Petróleo mantém viés de alta com otimismo sobre Ômicron, apesar de queda modesta de estoques nos EUA

LinkedIn

Os preços dos contratos futuros de petróleo subiram mas mantiveram-se mais próximos da estabilidade hoje, à medida que os traders se aproximam da marca de US$ 75 o barril.

Mais cedo, foi divulgado que os estoques de petróleo dos Estados Unidos caíram em 200 mil barris, ou 0,1%, na semana encerrada em 3 de dezembro, para 432,9 milhões de barris. Analistas previam baixa de 1,3 milhão de barris.

Os estoques de gasolina subiram em 3,9 milhões de barris, ou 1,8%, para 219,3 milhões de barris. Os estoques de outros derivados avançaram em 2,7 milhões de barris, ou 2,2%, para 126,6 milhões de barris. A produção doméstica de petróleo dos Estados Unidos, por sua vez, cresceu em 100 mil barris por dia (bpd) para 11,7 milhões de bpd.

Os preços do petróleo se recuperaram, sinalizando que a variante do coronavírus Ômicron teve apenas um impacto limitado na demanda de petróleo, após uma queda forte nos contratos quando as notícias da cepa saíram.

“Cerca de dois terços da queda já foram recuperados, mostrando que os traders estão mais confiantes depois que diversos representantes da área da saúde afirmarem que a cepa não é tão agressiva quanto se achava”, afirmam analistas do Oanda.

O surgimento da variante Ômicron combinada com a decisão dos Estados Unidos de liberar estoques de sua reserva estratégica derrubaram o mercado com a expectativa de que a oferta superaria a demanda nos primeiros meses de 2022.

No entanto, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados, incluindo a Rússia, conhecida como Opep+, optou por manter sua programação de aumento da oferta em 400 mil barris por dia (bpd), o que mostrou segurança em relação à resiliência da demanda.

O mercado também esta focado na retomada das negociações entre Washington e Teerã sobre o programa nuclear iraniano. Autoridades ocidentais expressaram consternação com as reivindicações iranianas. Se as sanções dos Estados Unidos forem relaxadas, isso pode levar a um aumento nas exportações de petróleo iraniano, o que pode adicionar pressão para baixo nos preços do petróleo.

As tensões entre as potências ocidentais e a Rússia em relação à Ucrânia também permaneceram altas depois que o presidente norte-americano Joe Biden alertou o presidente russo Vladimir Putin que o Ocidente imporia “fortes medidas econômicas e outras” à Rússia se invadisse a Ucrânia, enquanto Putin exigia garantias de que a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) não se expandiria mais para o leste.

Assim, o preço do contrato do petróleo WTI negociado na Nymex com entrega para janeiro subiu 0,65%, cotado a US$ 72,36 o barril. Já o preço do contrato do Brent negociado na plataforma ICE, com entrega para fevereiro avançou 0,72%, cotado a US$ 75,82 o barril.

Informações Agência CMA

Deixe um comentário