A Petrobras é operadora com 100% de participação nessas concessões. A produção média do Polo Miranga em 2021 foi de aproximadamente 691 barris de óleo por dia (bpd) e 362,3 mil m³/dia de gás natural.

Sobre a PetroRecôncavo

A PetroRecôncavo é uma empresa brasileira de óleo e gás, listada no Novo Mercado da bolsa brasileira – B3, com atuação na revitalização e aumento no fator de recuperação de campos maduros onshore, sendo atualmente uma das maiores produtoras independentes do ramo.

A empresa adquiriu a participação da Petrobras no Polo Riacho da Forquilha em 2019. Em 2020, adquiriu novo bloco exploratório na Bacia Potiguar, e assinou contrato de compra e venda referente a participação da Petrobras no Polo Remanso.

Deixe um comentário